F-1: Hamilton vence o GP do Azerbaijão em uma corrida com muitos acidentes

Archivnummer: M155223

COMPARTILHE

Contrariando as expectativas, o inglês Lewis Hamilton da Mercedes venceu a corrida seguido por Raikkonen e Perez

AMAURI TERUO YAMAZAKI – São Paulo – SP

Na largada, Sebastian Vettel tomou a ponta seguido pelas Mercedes de Hamilton e Bottas.

A Force India de Ocon tentou a ultrapassagem em cima da Ferrari de Raikkonen e acabou batendo e provocando um safety car. Fernando Alonso da McLaren, teve um pneu furado devido a uma fechada da Williams de Sirotkin, que foi espremido pela Force India de Nico Hulkenberg.

Raikkonen parou nos boxes e colocou pneus mais duros. Já Alonso, além do pneu dianteiro direito furado, teve de trocar também o pneu traseiro do mesmo lado e o spoiler dianteiro. Na volta a pista, a equipe McLaren informou Alonso que havia uma avaria no assoalho do carro.

Logo após a largada a McLaren de Alonso foi tocada pelo carro Foto: Steven Tee/McLaren ref: Digital Image _2ST0770
Logo após a largada a McLaren de Alonso foi tocada pela Williams de Sergey Sirotkin, danificando o assoalho. Mas no final, o espanhol conseguiu chegar em sétimo e pontuar na prova Foto: Steven Tee-McLaren

A relargada foi dada na quinta volta, com Vettel liderando e Verstappen ultrapassando Ricciardo logo após a primeira curva. Ricciardo de 4o caiu para 6o e tentava recuperar o tempo perdido.

Quem se deu bem nas primeiras voltas, foi a Toro Rosso de Pierre Gasly que ocupava 7a posição.

Na sétima volta, Vettel, liderava, seguido por Hamilton, Bottas, Verstappen, Sainz, Ricciardo, Hulkenberg, Gasly e Stroll.

Os carros da Renault estavam rápidos na reta e na décima volta, o grid tinha Vettel, Hamilton, Bottas, Sainz, Hulkenberg, Verstappen e Ricciardo.

Na décima primeira volta, Nico Hulkenberg bateu a roda traseira na curva e teve de parar na pista. As duas RBR brigavam na pista chegando a tocar os pneus.

Gasly cometeu um erro e foi parar na décima sétima posição.

Na décima sexta volta, Carlos Sainz parou nos boxes para troca de pneus e Sebastian Vettel abria 4,6 segundos de Lewis Hamilton.

Na vigésima segunda volta, Hamilton tentava se aproximar de Vettel e acabou errando uma freada sextavando os pneus dianteiros. Com isso, teve de parar na volta seguinte para trocar os pneus para colocar os compostos médios.

Na trigésima volta, Sebastian Vettel parou para trocar os pneus para ir até o final da corrida.

Na trigésima oitava volta, a RBR de Daniel Ricciardo parou nos boxes para colocar pneus ultra-macios. Max  Verstappen parou na volta seguinte e colocou o mesmo tipo de pneu para seguir até o final.

Na quadragésima volta, Daniel Ricciardo bateu na traseira de Max Verstappen e os dois carros foram para fora da pista provocando o safety car.

Daniel Ricciardo bateu na traseira do seu companheiro de equipe Max Verstappen. Foto:Dan Istitene/Getty Images
Daniel Ricciardo bateu na traseira do seu companheiro de equipe Max Verstappen. Foto:Dan Istitene – Getty Images

Com o safety car Bottas, Raikkonen e Alonso pararam para troca de pneus.

Na quadragésima primeira volta, Bottas seguia na liderança, seguido por Vettel, Hamilton, Raikkonen, Perez, Grosjean, Sainz, Leclerc, Stroll, Alonso, Magnussen e Gasly.

Na volta 43, Romain Grosjean que vinha em sexto conseguiu bater sozinho com o safety car quando tentava esquentar os pneus.

Na quadragésima sétima volta, foi dada a relargada e Vettel tentou ultrapassar Bottas no final da reta, tendo travado as rodas na freada e caiu para a quarta posição, sendo ultrapassado por Hamilton e Raikkonen. Com a freada o pneu de Vettel ficou irregular prejudicando a performance da Ferrari, que mandou o piloto seguir do jeito que desse até o final.

