A Tesla produziu até abril de 2020 cerca de 109.000 automóveis contra 2.400.000 da Toyota, mas vale US$ 5,3 bilhões a mais em bolsa.

A Tesla ultrapassa a Toyota em valor de mercado na Bolsa de Valores de Nova York (Nasdaq) e passa a ser a montadora de automóveis mais valiosa do planeta.

Tesla ultrapassa a Toyota em Bolsa

Nesta quarta-feira, 1 de julho de 2020, as ações da Tesla atingiram o valor total de US$ 207,2 bilhões, contra 201,9 bilhões da Toyota Motor Co, uma diferença de US$ 5,3 bilhões.

As ações da Tesla dobraram de preço desde o início de 2020, subindo 2,87% somente no pregão de hoje.

Cada ação da Tesla custa quase US$ 1.500,00.

Na crise do coronavírus em março de 2020, as ações da Tesla chegaram a cair para US$ 467,00 sendo que três meses depois atingiu o valor de US$ 1.500,00 no pregão de hoje.

O CEO e criador da Tesla, Elon Musk (49), tem ignorado os executivos e os padrões das montadoras de automóveis durante os 10 anos que a empresa passou a ser negociada em bolsa.

Os carros da Tesla são caros e potentes e no início poucos acreditavam no sucesso da montadora que em preço compete com a Mercedes, BMW, Audi, Lexus, Jaguar e Volvo.

A Tesla tornou-se a segunda maior montadora do planeta em bolsa, em janeiro de 2020, quando ultrapassou a Volkswagen AG, valendo hoje mais que o dobro da montadora alemã.

A Toyota foi a pioneira na produção de automóveis híbridos em larga escala e optou por seguir para a tecnologia de célula de combustível e automóveis autônomos.

Recentemente a maior montadora do Japão começou a priorizar a tecnologia de automóveis elétricos que já estão à venda nos EUA, Europa, Ásia e Brasil.

Painel de instrumentos de um automóvel Tesla. Divulgação
Além de automóveis Elon Musk vai produzir caminhões elétricos. Tesla ultrapassa a Toyota em valor em Bolsa. Divulgação
Valorização das ações da Tesla na Nasdaq em 12 meses. Divulgação

Escreva um comentário