O inglês Lewis Hamilton conquistou sua 91ª vitória na F-1 igualando ao recorde do alemão Michael Schumacher.

Hamilton vence em Eifel e iguala recorde de Schumacher na Alemanha.

A 11ª etapa do campeonato mundial de F-1 teve como destaque a vitória do inglês Lewis Hamilton da Mercedes, que caminha a passos largos para a conquista do heptacampeonato.

Em segundo cruzou a linha de chegada o holandês Max Verstappen da Red Bull Honda, seguido pelo australiano Daniel Ricciardo da Renault.

Corrida

Na largada, Valtteri Bottas da Mercedes conseguiu manter a primeira posição conquistada no sábado, mas após uma freada forte na 13ª volta perdeu  a posição para Hamilton e foi para o box para a troca de pneus.

Bottas retornou na terceira colocação, mas 19ª volta entrou nos boxes para abandonar a prova dizendo que estava sem potência.

Max Verstappen passou a maior parte da corrida na segunda colocação esperando uma oportunidade para tentar assumir a liderança, mas Hamilton administrou com tranquilidade a ritmo até o final.

Ferraris

Charles Leclerc passou o primeiro terço da corrida na quarta posição,  mas foi sendo ultrapassado pela Renault de Daniel Ricciardo, pela Racing Point de Sergio Perez e pela AlphaTauri de Pierre Gasly.

Ao passo que o alemão Sebastian Vettel rodou sozinho durante a corrida e terminou apenas na décima primeira posição ficando longe do seu companheiro de equipe.

Renault

A montadora francesa comemorou o pódio de Daniel Ricciardo que terminou em terceiro, após uma longa temporada sem cruzar entre os três primeiros.

Ricciardo foi contatado a peso de ouro pela McLaren para ser o primeiro piloto da equipe a partir da próxima temporada.

Contudo, o francês Esteban Ocon abandonou a prova deixando de ganhar pontos importantes para a equipe no Campeonato de Construtores.

A Renault está atrás da McLaren e da Racing Point no campeonato de construtores.

Racing Point

O mexicano Sergio Perez fez uma boa corrida e terminou na quarta posição atrás da Renault de Daniel Ricciardo.

Ao passo que Nico Hulkenberg que foi chamados as pressas para substituir o canadense Lance Stroll e largou em último, fez uma excelente corrida de recuperação e terminou na oitava posição.

Hulkenberg correu apenas duas corridas nesta temporada (de um total de 11 provas),  mas mesmo assim tem mais pontos no campeonato que os pilotos: Antonio Giovinazzi, Kimi Raikkonen, Romain Grosjean, Kevin Magnussen, George Russel e Nicholas Latifi.

Hamilton

Com a vitória Lewis Hamilton segue tranquilo na liderança do Campeonato de Pilotos já que seu companheiro de equipe Valtteri Bottas, não tem sido páreo para competir com ele.

O finlandês consegue pontualmente um bom resultado, mas não tem a consistência do hexacampeão.

No final da corrida, Max Verstappen ainda tentou se aproximar de Hamilton, mas o inglês não deu chance ao holandês controlando a distância com tranquilidade.

Porém, Verstappen conseguiu fazer a melhor volta da prova, somando mais um ponto no campeonato de pilotos.

Nico Hulkenberg foi eleito pelos torcedores como o piloto do dia por ter largado em vigésimo e ter terminado em oitavao.

Próxima Prova: GP de Portimão de F-1  – Portugal – 25 de outubro 2020 – Largada às 10:10.

Festa no pódio com Max Verstappen, Lewis Hamilton e Daniel Ricciardo. Foto: Ina Fassbender – Pool/Getty Images

Com o abandono Alexander Albon caiu da quinta para a sétima posição no Campeonato de Pilotos da F-1.
Max Verstappen comemora o segundo lugar com Helmut Marko, Masashi Yamamoto e Christian Horner Foto: Bryn Lennon/Getty Images
Hamilton e Verstappen são atualmente as duas maiores estrelas da F-1. Foto: Wolfgang Rattay – Pool/Getty Images
Conquistando bons resultados após a parceria com a Red Bull é uma pena ver a Honda abandonando a categoria ao final de 2021. Foto: Ronald Wittek – Pool/Getty Images
As duas Ferraris melhoraram bastante o desempenho no GP de Eifel, mas a performance de Sebastian Vettel ainda está muito abaixo da registrada por Charles Leclerc. Foto: Ferrari
Michael Schumacher teve seu recorde de vitórias atingido na Alemanha. Divulgação

Hamilton vence em Eifel e iguala recorde de Schumacher.

 

Escreva um comentário