Lewis Hamilton vence o GP do México e está a 4 pontos do hexacampeonato

Lewis Hamilton está a apenas 8 vitórias do recorde de Michael Schumacher. Mercedes

COMPARTILHE

Piloto inglês conquistou sua 83ª vitória na F-1 e está a apenas 8 vitórias do recorde absoluto de Michael Schumacher

São Paulo – SP

Pilotando com inteligência o inglês Lewis Hamilton da Mercedes venceu o GP do México e está muito perto de conquistar o hexacampeonato mundial de pilotos da F-1.

As Ferraris largaram na primeira fila com Hamilton e Verstappen em seguida.

Ainda na reta após a largada, Vettel viu que Hamilton vinha por fora e deu uma fechada no piloto inglês que foi obrigado a tirar o pé para não sair da pista.

Na primeira curva, Hamilton dividiu a freada com Verstappen e os dois carros se tocaram avariando a lateral da Mercedes e provocando a saída de pista dos dois pilotos.

Verstappen retornou em oitavo e na quarta volta, teve um pneu furado em uma tentativa de ultrapassagem em Valtteri Bottas, que vinha em sétimo.

Com a parada para a troca de pneus Verstappen caiu para a última posição e Alexander Albon da Red Bull Honda ocupava a quarta posição.

Com o toque, Hamilton caiu para a quinta posição, ultrapassou Carlos Sainz da McLaren ganhando a quarta posição e mantinha seu ritmo de corrida sendo que não havia alterações de posições na corrida até a troca de pneus.

Na 13ª volta, Lando Norris parou nos boxes para a troca de pneus, mas um mecânico não teve tempo de fixar a porca na roda dianteira esquerda e o piloto inglês foi obrigado a abandonar a prova. O problema foi de quem acionou a luz verde para Norris antes de se completar a fixação da roda dianteira.

A Mercedes chamou o inglês para a troca de pneus na 24ª volta, quando o inglês ocupava a terceira posição atrás das duas Ferraris para colocar pneus duros optando por uma estratégia de uma parada que se mostrou a melhor para a corrida.

Com pneus duros, Hamilton foi administrando a corrida até o final quando a Ferrari de Vettel tentava aproximação sem sucesso seguido pela Mercedes de Valtteri Bottas que também tentava a aproximação.

Na última volta, a Toro Rosso de Kvyat tocou na traseira da Renault de Nico Hulkenberg que acabou batendo a poucos metros da linha de chegada. Kvyat foi punido em 10 segundos e perdeu a décima posição.

Charles Leclerc que largou em primeiro teve sua chance de vitória atrapalhada devido a uma troca de pneus demorada (6.2 segundos) com o pneus traseiro direito e acabou terminando na quarta posição.

Com o resultado é muito provável que a decisão do título do mundial de pilotos deste ano seja decidido no próximo final de semana no GP dos Estados Unidos em Austin-Texas.

GRANDE PRÊMIO BRASIL DE FÓRMULA-1 dias: 15, 16 e 17 de novembro 2019.

Festa de Hamilton no pódio do GP do México. Mercedes

RESULTADO DO GRANDE PRÊMIO DO MÉXICO DE F-1

PosPilotoCarroVoltasTempoPts
1Lewis HamiltonMercedes711:36:48.9040
2Sebastian VettelFerrari71+1.766s0
3Valtteri BottasMercedes71+3.553s0
4Charles LeclercFerrari71+6.368s0
5Alexander AlbonRed Bull Honda71+21.399s0
6Max VerstappenRed Bull Honda71+68.807s0
7Sergio PerezRacing Point71+73.819s0
8Daniel RicciardoRenault71+74.924s0
9Daniil KvyatToro Rosso Honda70+1 volta0
10Pierre GaslyToro Rosso Honda70+1 volta0
11Nico HulkenbergRenault70+1 volta0
12Lance StrollRacing Point70+1 volta0
13Carlos SainzMcLaren Renault70+1 volta0
14Antonio GiovinazziAlfa Romeo70+1 volta0
15Kevin MagnussenHaas Ferrari69+2 voltas0
16George RussellWilliams Mercedes69+2 voltas0
17Romain GrosjeanHaas Ferrari69+2 voltas0
18Robert KubicaWilliams Mercedes69+2 voltas0
19Kimi RäikkönenAlfa Romeo58Não termin0
20Lando NorrisMcLaren Renault48Não termin0

CAMPEONATO MUNDIAL DE CONSTRUTORES DA  F-1

PosiçãoEquipePontos
01Mercedes 652
02Ferrari 466
03Red Bull Honda 341
04McLaren Renault 111
05Renault 73
06Toro Rosso Honda 64
07Racing Point 64
08Alfa Romeo 35
09Haas Ferrari 28
10Williams Mercedes 01

CAMPEONATO MUNDIAL DE PILOTOS 2019

PosPilotoPaísCarroPts
01Lewis HamiltonInglaterraMercedes363
02Valtteri BottasFinlândiaMercedes289
03Charles LeclercMônacoFerrari236
04Sebastian VettelAlemanhaFerrari230
05Max VerstappenHolandaToro Rosso Honda220
06Pierre GaslyFrançaToro Rosso Honda77
07Carlos SainzEspanhaMcLaren Renault73
08Alexander AlbonTailândiaRed Bull Honda74
09Sergio PerezMéxicoRacing Point43
10Daniel RicciardoAustráliaRenault38
11Nico HulkenbergAlemanhaRenault35
12Lando NorrisInglaterraMcLaren Renault35
13Daniil KvyatRússiaToro Rosso Honda34
14Kimi RaikkonenFinlândiaAlfa Romeo31
15Lance StrollCanadáRacing Point21
16Kevin MagnussenDinamarcaHaas Ferrari20
17Romain GrosjeanFrançaHaas Ferrari8
18Antonio GiovinazziItáliaAlfa Romeo4
19Robert KubicaPolôniaWilliams Mercedes1
20George RusselInglaterraWilliams Mercedes0

 

Max Verstappen poderia ter subido ao pódio se não fosse um pneu furado logo no início da prova. Foto: Mark Thompson/Getty Images
GP do México teve um público de 300.000 pessoas nos três dias do evento. Foto: Mark Thompson/Getty Images

Deixe uma resposta

*