F-1: Lewis Hamilton vence o GP da China e empata com Vettel no campeonato

COMPARTILHE

Tricampeão inglês conquistou sua 54ª vitória na categoria e está correndo sem pressão de seu companheiro de equipe Valteri Bottas

Em um domingo com tempo nublado e a pista parcialmente seca e parcialmente molhada, Lewis Hamilton da Mercedes largou na pole-position, com Sebastian Vettel da Ferrari em segundo e seu companheiro de equipe, Valteri Bottas em terceiro. Na largada, Hamilton manteve a ponta seguido por Vettel, Bottas e Ricciardo da RBR.

Lewis Hamilton continua com o melhor carro e o melhor motor da categoria. Foto: Mercedes AMG
Lewis Hamilton continua com o melhor carro e o melhor motor da categoria. Foto: Mercedes AMG

No bloco de trás, todos prestavam atenção em Max Verstappen, da RBR, que largou na 16ª posição e na primeira volta, já tinha ultrapassado dez carros. Como a pista estava parcialmente molhada e a maioria dos carros estava com pneus de uso misto. Verstappen aproveitou a cautela da maioria dos pilotos e foi para cima com muita ousadia ganhando muitas posições.

Sebastian Vettel demonstra muita satisfação com o desempenho da Ferrari este ano. Foto: Ferrari
Sebastian Vettel demonstra muita satisfação com o desempenho da Ferrari este ano. Foto: Ferrari

Com apenas seis voltas, Verstappen já estava na quarta posição, tendo ultrapassado as duas Ferraris e ido a caça do seu companheiro de equipe Daniel Ricciardo, que também foi ultrapassado.

Faltando algumas voltas para o final, Verstappen foi bastante pressionado pelo seu companheiro de equipe Daniel Ricciardo e quase saiu da pista em uma freada. Com habilidade conseguiu corrigir o carro e contornar a curva a frente de Ricciardo e garantir a terceira colocação no final da corrida.

Verstappen continua sendo considerado um fenômeno entre os pilotos da categoria devido a sua combatividade aliado a bons resultados. No pódio, Hamilton elogiou Verstappen, dizendo que ele parecer achar fácil ultrapassar no molhado.

Kimi Haikkonen da Ferrari reclamou da potência do motor de sua Ferrari e terminou na quinta colocação. Haikkonen já havia reclamado do mesmo problema no treino de sábado.

FELIPE MASSA

Felipe Massa largou em sexto e terminou na décima quarta posição. Foto: Williams Glen Dubar
Felipe Massa largou em sexto e terminou na décima quarta posição. Foto: Williams Glen Dubar

Já o brasileiro Felipe Massa não fez uma boa largada e foi ultrapassado por cinco carros. No decorrer da corrida a Williams de Massa nãoJá o seu companheiro de equipe, o bilionário canadense Lance Stroll, saiu da corrida na primeira volta quando deu uma fechada na Force India de Sergio Peres. Stroll ficou parado na caixa de brita com o carro totalmente desalinhado e abandonou a prova. Peres foi para o box e trocou os pneus pois na batida o pneu dianteiro direito perdeu pressão.

A equipe Sauber provocou um safety-car logo na quinta volta com um acidente no início da reta dos boxes com o piloto italiano Antonio Giovinazzi. Giovinazzi já havia batido perto do mesmo local no sábado e estragou bastante o carro.

DISPUTA PELO CAMPEONATO
Com a vitória de Hamilton no GP da China o primeiro lugar no campeonato de pilotos deste ano está empatado entre Vettel (vendedor do GP da Austrália) e Hamilton, lembrando que na Austrália, Hamilton só perdeu a corrida devido a um pequeno erro de estratégia da Mercedes. O inglês continua soberano nos treinos e na corridas realizadas até agora. A surpresa é a falta de combatividade do seu companheiro de equipe o finlandês Valteri Bottas, que não tem conseguido acompanhar Hamilton e tem também ficado atrás da Ferrari de Sebastian Vettel.

O finlandês Valteri Bottas da Mercedes ainda não conseguiu demonstrar todo o seu potencial dentro da equipe Mercedes. Bottas tem ficado atrás de Hamilton e da Ferrari de Vettel nos GPs da Austrália e China. Foto: Mercedes
O finlandês Valteri Bottas da Mercedes ainda não conseguiu demonstrar todo o seu potencial dentro da equipe. Bottas tem ficado atrás do companheiro Lewis Hamilton e da Ferrari de Sebastian Vettel nos GPs da Austrália e China. Foto: Mercedes

Sem a pressão de um companheiro de equipe para disputar as poles e as vitórias, Hamilton parece estar se sentindo muito a vontade e com uma possibilidade muito grande de conquistar o seu quarto título mundial.

