Ministério da Saúde divulga relatório com 57 mortes e os primeiros óbitos nos Estados do Amazonas, Pernambuco e Rio Grande do Sul.

São Paulo – SP

Até o momento o Estado de São Paulo concentra 84,21% da letalidade do coronavírus no Brasil.

Brasil tem 57 mortes e 2.433 casos da Covid-19

No Brasil está em pauta um grande debate se a decisão de alguns governadores de fechar todas as atividades não consideradas essenciais está correta, pois isto já está gerando um grande desemprego principalmente nas grandes capitais.

Outro assunto em destaque foi a troca de acusações entre o governador de São Paulo, João Dória, e o presidente Jair Bolsonaro durante teleconferência realizada hoje pela manhã.

Na reunião, Dória lamentou a declaração realizada no dia anterior pelo presidente a respeito do coronavírus, que não gostou e disse que Dória teria utilizado o nome do presidente para se eleger, pedindo para o tucano guardar as observações para as eleições de 2022.

O vice-presidente da república Hamilton Mourão disse que o presidente se expressou mal e tentou minimizar o episódio.

Mourão disse: “O que ele buscou colocar é a preocupação que todos nós temos com a segunda onda. Nós temos a primeira onda, que é a saúde, e agora uma segunda onda, que é a questão econômica. Uma vez que toda atividade econômica cesse e o país praticamente caia numa anemia, o país corre o risco de uma forte inquietação social, principalmente nas áreas mais vulneráveis”.

ITÁLIA: Número continuam alarmantes.

ESPANHA: Número de vítimas fatais cresce rapidamente.

EUA: Governador de Nova York prevê colapso do sistema de saúde no Estado.

JAPÃO: Apresenta estabilidade no número de casos.

BRASIL: Clima mais frio provocado pelo outono pode dificultar o combate a Covid-19.

Escreva um comentário