Com vitória o piloto inglês acumula 84 vitórias e está a apenas 7 do recorde absoluto de Michael Schumacher

São Paulo – SP

A última prova do campeonato mundial de F-1 foi realizada hoje em Abu Dhabi com vitória tranquila do inglês Lewis Hamilton da Mercedes que encerra com chave de ouro sua 13ª temporada, tendo conquistado o hexacampeonato e pontuado em todas as corridas.

Hamilton fez a pole, manteve a ponta após a largada e administrou a corrida com folga para conquistar sua 84ª vitória na F-1.

O inglês ainda fez a volta mais rápida da prova conquistando mais um ponto além dos pontos da vitória.

GP de Abu Dhabi teve Hamilton na pole com Max Verstappen na segunda posição. Foto: Mark Thompson/Getty Images

Em segundo cruzou a linha de chegada o holandês Max Verstappen da Red Bull Honda, seguido pelo monegasco Charles Leclerc da Ferrari.

Verstappen largou em segundo, manteve a posição após a largada, mas foi superado na reta ainda na primeira volta por Leclerc, tendo resistido aos ataques de Sebastian Vettel que vinha em quarto, seguido por Alexander Albon, Lando Norris e Carlos Sainz.

Nas primeiras 11 voltas, Hamilton liderava e aumentava a distância sobre o segundo colocado Charles Leclerc que não conseguia acompanhar o ritmo da Mercedes.

Do pelotão da frente, as Ferraris foram as primeiras a trocar os pneus na 13ª volta, com Leclerc e Vettel colocando pneus duros.

Max Verstappen da Red Bull Honda parou na 26ª volta retornando atrás de Charles Leclerc, mas 6 voltas depois conseguiu se aproximar da Ferrari e ultrapassou o piloto monegasco na freada de uma das retas após utilizar o DRS.

O piloto holandês reclamava pelo rádio que o carro estava estranho após a troca de pneus e que “parecia que havia um freio de mão puxado nas freadas”. Verstappen continuou reclamando do mesmo problema até o final da corrida sobre o problema mesmo após a equipe responder por diversas vezes que não poderia fazer nada para melhorar o carro.

Na 54ª volta, Alexander Albon da Red Bull Honda conseguiu ultrapassar o alemão Sebastian Vettel na freada, mas Vettel conseguiu recuperar a posição duas curvas depois.

No final, Lewis Hamilton cruzou a linha de chegada com mais de 16 segundos de vantagem para Max Verstappen, que tinha uma vantagem de 27 segundos sobre Charles Leclerc.

Com esta vitória, praticamente ninguém na F-1, tem dúvida que o inglês pode bater o recorde de 91 vitórias de Michael Schumacher já na próxima temporada a Mercedes deve manter-se entre as duas equipes mais competitivas da categoria.

A prova de Abu Dhabi marcou as despedidas da F-1 de Nico Hulkenberg da Renault e Robert Kubica da Williams.

Com o resultado deste domingo Max Verstappen comemorou a conquista do terceiro lugar no campeonato mundial de pilotos.

Já Charles Leclerc da Ferrari comemorou a quarta posição no campeonato mundial de pilotos à frente do seu companheiro de equipe o tetracampeão Sebastian Vettel.

Em 2020, a F-1 terá novo CEO,já que o americano Chase Carey declarou que não renovou o contrato com a Liberty Media, assim como aconteceu com o diretor comercial Sean Bratches.

Agora a F-1 faz sua pausa, retornando dia 15 de março de 2020 com o GP da Austrália.

