Em uma corrida bastante disputada a Mercedes de Hamilton conseguiu superar a Ferrari de Vettel que dominou a primeira parte da corrida. Valteri Bottas e Kimi Haikkonen abandonaram a prova.

Na largada do GP da Espanha Sebastian Vettel da Ferrari largou em segundo, mas ganhou a ponta, após uma excelente largada, com Lewis Hamilton vindo em segundo e Valteri Bottas em terceiro.  Na primeira curva um toque da Mercedes de Bottas na Ferrari de Kimi Raikkonen, acabou atingindo também a RBR de Max Verstappen. O toque afetou a suspensão dianteira esquerda de Haikkonen que parou em seguida na pista e também afetou a suspensão da RBR de Verstappen que conseguiu levar o carro até os boxes.

Na confusão do acidente Fernando Alonso desviou da RBR de Verstappen e acabou saindo da pista caindo de sétimo para a décima primeira posição. Felipe Massa da Williams também foi prejudicado na confusão e teve um pneu furado perdendo muitas posições.

Raikkonen e Verstappen abandonaram a corrida e a direção de prova não fez nenhuma punição devido ao acidente.

A Ferrari de Vettel vinha bem e acabou abrindo uma confortável vantagem para Hamilton, ficando na primeira posição até a primeira troca de pneus após a vigésima volta.

Com as trocas de pneus dos dois primeiros, Bottas que vinha em terceiro ganhou a ponta e tentou atrasar Vettel, para favorecer Hamilton que vinha em terceiro, mas foi ultrapassado de forma sensacional no final da reta por Vettel que deu um x no piloto da Mercedes. Algumas voltas depois, o motor da Mercedes de Bottas quebrou (coisa rara) fazendo o finlandês abandonar a prova.

A Mercedes adotou uma estratégia diferente na corrida, tendo colocado pneus médios na sua primeira parada deixando os macios para o final da prova.

Hamilton acabou se aproximando de Vettel e conseguiu ultrapassar a Ferrari no final da reta dos boxes, com Ricciardo da RBR em terceiro e Sergio Perez em quarto. Fernando Alonso da McLaren vinha na décima quinta posição, atrás de Felipe Massa.

No final Hamilton acabou vencendo a corrida com Vettel em segundo, Ricciardo em terceiro e Sergio Perez da Force India em quarto. Com a vitória de Hamilton o campeonato de pilotos continua disputado, não tendo até agora nenhum favorito para a conquista do título

Com a vitória na Espanha Lewis Hamilton acumula agora 55 vitórias na carreira.

A Ferrari tem demonstrado muita consistência nesta temporada e pode conquistar o título de pilotos e também de construtores. Foto: Ferrari media
A Ferrari tem demonstrado muita consistência nesta temporada e pode conquistar o título de pilotos e também de construtores. Foto: Ferrari media

RESULTADO DO GRANDE PRÊMIO DA ESPANHA DE F-1

POS PILOTO CARRO VOLTAS TEMPO PTS
1 Lewis Hamilton Mercedes 66 1:35:56.497 25
2 Sebastian Vettel Ferrari 66 +3.490s 18
3 Daniel Ricciardo Red Bull Tag 66 +75.820s 15
4 Sergio Perez Force India Mercedes 65 +1 volta 12
5 Esteban Ocon Force India Mercedes 65 +1 volta 10
6 Nico Hulkenberg Renault 65 +1 volta 8
7 Carlos Sainz Toro Rosso 65 +1 volta 6
8 Pascal Wehrlein Sauber Ferrari 65 +1 volta 4
9 Daniil Kvyat Toro Rosso 65 +1 volta 2
10 Romain Grosjean Haas Ferrari 65 +1 volta 1
11 Marcus Ericsson Sauber Ferrari 64 +2 voltas 0
12 Fernando Alonso McLaren Honda 64 +2 voltas 0
13 Felipe Massa Williams Mercedes 64 +2 voltas 0
14 Kevin Magnussen Haas Ferrari 64 +2 voltas 0
15 Jolyon Palmer Renault 64 +2 voltas 0
16 Lance Stroll Williams Mercedes 64 +2 voltas 0
17 Valtteri Bottas Mercedes 38 Não terminou 0
18 Stoffel Vandoorne McLaren Honda 32 Não terminou 0
19 Max Verstappen Red Bull Tag 1 Não terminou 0
20 Kimi Räikkönen Ferrari 0 Não terminou 0

 

CAMPEONATO MUNDIAL DE CONSTRUTORES

Posição Equipe Pontos
01 Ferrari 161
02 Mercedes 153
03 Red Bull Racing 72
04 Force India Mercedes 53
05 Toro Rosso 21
06 Williams Mercedes 18
07 Renault 14
08 Haas Ferrari 09
09 Sauber Ferrari 04
10 McLaren Honda 00

 

 

Pos Equipe Pts
1 Mercedes 136
2 Ferrari 135
3 Red Bull Racing TAG Heuer 57
4 Force India Mercedes 31
5 Williams Mercedes 18
6 Toro Rosso 13
7 Haas Ferrari 8
8 Renault 6
9 McLaren Honda 0
10 Sauber Ferrari 0

 

 

 

 

 

Escreva um comentário