Ferrari surpreende com o quinto tempo do monegasco Charles Leclerc em frente torcida.

Hamilton conquista sua 95ª pole na Toscana

O inglês Lewis Hamilton conquistou neste sábado a pole position para o GP da Toscana no circuito de Mugello na Itália.

O circuito é a pista oficial da Ferrari onde são testados os carros de F-1 e os automóveis de passeio da  marca.

Em segundo larga seu companheiro de equipe o finlandês Valtteri Bottas (liderou os treinos de sexta-feira) seguido pelo holandês Max Verstappen da Red Bull Honda, com uma diferença menor que nas corridas anteriores.

Contudo, Hamilton é o grande favorito a vencer a prova, e se isso acontecer, será a 90ª vitória do inglês na categoria.

Além disso, o GP da Toscana será a primeira corrida da F-1 nesta temporada com a presença do público.

Porém, a quantidade de torcedores é pequena com cerca de 3.000 pessoas.

A Ferrari distribuiu cerca de 900 ingressos para os clientes da marca e o restante foi vendido ao público.

Logo depois do treino, Hamilton comentou “Essa pista é fenomenal, é um circuito desafiador. Você passa pelas curvas 6, 7, 8 e 9 a 270 quilômetros por hora. A quantidade de força G sobre você é insana”.

Ferrari

A Ferrari conseguiu  colocar o carro de Charles Leclerc na quinta posição na corrida que marca a milésima participação da equipe na F-1.

Já o tetracampeão alemão Sebastian Vettel cravou apenas a décima quarta posição.

Vettel já foi confirmado para a equipe Racing Point para 2021, quando será rebatizada de Aston Martin.

Largada

O GP da Toscana de F-1 tem largada prevista para às 10:10 deste domingo.

Posteriormente, teremos o GP da Rússia no dia 27 de setembro.

A equipe Racing Point consolida-se como a quarta força da temporada.
Max Verstappen da Red Bull Honda larga em terceiro. Foto: Miguel Medina – Pool/Getty Images
O alemão Sebastian Vettel vai para a equipe Aston Martin a partir de 2021. Ferrari

Atualmente o tetracampeão alemão está irreconhecível ficando bem abaixo de seu companheiro de equipe Charles Leclerc.

Em homenagem ao milésimo GP da Ferrari na F-1 a Mercedes pintou o safety car de vermelho. Mercedes
Lewis Hamilton conquista sua 95ª pole no treino de classificação do GP da Toscana de F-1. Mercedes

Definitivamente o inglês hexacampeão é o favorito ao título em 2020.

Nesse meio tempo o piloto negocia a renovação do contrato com a Mercedes que vence ao final deste ano.

De acordo com a Forbes, Hamilton ganha atualmente cerca de US$ 54  milhões/ano entre salário e patrocínios.

Em contrapartida, a equipe pede moderação na negociação devido a crise internacional gerada pelo novo coronavírus.

Escreva um comentário