Os promotores do GP Brasil de F-1 e a prefeitura de SP negociam a renovação do contrato.

SP negocia contrato de 5 anos com a F-1.

A categoria máxima do automobilismo voltou a negociar com os representantes da cidade de São Paulo para a renovação do contrato do GP Brasil de F-1.

A princípio, o GP Brasil foi incluso no calendário da categoria em 2021, dependendo da finalização do contrato.

Neste ano, a prova foi cancelada devido a pandemia do novo coronavírus.

Anteriormente, a cidade do Rio de Janeiro era a favorita para vencer a concorrência, pois o promotor local se dispôs a pagar US$ 60 milhões/ano, como taxa para realizar a corrida.

Contudo, a cidade de São Paulo em parceria com o governo do estado, estava disposta a pagar US$ 20 milhões/ano, o mesmo valor pago pelo GP dos EUA.

Nos últimos 3 anos, a cidade de São Paulo não pagou a taxa de corrida devido a uma negociação realizada com o antigo dono da categoria, Bernie Ecclestone, que reconhecia as dificuldades financeiras do país.

Porém, a detentora dos direitos comerciais da F-1 fez de tudo para levar a corrida para o Rio de Janeiro, mas a situação política do estado com a destituição do governador Wilson Witzel, prejudicou a evolução do projeto.

Além disso, a cidade do Rio de Janeiro não tem autódromo e a proposta era de construir uma pista justamente em uma área de proteção ambiental, o que causou muita confusão.

O projeto original da cidade de São Paulo era de negociar um contrato de 10 anos com a categoria.

Agora a proposta é de um contrato de 5 anos, com uma cláusula de renovação por mais 5 anos.

Até março de 2021, a negociação deve ser finalizada, pois o promotor local precisa dar garantias financeiras para a realização da prova.

A cotação do dólar na casa dos R$ 5,40 dificulta o pagamento da taxa de corrida no valor solicitado pelos detentores da categoria. Foto: Amauri Yamazaki

CALENDÁRIO DA F-1 em 2021

01 – GP da Austrália – 21 de março

02 – GP Bahrein – 28 de março

03 – GP da China – 11 abril

04 – A confirmar

05 – GP da Espanha – 9 de maio

06 – GP de Mônaco – 23 de maio

07 – GP Azerbaijão – 6 de junho

08 – GP do Canadá – 13 de junho

09 – GP da França – 27 de junho

10 – GP da Áustria – 4 de julho

11 – GP da Inglaterra – 18 de julho

12 – GP da Hungria – 1 de agosto

13 – GP da Bélgica – 29 de agosto

14 – GP da Holanda – 5 de setembro

15 – GP da Itália – 12 de setembro

16 – GP da Rússia – 26 de setembro

17 – GP de Singapura – 3 de outubro

18 – GP do Japão – 10 de outubro

19 – GP dos EUA – 24 de outubro

20 – GP do México – 31 de outubro

21 – GP do Brasil – 14 de novembro*

22 – GP da Arábia Saudita – 28 de novembro

23 – GP de Abu Dhabi – 5 de dezembro

*pendente do acerto do contrato.

SP negocia contrato de 5 anos com a F-1.

 

Escreva um comentário