Lewis Hamilton vence o GP Brasil de F-1, após acidente de Max Verstappen

Inglês Lewis Hamilton conquistou a sua 72ª vitória na carreira no GP Brasil de F-1. Steve Harington - Mercedes

COMPARTILHE

Etapa brasileira foi bastante disputada e atingiu um público de 150.307 pessoas durante os 3 dias do evento.

São Paulo – SP

Os GP Brasil de F-1 foi uma prova bastante disputada, com poucos acidentes e que resultou na 72ª vitória de Lewis Hamilton na categoria.

Hamilton largou na pole, assumiu a primeira posição na largada e depois reclamou pelo rádio que a sua Mercedes estava sem potência, sendo seguido de perto pela RBR de Verstappen, a grande sensação da prova.

No GP Brasil, Lewis Hamilton teve uma corrida difícil com a falta de velocidade nas retas. Isso mesmo, a Mercedes com falta de velocidade nas retas, sendo que as Red Bull com motor Renault, não tiveram dificuldade de acompanhar e ultrapassar as Mercedes.

Na largada, Hamilton saiu na frente com Bottas tomando a segunda posição de Sebastian Vettel da Ferrari, que largou mal. A largada não teve acidentes.

Na terceira volta, Sebastian Vettel errou na freada da reta oposta, saiu da pista e foi ultrapassado pelo seu companheiro de equipe Kimi Raikkonen, que assumiu a quarta posição.

Na quinta volta, Hamilton liderava seguido por Bottas, Verstappen, Raikkonen, Vettel, Leclerc, Ricciardo, Grosjean e Gasly.

Na sexta volta, Hamilton já abria 1,911 segundos de Bottas que recebia pressão forte de Verstappen da RBR.

Daniel Ricciardo que havia largado em 11º já ocupava 6ª posição na décima segunda volta.

Na décima sexta volta, Kimi Raikkonen pressionava bastante a Mercedes de Valtteri Bottas que não tinha uma boa velocidade na reta.

Dos ponteiros, Lewis Hamilton foi o primeiro a trocar os pneus na vigésima volta, devido a bolhas em seu pneu traseiro direito, retornando com pneu médio. Hamilton retornou na 6ª posição, mas logo ultrapassou Charles Leclerc da Sauber, assumindo a quinta posição.

Com a troca, Max Verstappen assumiu a ponta do GP Brasil e recebeu uma instrução da equipe para não forçar demasiadamente o carro.

Na 25ª volta, Max Verstappen liderava com uma vantagem de 8,293s sobre Raikkonen, seguido por Vettel, Ricciardo, Hamilton, Leclerc, Grosjean, Bottas, Magnussen e Peres.

Vettel parou para a troca de pneus na vigésima nova volta e retornou na 9ª posição.

Verstappen parou na trigésima oitava volta e retornou em 3ª atrás de Hamilton e Ricciardo. Lewis Hamilton reclamava pelo rádio que sentia perda de potência no motor Mercedes. Na 40ª volta, Verstappen pegou o vácuo de Hamilton na reta em frente aos boxes e conseguiu a ultrapassagem, assumindo a 2ª posição.

O holandês Max Verstappen foi o grande destaque da corrida e poderia ter vencido se não fosse o acidente com Esteban Ocon. Foto: Mark Thompson -Getty Images

Na quadragésima sexta volta, Max Verstappen e Esteban Ocon da Force India se tocaram e Verstappen rodou caindo para a segunda posição. No final da prova, Verstappen foi tirar satisfação com Ocon nos boxes e deu um empurrão no francês, gerando muita polêmica na entrevista coletiva.

Na volta cinquenta e dois, Hamilton liderava seguido por Verstappen, Raikkonen, Bottas, Ricciardo, Vettel, Leclerc Grosjean e Magnussen.

Na volta 69, a diferença entre Hamilton e Verstappen era de 1,657s, pois os pneus de Hamilton apresentavam grande degradação.

No final, vitória de Lewis Hamilton que com o resultado garantiu a conquista do Campeonato de Construtores para a Mercedes, para tristeza geral da Ferrari.

Agora, todas as atenções se voltam para Lewis Hamilton para que o inglês consiga atingir, ou até bater, o recorde do alemão Michael Schumacher, que conquistou sete títulos e 91 vitórias.

