Parceria entre a SP Oktoberfest e Universidade Anhembi-Morumbi proporcionou uma experiência inédita durante o festival deste ano

São Paulo – SP

Uma parceria entre a São Paulo Oktoberfest e Universidade Anhembi-Morumbi proporcionou uma experiência inédita durante o festival deste ano: estudantes de Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Fotografia, Turismo, Gastronomia, Eventos, Produção Multimídia e Produção Musical tiveram a oportunidade de participar, na prática, dentro de suas áreas de atuação, do maior festival de cultura alemã de São Paulo, vivenciando os desafios de erguer um evento de grande porte.

A aproximação da São Paulo Oktoberfest com universidades e instituições educacionais brasileiras integra o trabalho de reposicionamento do festival paulistano, com vistas a promover um verdadeiro festival cultural alemão para o público jovem; o conceito é engajá-lo, cada vez mais, não só como visitante ou expectador, mas como participante ativo desta grande festa.

A exemplo da festa original de Munique, o envolvimento de escolas e universidades como forma de valorizar o jovem talento é uma das prioridades.

A Panamericana Escola de Arte e Design (concurso para cartaz oficial), School of Rock (apresentação de bandas) e Instituto Gourmet (experiências gastronômicas) apoiam o evento.

Repórter por um dia
Como parte dessa experiência, a futura e talentosa geração de jornalistas e fotógrafos, orientados por profissionais de PR e Jornalismo de larga experiência, em sistema de revezamento e por um período determinado, registraram os melhores momentos da 3ª São Paulo Oktoberfest.

Experiência gastronômica
Em seu segundo dia, o festival recebeu pessoas de todas as idades em busca de uma imersão na cultura alemã. É o caso de Andreia e Sergio, casal que aproveitou a oportunidade para experimentar pela primeira vez a cozinha típica. “Nós viajamos muito a Porto Alegre, para as serras gaúchas, sempre provando a comida italiana, mas nunca tivemos uma experiência com a comida alemã”, afirma Andreia. Com prato em mãos, a expectativa é grande. “Acho que vai ser bom”, acredita.

Aprovação de Chef
O vencedor do Masterchef 2019, Rodrigo Massoni, visitou a 3ª São Paulo Oktoberfest no sábado (20). “Está bem legal, divertido”, diz. O chef, que já tem experiência com certas técnicas da cozinha alemã, elogia a experiência gastronômica do evento. “A comida está ótima”, afirma animado. “Acabei de comer uma salsicha com pão, e isso aqui com cerveja combina muito. É petisco!”.

“Música boa não tem prazo de validade”, diz Evandro Mesquita
A banda Blitz, formada nos anos 80, foi a atração que fechou mais um sábado (28) de festa na 3ª edição da São Paulo Oktoberfest.
O público, formado por fãs veteranos e gerações mais novas, tomou o espaço na frente do palco principal, aguardando o show que começou por volta das 22 horas.

Questionado sobre o sucesso mantido pela banda por tantos anos, Evandro Mesquita, vocalista do grupo, disse que não há formula pronta. “É um prazer continuar tocando. A emoção de compartilhar com os fãs o que já fizemos e o que seguimos fazendo é uma renovação”, acrescentou.

O vocalista também comentou sobre mudanças na formação da banda. “Aconteceram muitas modificações, mas fica quem quer, quem ainda seguir na estrada. Música boa não tem prazo de validade”, finalizou.

São Paulo Oktoberfest realiza segundo casamento na história da festa
O primeiro foi entre o príncipe Ludwig von Bayern e a princesa Therese von Sachsen-Hildburghausen e deu origem ao evento em Munique, há 209 anos.
Victor Lorasque e Carolina Ojeda trocaram alianças neste domingo (29). O casal entrou para a história como o segundo a se casar em uma Oktoberfest.

O evento paulistano celebrou o amor e a família, resgatando a essência do festival que nasceu em 1810 com a união do príncipe Ludwig von Bayern e da princesa Therese von Sachsen-Hildburghausen, na Alemanha.

Cerca de 5 mil “convidados” assistiram a cerimônia em São Paulo.

Para chegar ao altar, o casal venceu um concurso promovido pela organização do evento. O vídeo, no qual Victor conta sobre a paixão que teve início na adolescência e não era correspondida por Carolina, foi o que recebeu maior engajamento do público entre os 60 selecionados.

Os noivos receberam uma festa completa, com produção, roupas, comidas, bebidas e 40 convidados. Além de todos os outros oktobers presentes que celebraram o enlace e, junto com Fritz e os noivos, fizeram o maior brinde da 3º São Paulo Oktoberfest.

Mineiras encontram diversão na tradicional festa alemã de São Paulo
“Nós poderíamos ter ido à Oktoberfest de Blumenau, mas disseram que a de São Paulo seria ainda mais legal”. Por esse motivo, Marina Terfen e Tainá Duarte, ambas de Belo Horizonte, vieram aproveitar o sábado na terceira edição da São Paulo Oktoberfest.

As amigas, que se conhecem há oito anos, chegaram animadas para beber e comer de tudo.

Tainá, ao descobrir que a roda gigante também era parte de evento, adicionou o brinquedo à lista das coisas que não poderia deixar de fazer.

Vivendo em São Paulo desde o começo do ano, Marina e Tainá seguem se surpreendendo com a cidade. “Belo Horizonte é muito pequena. Tem bastante coisa para fazer, mas não tanto quanto aqui em São Paulo.

Essa cidade tem todas as tradições do mundo!”, compartilhou Marina.

3ª São Paulo Oktoberfest é preenchida com a presença de muitas crianças
Ao contrário do que alguns podem pensar, a São Paulo Oktoberfest é um ambiente ideal para se divertir com toda a família, e tem até atrações para as crianças. ‘’A festa é totalmente familiar, eu me surpreendi, estava esperando outra coisa’’, diz Priscila Sakamoto, mãe de Arthur de apenas 1 ano de idade.

A gastronomia, as músicas e os atrativos são acessíveis para todas as gerações.

A bancária, na companhia de seu marido e filhas, conta que o público tem muito respeito por quem está curtindo o evento com a criançada. ‘O menor gostou dos balões e já comeu batatinhas. Está curtindo bastante junto com a gente’’, afirma.

Escreva um comentário