O Brasil registrou 968 mortes em 24h sendo 259 no estado de SP.

Alemanha registra 934 mortes em 24h e a Itália 628.

A Itália e a Inglaterra estão entre os países mais atingidos pela pandemia na Europa.

EUA: 1.602 mortes em 24h. Presidente eleito Joe Biden (78) declarou hoje para a população tomar mais cuidado com a saúde e alerta que “dias negros estão por vir”.

BRASIL: 968 mortes em 24h. Governo do estado de SP decreta fechamento de bares, restaurantes e atividades não essenciais durante o Natal (25 a 27) e Ano Novo (1 a 3), para tentar reduzir a disseminação da pandemia.

ÍNDIA: 333 mortes em 24h. Porém, tudo indica que o governo indiano está administrando as estatísticas.

MÉXICO: 396 mortes em 24h. As estatísticas não parecem confiáveis e o país testa pouco o novo coronavírus.

ITÁLIA: 628 mortes em 24h. Nesse sentido a pandemia segue consistente.

INGLATERRA: 691 mortes em 24h. Ao mesmo tempo a vacinação já começou.

FRANÇA: 802 mortes em 48h.  Simultaneamente, o governo não vem atualizando as estatísticas regularmente.

ESPANHA: 260 mortes em 24h.

RÚSSIA: 551 mortes em 24h. Todavia, a vacinação já começou.

ARGENTINA: Não atualizou a estatística. Contudo, o governo parece perdido.

COLÔMBIA: Não atualizou a estatística.

PERU: 70 mortes em 24h. Porém, os números não são confiáveis.

ALEMANHA: 934 mortes em 24h. Definitivamente, as infecções estão aumentando.

CHILE: 20 mortes em 24h. Por outro lado, o governo segue atento a evolução da pandemia.

EQUADOR: Não atualizou a estatística. Ao passo que o governo não tem contabilizado mortes em residências.

CHINA: 2 mortes em 24h. Em contrapartida, ninguém dá crédito as estatísticas do país.

Alemanha registra 934 mortes em 24h e a Itália 628.

 

COMPARTILHAR

Escreva um comentário