Em um GP com muitos acidentes e três largadas o inglês está a apenas 1 vitória do recorde de Michael Schumacher.

Hamilton conquista sua 90ª vitória na Toscana e dispara no campeonato

O inglês Lewis Hamilton (35) da Mercedes venceu o GP da Toscana de F-1, marcado por muitos acidentes e três largadas.

Logo após a largada, um acidente envolvendo a AlphaTauri de Pierre Gasly e a Red Bull de Max Verstappen, provocou a entrada do safety-car.

Verstappen que largou em terceiro saiu bem, mas um problema eletrônico fez com que o piloto fosse perdendo posições até ser atingido na traseira pela Alfa Romeo de Kimi Raikkonen, atolando na brita.

Safety Car

O safety-car permaneceu na pista por seis voltas e a corrida recomeçou na sétima volta, mas um acidente envolvendo a Haas de Magnussen, a Mclaren de Sainz e a Alfa Romeo de Giovinazzi, paralisou a corrida.

A corrida foi iniciada com os carros parados na pista com Bottas largando em primeiro, mas sendo ultrapassado na primeira curva por Lewis Hamilton que seguiu na liderança até o final.

O finlandês Valtteri Bottas tentou pressionar Hamilton durante toda a corrida, mas não conseguiu superar e terminou em segundo.

Alexander Albon

Ao mesmo tempo, o tailandês Alexander Albon da Red Bull Honda conquistou seu primeiro pódio na F-1, ao superar a Renault de Daniel Ricciardo na volta 51, e terminou em terceiro.

Sem Verstappen na pista o consolo da Red Bull Honda foi ver Albon marcando pontos importantes para manter a equipe no segundo lugar no campeonato de construtores.

Com a 90ª vitória, Hamilton atingiu 190 pontos e aumentou ainda mais sua vantagem no campeonato de pilotos para o seu companheiro de equipe Valtteri Bottas com 135.

Contudo, mesmo sem marcar pontos há duas corridas consecutivas, Max Verstappen ainda ocupa a terceira posição no campeonato de pilotos com 110 pontos.

Ferrari

Correndo em casa Charles Leclerc trouxe alegria para a Ferrari andando na quarta posição, mas foi superado pela Renault de Daniel Ricciardo e demais pilotos terminando na oitava posição.

Ao passo que Sebastian Vettel, terminou na décima posição completando a zona de pontuação.

Nova bandeira vermelha

Na volta 44, o canadense Lance Stroll ocupava a quarta posição e estava se aproximando da Renault de Daniel Ricciardo, mas rodou na pista e provocou mais uma paralisação da prova.

Porém dessa vez, a relargada foi com os carros andando.

Campeonato

Com a vitória Lewis Hamilton segue favorito absoluto para a conquista do título, já que seu companheiro de equipe Valtteri Bottas não consegue competir com o inglês.

Max Verstappen que ocupa a terceira posição no campeonato está há duas corridas sem pontuar e com isso vai se distanciando dos dois pilotos da Mercedes.

Dessa forma, sua meta agora é lutar pelo vice-campeonato de pilotos contra Valtteri Bottas.

Próxima Prova

Dia 27 de setembro no GP da Rússia de F-1.

Pódio do GP da Toscana de F-1. Foto: Mercedes
Hamilton conquista sua 90ª vitória na Toscana.

Hamilton abre 55 pontos de vantagem para Bottas.
Alexander Albon da Red Bull Honda conquista seu primeiro pódio na F-1. Foto: Mark Thompson/Getty Images
Sebastian Vettel da Ferrari finalmente conseguiu terminar na zona de pontuação ao terminar em décimo. Foto: Ferrari
Max Verstappen tinha esperança de fazer uma boa corrida e terminar em terceiro, mas o acidente na primeira volta fez o piloto abandonar a prova. Foto: Peter Fox/Getty Images
Os pontos marcados por Alexander Albon na Toscana ajudam a Red Bull Honda a manter a segunda posição no campeonato de construtores. Foto: Claudio Giovannini – Pool/Getty Images

Acidentes tiraram 8 pilotos (dos 20) da prova. Foto: Mercedes

Escreva um comentário