Hamilton ganhou um presentão de Nico Rosberg, quando o mesmo anunciou a sua aposentadoria no ano passado, dizendo-se cansado com a disputa com o inglês. Se Nico ainda estivesse na Mercedes, certamente estaria apresentando uma performance muito superior ao que Bottas tem apresentado até agora.

Sebastian Vettel da Ferrari tem se mostrado muito satisfeito em largar e chegar em segundo, pois no ano passado, a equipe ficava atrás das Mercedes e também das RBRs. O avanço da Ferrari foi grande tanto na aerodinâmica quanto na potência do motor.

FERNANDO ALONSO

Fernando Alonso estava entre os dez primeiros quando a homocinética da rota traseira esquerda McLaren quebrou. Foto: McLaren
Fernando Alonso estava entre os dez primeiros quando a homocinética da rota traseira esquerda da McLaren quebrou. Foto: McLaren

O bicampeão mundial fez uma boa corrida e enquanto esteve na prova oscilava entre a oitava e décima colocação, o que lhe garantiria os primeiros pontos do campeonato. Como aconteceu na Austrália, Alonso abandonou a corrida por um problema mecânico na McLaren (após 35 voltas). Na Austrália, Alonso também estava na zona de pontuação, mas um problema na suspensão o tirou da prova. Já na China, o problema foi na homocinética da roda traseira esquerda. A equipe não pode culpar o motor Honda nos dois abandonos de Alonso neste ano.

PRÓXIMA CORRIDA: 16 de Abril – GP do Bahrein

RESULTADO DO GRANDE PRÊMIO DA CHINA DE F-1

PosPilotoEquipeVoltasTempoPts
1Lewis HamiltonMercedes561:37:36.15825
2Sebastian VettelFerrari56+6.250s18
3Max VerstappenRed Bull Racing TAG Heuer56+45.192s15
4Daniel RicciardoRed Bull Racing TAG Heuer56+46.035s12
5Kimi RäikkönenFerrari56+48.076s10
6Valtteri BottasMercedes56+48.808s8
7Carlos SainzToro Rosso56+72.893s6
8Kevin MagnussenHaas Ferrari55+1 volta4
9Sergio PerezForce India Mercedes55+1 volta2
10Esteban OconForce India Mercedes55+1 volta1
11Romain GrosjeanHaas Ferrari55+1 volta0
12Nico HulkenbergRenault55+1 volta0
13Jolyon PalmerRenault55+1 volta0
14Felipe MassaWilliams Mercedes55+1 volta0
15Marcus EricssonSauber Ferrari55 +1 volta0
16Fernando AlonsoMcLaren Honda33Não term0
17Daniil KvyatToro Rosso18Não term0
18Stoffel VandoorneMcLaren Honda17Não term0
19Antonio GiovinazziSauber Ferrari3Não term0
20Lance StrollWilliams Mercedes0Não term0

CAMPEONATO MUNDIAL DE CONSTRUTORES – até o GP da China

PosEquipePts
1Mercedes66
2Ferrari65
3Red Bull Racing TAG Heuer37
4Toro Rosso12
5Force India Mercedes10
6Williams Mercedes8
7Haas Ferrari4
8McLaren Honda0
9Sauber Ferrari0
10Renault0

CAMPEONATO MUNDIAL DE PILOTOS até o GP da China

PosPilotoPaísEquipePts
1Sebastian VettelAlemanhaFerrari43
2Lewis HamiltonInglaterraMercedes43
3Max VerstappenHolandaRed Bull Racing TAG Heuer25
4Valtteri BottasFinlândiaMercedes23
5Kimi RäikkönenFinlândiaFerrari22
6Daniel RicciardoAustráliaRed Bull Racing TAG Heuer12
7Carlos SainzEspanhaToro Rosso10
8Felipe MassaBrasilWilliams Mercedes8
9Sergio PerezMéxicoForce India Mercedes8
10Kevin MagnussenDinamarcaHaas Ferrari4
11Daniil KvyatRússiaToro Rosso2
12Esteban OconFrançaForce India Mercedes2
13Nico HulkenbergAlemanhaRenault0
14Romain GrosjeanFrançaHaas Ferrari0
15Antonio GiovinazziItáliaSauber Ferrari0
16Fernando AlonsoEspanhaMcLaren Honda0
17Stoffel VandoorneBélgicaMcLaren Honda0
18Jolyon PalmerInglaterraRenault0
19Marcus EricssonSuéciaSauber Ferrari0
20Lance StrollCanadáWilliams Mercedes0
O bilionário canadense Lance Stroll bateu novamente no GP da China. Stroll é acompanhado por uma equipe de sete pessoas para a sua assessoria. Foto: Williams
O bilionário canadense Lance Stroll bateu novamente no GP da China. Stroll é acompanhado por uma equipe de sete pessoas para a sua assessoria. Foto: Williams

Deixe uma resposta

*