O tema da 24ª Bienal do Livro de SP será “Histórias em todos os sentidos”.

Com oito espaços culturais e extensa variedade de debates, sessões de autógrafos, apresentações de música e teatro, exposições, programa para crianças e atividades que vão da gastronomia ao rap e ao repente, a Bienal do Livro de SP 2016 segue a proposta de 2014, quer ser muito mais do que uma feira para comprar livros com desconto.  Voltada ao público de estudantes, a Arena Cultural promoverá encontros com best-sellers e youtubers. Já o Salão de Ideias é para o público que quer acompanhar “discussões atuais e de amplo interesse com escritores, pensadores e artistas, abordando temas de relevância social e cultural”, informa o material de divulgação. Haverá também o Espaço Mauricio de Sousa, para crianças e com exposição em homenagem aos 80 anos do criador da Turma da Mônica. Além disso, pela quarta Bienal seguida, o espaço Cozinhando com Palavras juntará gastronomia e literatura.

Com presença de best-sellers estrangeiros (como Lucinda Riley e Ava Dellaria) e aposta em youtubers brasileiros (como Kéfera Buchmann e Jout Jout), a 24ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo anunciou sua programação nesta terça-feira (26) em entrevista coletiva no Sesc Vila Mariana. O evento acontece entre 26 de agosto de 4 de setembro, no Pavilhão de Exposições Anhembi. A expectativa é receber 700 mil visitantes ao longo dos dez dias.

 

 

COMPARTILHAR

Escreva um comentário