O Brasil ultrapassa a Espanha e assume a 5ª posição no ranking mundial de vítimas fatais da pandemia.

O Brasil ultrapassou hoje a Espanha em número de vítimas fatais da Covid-19, e no ritmo atual deve ultrapassar a França até domingo (31).

O Brasil ultrapassou hoje a Espanha em número acumulado de vítimas fatais pelo novo coronavírus. Foram registradas 1.124 mortes nas últimas 24 horas, sendo 295 no Estado de São Paulo.

ESTADOS UNIDOS: O presidente Donald Trump (73) declarou hoje que ordenou o rompimento dos EUA com a OMS (Organização Mundial da Saúde), por entender que a entidade foi ineficiente na administração da pandemia do novo coronavírus.

A contribuição financeira dos EUA para a OMS é de US$ 400 milhões/ano.

Trump está em campanha para se reeleger a Casa Branca e procura culpados diante do desemprego recorde no país.

Até agora, a China e a OMS, estão entre os alvos preferidos do presidente americano que de acordo com as pesquisas, vem perdendo popularidade diante da pandemia.

O presidente Donald Trump anunciou hoje o rompimento dos recursos pagos pelos EUA a Organização Mundial da Saúde. Divulgação

EUROPA: Vem apresentando redução no número de novos casos e mortes pelo novo coronavírus, com exceção da Rússia.

MÉXICO: Apresenta crescimento robusto em novos casos e mortes pela Covid-19 e ultrapassou nesta sexta-feira (29) a Alemanha em número acumulado de vítimas fatais.

CHINA: País com 1 bilhão e 400 milhões de habitantes está há 4 dias sem registro de mortes pelo novo coronavírus.

PERU: É o segundo país mais atingido pela Covid-19 na América do Sul, atrás do Brasil.

ARGENTINA: Continua com um baixo índice de proliferação da pandemia. País vizinho registra um total acumulado de 510 mortes contra 27.878 do Brasil.

País vizinho não encontra dificuldades em manter a população em isolamento social. Divulgação

BRASIL: Registrou 1.124 mortes nas últimas 24 horas, sendo 295 no estado de São Paulo.

Escreva um comentário