PRÓXIMA PROVA: GP de Abu Dhabi dia 25 de novembro.

Lewis Hamilton: 72 vitórias e 5 títulos na F1. Foto: Divulgação

RESULTADO DO GP DO BRASIL DE F-1

Pos Piloto Carro Voltas Tempo Pts
1 Lewis Hamilton Mercedes 71 1:27:09.066 25
2 Max Verstappen Red Bull TAG Heuer 71 +1.469s 18
3 Kimi Räikkönen Ferrari 71 +4.764s 15
4 Daniel Ricciardo Red Bull TAG Heuer 71 +5.193s 12
5 Valtteri Bottas Mercedes 71 +22.943s 10
6 Sebastian Vettel Ferrari 71 +26.997s 8
7 Charles Leclerc Sauber Ferrari 71 +44.199s 6
8 Romain Grosjean Haas Ferrari 71 +51.230s 4
9 Kevin Magnussen Haas Ferrari 71 +52.857s 2
10 Sergio Perez Force India Mercedes 70 +1 volta 1
11 Brendon Hartley Toro Rosso Honda 70 +1 volta 0
12 Carlos Sainz Renault 70 +1 volta 0
13 Pierre Gasly Toro Rosso Honda 70 +1 volta 0
14 Stoffel Vandoorne McLaren Renault 70 +1 volta 0
15 Esteban Ocon Force India Mercedes 70 +1 volta 0
16 Sergey Sirotkin Williams Mercedes 69 +2 voltas 0
17 Fernando Alonso McLaren Renault 69 +2 voltas 0
18 Lance Stroll Williams Mercedes 69 +2 voltas 0
19 Nico Hulkenberg Renault 32 Não term 0
20 Marcus Ericsson Sauber Ferrari 20 Não term 0

CAMPEONATO MUNDIAL DE CONSTRUTORES

Posição Equipe Pontos
01 Mercedes  620
02 Ferrari  553
03 Red Bull Tag Heuer  392
04 Renault  114
05 Haas Ferrari  090
06 McLaren Renault  062
07 Force India Mercedes  048
08 Sauber Ferrari  042
09 Toro Rosso Honda  033
10 Williams Mercedes  007

CAMPEONATO MUNDIAL DE PILOTOS 2018

Pos Piloto País Carro Pts
01 Lewis Hamilton Inglaterra Mercedes 383
02 Sebastian Vettel Alemanha Ferrari 302
03 Kimi Raikkonen Finlândia Ferrari 251
04 Valtteri Bottas Finlândia Mercedes 237
05 Max Verstappen Holanda Red Bull Tag Heuer 234
06 Daniel Ricciardo Austrália Red Bull Tag Heuer 158
07 Nico Hulkenberg Alemanha Renault 69
08 Sergio Perez México F-India Mercedes 58
09 Kevin Magnussen Dinamarca Haas 55
10 Fernando Alonso Espanha McLaren Renault 50
11 Esteban Ocon França F-India Mercedes 49
12 Carlos Sainz Espanha Renault 45
13 Romain Grosjean França Haas Ferrari 35
14 Charles Leclerc França Sauber Ferrari 33
15 Pierre Gasly França Toro Rosso Honda 29
16 Stoffel Vandoorne Bélgica McLaren Renault 12
17 Marcus Ericsson Suécia Sauber Ferrari 09
18 Lance Stroll Canadá Williams Mercedes 06
19 Brendon Hartley Nova Zelândia Toro Rosso Honda 02
20 Sergey Sirotkin Rússia Williams Mercedes 01

O espanhol Fernando Alonso teve mais um fim de semana difícil na F-1 tendo terminado apenas na décima sétima posição. Alonso gritou com seu engenheiro e pediu para não falar mais no rádio. Foto: Steven Tee/McLaren.

Emerson Fittipaldi esteve presente nos boxes do GP Brasil e aproveitou para levar o seu filho mais novo Emo para tirar uma foto com Max Verstappen. Foto: Amauri Yamazaki
A apresentadora Luciana Gimenez esteve no grid de largada acompanhada de Fabiana Flosi, esposa de Bernie Ecclestone. Foto: Amauri Yamazaki

Deixe uma resposta

*