Charles Leclerc foi perfeito durante todo o final de semana, mas uma falha na unidade de potência da Ferrari, tirou a primeira vitória do piloto a dez voltas do final.

São Paulo – SP

O Grande Prêmio do Bahrein de F-1 foi uma das provas mais emocionantes dos últimos anos.

Nos treinos de classificação o jovem Charles Leclerc da Ferrari já mostrava consistência e superioridade sobre o seu companheiro de equipe, o tetracampeão Sebastian Vettel.

Após fazer a pole position de forma brilhante no sábado, Leclerc foi superado na largada pela Ferrari de Vettel. Em seguida, Leclerc foi ultrapassado pela Mercedes de Valtteri Bottas, e após seis voltas recuperou posições e ultrapassou Vettel no final da reta dos boxes.

Leclerc seguia na liderança abrindo vantagem para Lewis Hamilton, que ultrapassou Bottas e Vettel.

Charles Leclerc iria vencer a prova se não fosse o problema no motor. Ferrari

Na 12ª volta, Max Verstappen foi o primeiro piloto a parar para a troca de pneus, trocando os macios pelo compostos médios. A tática foi seguida pela maioria das equipes, com exceção da Mercedes de Hamilton que optou pelos pneus macios.

Max Verstappen da Red Bull vinha na quinta posição fazendo o que podia para não perder muito terreno para os líderes que eram mais rápidos na reta e se não fosse o safety car nas últimas voltas, poderia ter conseguido a terceira posição.

Na 37ª volta, Hamilton conseguiu uma ultrapassagem por fora da Ferrari de Vettel, sendo considerado a ultrapassagem mais bonita da corrida. Após a ultrapassagem Vettel acelerou demais e acabou rodando sozinho na pista, sendo obrigado a ir para os boxes trocar pneus e o aerofólio dianteiro do carro.

Vettel voltou na 8ª posição e foi recuperando posições, até terminar em quinto.

Leclerc seguia na liderança, quando há 10 voltas do final, sentiu uma coisa estranha no carro. Era o sistema de recuperação de energia que não estava funcionando, fazendo com que o carro perdesse 150 cv de potência. Com isso, todos conseguiam ultrapassar a Ferrari de Leclerc facilmente nas retas.

O primeiro a ultrapassá-lo foi Hamilton, seguido por Bottas, quando um acidente na Renault de Nico Hulkenberg, acionou o safety car na pista, proibindo as ultrapassagens.

O safety car ficou na pista até a volta final, garantindo a vitória de Hamilton, o segundo lugar de Bottas e o terceiro lugar de Leclerc, que quase perdeu a posição para Verstappen.

As duas Ferraris foram as mais rápidas durante todo o final de semana. Ferrari

Com a vitória, Hamilton acumula agora 74 vitórias e segue para bater o recorde de Michael Schumacher com 91.

Na avaliação de Toto Wolff e Lewis Hamilton, as Ferraris estão um pouco mais rápidas que as Mercedes nas retas e o time tem muito trabalho a fazer.

Destaque para a boa recuperação da McLaren, que teve os dois carros entre os dez primeiros em boa parte da corrida.

PRÓXIMA PROVA: GP DA CHINA – 14 de Abril – a Milésima Corrida da F-1

Dobradinha da Mercedes com a 74ª vitória de Lewis Hamilton. Foto: Wolfgang Wilhelm

RESULTADO DO GP DO BAHREIN DE F-1

PosPilotoCarroVoltasTempoPts
1Lewis HamiltonMercedes571:34:21.29525
2Valtteri BottasMercedes57+2.980s18
3Charles LeclercFerrari57+6.131s16
4Max VerstappenRed Bull Honda57+6.408s12
5Sebastian VettelFerrari57+36.068s10
6Lando NorrisMcLaren Renault57+45.754s08
7Kimi RäikkönenAlfa Romeo Ferrari57+47.470s06
8Pierre GaslyRed Bull Honda57+58.094s04
9Alexander AlbonToro Rosso Honda57+62.697s02
10Sergio PerezRacing Point Mercedes57+63.696s01
11Antonio GiovinazziAlfa Romeo Ferrari57+64.599s0
12Daniil KvyatToro Rosso Honda56+1 volta0
13Kevin MagnussenHaas Ferrari56+1 volta0
14Lance StrollRacing Point Mercedes56+1 volta0
15George RussellWilliams Mercedes56+1 volta0
16Robert KubicaWilliams Mercedes55+2 voltas0
17Nico HulkenbergRenault53Não term0
18Daniel RicciardoRenault53Não term0
19Carlos SainzMcLaren Renault53Não term0
20Romain GrosjeanHaas Ferrari16Não term0

CAMPEONATO MUNDIAL DE CONSTRUTORES 2019

PosiçãoEquipePontos
01Mercedes 087
02Ferrari 048
03Red Bull Honda 031
04Alfa Romeu Ferrari 010
05McLaren Renault 008
06Haas Ferrari 008
07Renault 006
08Toro Rosso Honda 003
09Racing Point Mercedes 003
10Williams Mercedes 000

CAMPEONATO MUNDIAL DE PILOTOS 2019

PosPilotoPaísCarroPts
1Valtteri BottasFinlândiaMercedes44
2Lewis HamiltonInglaterraMercedes43
3Max VerstappenHolandaRed Bull Honda27
4Charles LeclercMônacoFerrari26
5Sebastian VettelAlemanhaFerrari22
6Kimi Haikkonen FinlândiaAlfa Romeu Ferrari10
7Lando Norris InglaterraRenault08
8Kevin MagnussenDinamarcaHaas Ferrari08
9Nico HulkenbergAlemanhaRenault06
10Pierre Gasly FrançaRed Bull Honda04
11Lance StrollCanadáRacing Point Mercedes02
12Alexander AlbonTailândiaRed Bull Honda02
13Daniil KyvatRússiaToro Rosso Honda01
14Sergio PerezMéxicoRacing Point Mercedes00
15Antonio Giovinazzi ItáliaAlfa Romeu00
16George RussellInglaterraWilliams Mercedes00
17Robert KubicaPolôniaWilliams Mercedes00
O holandês Max Verstappen da Red Bull Honda mais uma vez andou mais que o carro e garantiu o quarto lugar para a equipe. Foto: Mark Thompson/Getty Images
Hamilton cumprimenta Leclerc com muitos elogios ao novo piloto da Ferrari. Foto: Steve Etherington
O jogador inglês David Beckham visitou a equipe Red Bull Racing antes da largada. Foto: Mark Thompson/Getty Images.

Escreva um comentário