Com a vitória de Bottas a Mercedes conquistou por antecipação o Campeonato Mundial de Construtores de 2019

São Paulo – SP

O piloto finlandês Valtteri Bottas venceu o GP do Japão de F-1, após 12 corridas sem vitória.

Foi a sexta vitória de Bottas na carreira que ocupa a segunda posição no campeonato mundial de pilotos.

Bottas havia sido o mais rápido nos dois treinos de sexta-feira, mas acabou classificando-se em terceiro, tendo ao seu lado, o inglês Lewis Hamilton em quarto.

Na largada, Vettel (o pole) quase queimou a largada deixando o carro andar um pouco. Em seguida quando a luz verde se ascendeu, as duas Mercedes pularam na frente e assumiram a primeira e segunda colocação, devido a péssima largada das duas Ferraris.

Na primeira curva, Max Verstappen tentou ultrapassar a Ferrari de Charles Leclerc por fora, mas foi tocado por Leclerc e caiu para a última posição. Com o toque, o aerofólio dianteiro de Leclerc foi danificado sendo que o piloto demorou a parar nos boxes, mesmo após a ordem da equipe.

As duas Ferraris largaram mal e foram ultrapassadas pelas Mercedes de Bottas e Hamilton. Foto: Wolfgang Wilhelm

A corrida foi marcada também pela disputa pela segunda posição no final, com Sebastian Vettel em segundo, resistindo aos ataques de Lewis Hamilton da Mercedes. Hamilton corre para a conquista do hexacampeonato que já está praticamente em suas mãos.

Após a vitória Bottas declarou: “Estou muito feliz. Eu tive uma largada legal. O ritmo foi bom. Eu pude controlar a corrida. Estou orgulhoso por fazer parte do time”.

Hamilton pode conquistar o campeonato de pilotos na próxima corrida, no dia 27 de outubro, no GP do México. Para garantir o hexacampeonato, o inglês só precisa somar mais 14 pontos a mais que seu companheiro de equipe.

Com a batida de Max Verstappen da Red Bull Honda logo na primeira curva, a torcida japonesa passou a acompanhar seu companheiro de equipe o tailandês Alexander Albon que fez uma boa corrida e terminou em quarto.

Já o francês Pierre Gasly da Toro Rosso Honda terminou na oitava posição, marcando pontos importantes para a equipe.

Devido a quase queimar a largada, a direção de prova estudou a possibilidade de punir Sebastian Vettel,  mas como o piloto alemão perdeu duas posições com a má largada, a punição não foi realizada.

Quem foi punido em 15 segundos  foi a Ferrari de Charles Leclerc devido ao acidente na primeira curva com Max Verstappen.

Com o resultado do GP do Japão, a expectativa é a de que no máximo até o GP dos EUA, Lewis Hamilton tenha garantido o sexto título no Campeonato Mundial de Pilotos na F-1.

Próxima prova: 27 de outubro – GP do MÉXICO DE F-1

GP BRASIL DE F-1: 17 de Novembro 2019

Alegria de Valtteri Bottas com a conquista de sua sexta vitória na F-1 – LAT Images

RESULTADO DO GP DO JAPÃO DE F-1

Pos Piloto Carro Voltas Tempo Pts
1 Valtteri Bottas Mercedes 52 1:21:46.755 25
2 Sebastian Vettel Ferrari 52 +13.343s 18
3 Lewis Hamilton Mercedes 52 +13.858s 16
4 Alexander Albon Red Bull Honda 52 +59.537s 12
5 Carlos Sainz McLaren Renault 52 +69.101s 10
6 Daniel Ricciardo Renault 51 +1 volta 8
7 Charles Leclerc Ferrari 51 +1 volta 6
8 Pierre Gasly Toro Rosso Honda 51 +1 volta 4
9 Sergio Perez Racing Point 51 +1 volta 2
10 Nico Hulkenberg Renault 51 +1 volta 1
11 Lance Stroll Racing Point 51 +1 volta 0
12 Daniil Kvyat Toro Rosso Honda 51 +1 volta 0
13 Lando Norris McLaren Renault 51 +1 volta 0
14 Kimi Räikkönen Alfa Romeo 51 +1 volta 0
15 Romain Grosjean Haas Ferrari 51 +1 volta 0
16 Antonio Giovinazzi Alfa Romeo 51 +1 volta 0
17 Kevin Magnussen Haas Ferrari 51 +1 volta 0
18 George Russell Williams Mercedes 50 +2 voltas 0
19 Robert Kubica Williams Mercedes 50 +2 voltas 0
20 Max Verstappen Bull Racing Honda 14 Não termin 0

CAMPEONATO MUNDIAL DE CONSTRUTORES DA  F-1

Posição Equipe Pontos
01 Mercedes  612
02 Ferrari  433
03 Red Bull Honda  323
04 McLaren Renault  111
05 Renault  77
06 Toro Rosso Honda  59
07 Racing Point  54
08 Alfa Romeo  28
09 Haas Ferrari  28
10 Williams Mercedes  01

CAMPEONATO MUNDIAL DE PILOTOS 2019

Pos Piloto País Carro Pts
01 Lewis Hamilton Inglaterra Mercedes 338
02 Valtteri Bottas Finlândia Mercedes 274
03 Charles Leclerc Mônaco Ferrari 221
04 Max Verstappen Holanda Red Bull Honda 212
05 Sebatian Vettel Alemanha Ferrari 212
06 Carlos Sainz Espanha McLaren Renault 76
07 Pierre Gasly  França Toro Rosso Honda 73
08 Alexander Albon Tailândia Red Bull Honda 64
09 Daniel Ricciardo Austrália Renault 42
10 Nico Hulkenberg Alemanha Renault 35
11 Sergio Perez México Racing Point 35
12 Lando Norris Inglaterra McLaren Renault 35
13 Daniil Kvyat Rússia Toro Rosso Honda 33
14 Kimi Raikkonen Finlândia Alfa Romeo 31
15 Kevin Magnussen Dinamarca Haas Ferrari 20
16 Lance Stroll Canadá Racing Point 19
17 Romain Grosjean França Haas Ferrari 8
18 Antonio Giovinazzi Itália Alfa Romeo Ferrari 4
19 Robert Kubica Polônia Williams Mercedes 1
20 George Russel Inglaterra Williams Mercedes 0

 

Sebastian Vettel agradece o apoio da torcida. Ferrari
Torcida japonesa está entre a mais animadas do caalendário. Foto: Mark Thompson/Getty Images
Mercedes conquista por antecipação o campeonato mundial de construtores. Mercedes
Valtteri Bottas precisava da vitória para compensar resultados medianos obtidos nesta temporada. Foto: Wolfgang Wilhelm
A edição de 2019 foi o 35º ano do GP do Japão de F-1. Foto: Dan Istitene/Getty Images

Escreva um comentário