Na volta 48, furou o pneu de Valteri Bottas que passou em cima de um detrito na pista e Hamilton assumiu a ponta, seguido pela Ferrari de Raikkonen e pela Force India de Sergio Perez.

A cantora Cristina Aguilera foi uma das atrações do GP do Azerbaijão: Foto: Mark Thompson/Getty Images) // Getty Images / Red Bull Content Pool // AP-1VGTCMD1H1W11 // Usage for editorial use only // Please go to www.redbullcontentpool.com for further information. //
A cantora Cristina Aguilera foi uma das atrações do GP do Azerbaijão: Foto: Mark Thompson- Getty Images

No final, vitória de Lewis Hamilton, seguido por Raikkonen, Perez, Vettel, Sainz, Leclerc, Stroll, Alonso e Vandoorne.

PRÓXIMA CORRIDA GP DA ESPANHA DIA 13 DE MAIO, onde a McLaren disse que vai estrear o novo carro de 2018.

RESULTADO DO GRANDE PRÊMIO DO AZERBAIJÃO DE F-1

Pos Piloto Carro Voltas Tempo Pts
1 Lewis Hamilton Mercedes 51 1:43:44.291 25
2 Kimi Raikkonen Ferrari 51 + 2,406 s 18
3 Sergio Perez Force India 51 + 4.024 s 15
4 Sebastian Vettel Ferrari 51 + 5.329 s 12
5 Carlos Sainz Renault 51 + 7.715s 10
6 Charles Leclerc Sauber Ferrari 51 + 9.158 08
7 Fernando Alonso McLaren Renault
51 + 10.931 06
8 Lance Stroll Williams Mercedes 51 + 12.546 04
9 Stoffel Vandoorne McLaren Renault 51 + 14.152 02
10 Brendon Hartley Toro Rosso Honda 51 + 18.030 01
11 Marcus Ericsson
Sauber Ferrari
51 + 18.512 00
12 Pierre Gasly Toro Rosso Honda 51 + .24720 00
13 Kevin Magnussen Haas Ferrari 51 + 40.663 00
14 Valteri Bottas Mercedes 48 não termin 00
15 Romain Grosjean Haas Ferrari 42 não termin 00
16 Max Verstappen Red Bull Tag Heuer 39 não termin 00
17 Daniel Ricciardo Red Bull Tag Heuer 39 não termin 00
18 Nico Hulkenberg Renault 10 não termin 00
19 Esteban Ocon F-India Mercedes 00 não termin 00
20 Sergey Sirotkin Williams Mercedes 00 não termin 00

CAMPEONATO MUNDIAL DE CONSTRUTORES

Posição Equipe Pontos
01 Mercedes  114
02 Ferrari  110
03 Red Bull Tag Heuer  55
04 McLaren Renault  36
05 Renault  35
06 Force India Mercedes  16
07 Toro Rosso Honda  13
08 Haas Ferrari  11
09 Sauber Ferrari  10
10 Williams Mercedes  04

CAMPEONATO MUNDIAL DE PILOTOS

Pos Piloto País Carro Pts
01 Lewis Hamilton Inglaterra Mercedes 70
02 Sebastian Vettel Alemanha Ferrari 66
03 Kimi Raikkonen Finlândia Ferrari 48
04 Valteri Bottas Finlândia Mercedes 40
05 Daniel Ricciardo Austrália RBR Tag Heuer 37
06 Fernando Alonso Espanha McLaren Renault 28
07 Nico Hulkenberg Alemanha Renault 22
08 Max Verstappen Holanda RBR Tag Heuer 18
09 Sergio Perez México F- India Mercedes 15
10 Carlos Sainz Espanha Renault 13
11 Pierre Gasly França Toro Rosso Honda 12
12 Kevin Magnussen Dinamarc Haas Ferrari 11
13 Charles Leclerc Mônaco Sauber Ferrari 08
14 Stoffel Vandoorne Bélgica McLaren Renault 08
15 Lance Stroll Canadá Williams Mercedes 04
16 Marcus Ericsson Suécia Sauber Ferrari 02
17 Esteban Ocon França F-India Mercedes 01
18 Brendo Hartley Nova Zelândia Toro Rosso Honda 01
19 Romain Grosjean França Haas Ferrari 00
20 Sergey Sirotkin Rússia Williams Mercedes 00

Deixe uma resposta

*