O piloto espanhol bicampeão da F-1 (2005 e 2006) declarou para a ESPN que está bastante confiante nas melhorias do carro e principalmente na performance do novo motor Honda para 2017. Alonso disse que a única incógnita para a temporada será a aerodinâmica do novo carro. Alonso reconhece que a Mercedes deve continuar como o motor mais potente do grid e que será difícil alcança-los, mas de acordo com ele, a diferença será menor que a do ano passado. De acordo com a Comissão Nacional do Mercado de Valores da Espanha, Alonso é o esportista mais bem pago da Espanha, com um rendimento total de salário, patrocínio e direitos de imagem, equivalentes a 35 milhões de euros por ano. Em segundo lugar vem o tenista Rafael Nadal.

Foto: McLaren

 

Escreva um comentário