Com a vitória em Abu Dhabi Lewis Hamilton acumula 84 vitórias na F-1. Mercedes

RESULTADO DO GP DE ABU DHABI DE  F-1

Pos Piloto Carro Voltas Tempo Pts
1 Lewis Hamilton Mercedes 55 1:34:05.715 26
2 Max Verstappen Red Bull Honda 55 +16.772s 18
3 Charles Leclerc Ferrari 55 +43.435s 15
4 Valtteri Bottas Mercedes 55 +44.379s 12
5 Sebastian Vettel Ferrari 55 +64.357s 10
6 Alexander Albon Red Bull Honda 55 +69.205s 8
7 Sergio Perez Racing Point 54 +1 volta 6
8 Lando Norris McLaren 54 +1 volta 4
9 Daniil Kvyat Toro Rosso Honda 54 +1 volta 2
10 Carlos Sainz McLaren 54 +1 volta 1
11 Daniel Ricciardo Renault 54 +1 volta 0
12 Nico Hulkenberg Renault 54 +1 volta 0
13 Kimi Räikkönen Alfa Romeo 54 +1 volta 0
14 Kevin Magnussen Haas Ferrari 54 +1 volta 0
15 Romain Grosjean Haas Ferrari 54 +1 volta 0
16 Antonio Giovinazzi Alfa Romeo 54 +1 volta 0
17 George Russell Williams Mercedes 54 +1 volta 0
18 Pierre Gasly Toro Rosso Honda 53 +2 voltas 0
19 Robert Kubica Williams Mercedes 53 +2 voltas 0
20 Lance Stroll Racing Point 45 Não termin 0

CAMPEONATO MUNDIAL DE CONSTRUTORES DA  F-1

Posição Equipe Pontos
01 Mercedes  739
02 Ferrari  504
03 Red Bull Honda  417
04 McLaren Renault  145
05 Renault  91
06 Toro Rosso Honda  85
07 Racing Point  73
08 Alfa Romeo  57
09 Haas Ferrari  28
10 Williams Mercedes  01

CAMPEONATO MUNDIAL DE PILOTOS 2019

Pos Piloto País Carro Pts
01 Lewis Hamilton Inglaterra Mercedes 413
02 Valtteri Bottas Finlândia Mercedes 326
03 Max Verstappen Holanda Red Bull Honda 278
04 Charles Leclerc Mônaco Ferrari 264
05 Sebastian Vettel Alemanha Ferrari 240
06 Carlos Sainz Espanha McLaren 96
07 Pierre Gasly França Toro Rosso Honda 95
08 Alexander Albon Tailândia Red Bull Honda 92
09 Daniel Ricciardo Austrália Renault 54
10 Sergio Perez México Racing Point 52
11 Lando Norris Inglaterra McLaren 49
12 Kimi Raikkonen Finlândia Alfa Romeo 43
13 Nico Hulkenberg Alemanha Renault 37
14 Daniil Kyvat Rússia Toro Rosso Honda 37
15 Lance Stroll Canadá Racing Point 21
16 Kevin Magnussen Dinamarca Haas Ferrari 20
17 Antonio Giovinazzi Itália Alfa Romeo 14
18 Romain Grosjean França Haas 8
19 Robert Kubica Polônia Williams 1
20 George Russel Inglaterra Williams 0

 

O holandês Max Verstappen da Red Bull Honda fez bonito e terminou na segunda posição. Foto: Clive Mason/Getty Images
Após a corrida Verstappen deu “zerinhos na pista”, Com o resultado o piloto holandês terminou em 3ª no Campeonato Mundial de Pilotos a frente dos pilotos da Ferrari. Foto: Clive Mason/Getty Images
Bernie Ecclestone (89) e sua esposa Fabiana Flosi estiveram presentes a última corrida do ano. Foto: Mark Thompson/Getty Images
A equipe Red Bull Honda considera que houve um progresso este ano e espera disputar pelo título em 2020. Foto: Mark Thompson/Getty Images
A F-1 volta dia 15 de março com o GP da Austrália. Foto: Dan Istitene/Getty Images

Max Verstappen pode ser alvo das equipes Ferrari e Mercedes quando terminar o seu contrato em 2020. Foto: Charles Coates/Getty Images

Escreva um comentário