Charles Leclerc termina em segundo e Lando Norris em terceiro.

Valtteri Bottas vence o GP da Áustria que abriu a temporada 2020 da F-1, prova marcada por nove abandonos.

O piloto da Mercedes dominou a corrida de ponta a ponta, sendo ameaçado do meio em diante pelo seu companheiro de equipe Lewis Hamilton.

Posteriormente o inglês foi punido em 5 segundos devido a uma acidente com a Red Bull de Alexander Albon, no final da corrida.

Hamilton que havia feito o segundo tempo no treino de classificação no sábado, posteriormente recebeu uma punição por não ter obedecido uma bandeira amarela, perdendo 3 posições no grid, largando em quinto.

Na largada, Bottas manteve a liderança seguido pela Red Bull de Max Verstappen e pela McLaren de Lando Norris.

Max Verstappen abandona

Na 11ª volta, Max Verstappen da Red Bull que estava vinha em terceiro abandona a prova com problema na unidade de potência.

Nove voltas depois foi a vez do australiano Daniel Ricciardo da Renault abandonar a corrida devido ao superaquecimento do motor. A temperatura ambiente do GP da Áustria estava em torno de 28º C.

Simultaneamente Bottas e Hamilton foram para o box da Mercedes na 27ª volta, para a troca de pneus, aproveitando uma bandeira amarela devido a uma rodada da Haas de Kevin Magnussen.

Hamilton pressiona Bottas

A partir da 35ª volta, Bottas liderava com Hamilton em segundo a 0,729 segundos de diferença em condições de acionar o aerofólio traseiro para realizar a ultrapassagem.

Pelo rádio, Hamilton perguntou para a equipe se poderiam dar potência extra para ultrapassar Bottas, mas a Mercedes respondeu que já havia reduzido a potência dos dois carros para poupar a unidade de potência.

Na quadragésima volta, Charles Leclerc vinha em sexto e Sebastian Vettel em décimo quarto.

Na volta 52, Alexander Albon foi para os boxes para a troca de pneus (macio) aproveitando um safety car devido a um abandono da Williams com problemas no motor.

Albon retornou em quarto atrás de Sergio Perez, Hamilton e Bottas.

Na relargada na 55ª volta, Bottas manteve a ponta seguido por Hamilton, Perez e Albon que na freada assumiu a terceira posição do mexicano da Racing Point.

Logo em seguida uma bandeira amarela foi acionada provocada pelo acidente da Alfa Romeo de Kimi Raikkonen que perdeu uma roda dianteira na entrada da reta.

Acidente Hamilton e Albon

A relargada foi realizada na 61ª volta, com Bottas mantendo a ponta seguido por Hamilton e Albon, que com pneus mais novos tentou a ultrapassagem por fora em cima do inglês.

Porém, um toque da roda traseira da Red Bull com a roda dianteira da Mercedes, fez com que o piloto da Red Bull rodasse na brita e fosse parar na 13ª posição.

Devido  ao acidente com Albon, Lewis Hamilton da Mercedes foi punido em 5 segundos no final da corrida.

Os dois pilotos tiveram uma acidente semelhante durante o GP Brasil de 2019, com Albon que estava em segundo levando a pior.

Com o acidente Valtteri Bottas liderava seguido por Hamilton, Perez, Leclerc, Norris, Sainz, Gasly, Ocon, Kyvat, Giovinazzi e Vettel da Ferrari.

Na 69ª volta (de um total de 71), a Red Bull de Alexander Albon começou a andar lentamente na pista até abandonar a prova.

No final, Bottas venceu seguido por Hamilton, Leclerc, Norris, Sainz, Perez, Gasly, Ocon, Giovinazzi, Vettel e Latifi.

Dessa forma, o finlandês conquistou sua 8ª vitória na F-1.

Posteriormente, com a punição de Hamilton em 5 segundos, o piloto foi da segunda para a quarta posição na classificação final.

A Fórmula-1 volta no próximo final de semana no mesmo autódromo como GP da Estíria, segunda prova do campeonato deste ano.

ABANDONARAM A PROVA

Verstappen, Ricciardo, Stroll, Magnussen, Grosjean, Russel, Raikkonen, Albon e Kyvat.

O GP da Áustria teve 3 entradas do safety car.

RESULTADO DO GP DA ÁUSTRIA DE F-1

Valtteri Bottas vence o GP da Áustria de F-1 marcado por 9 abandonos.
Lewis Hamilton chegou em segundo mas foi punido com 5 segundos devido a um acidente com Alexander Albon. Mercedes
Alexander Albon poderia ter terminado em segundo se não fosse o acidente com Lewis Hamilton Foto: Mark Sutton/Pool via Getty Images
Valtteri Bottas vence o GP da Áustria de F-1 de ponta a ponta. Mercedes

Escreva um comentário