A categoria aproveitou para divulgar o novo calendário de 2021.

Fórmula-1 confirma o adiamento do GP da Austrália

A F-1 confirmou oficialmente hoje que a prova de abertura do campeonato em 2021, será o GP do Bahrein, no dia 28 de março.

Devido as tribulações geradas pela pandemia do novo coronavírus o GP da Austrália foi adiado para o dia 21 de novembro, logo após o GP do Brasil, em São Paulo.

Já o GP da China, em que os organizadores haviam solicitado uma nova data para o segundo semestre do ano está sem data para ser realizado neste ano.

Contudo, dependendo da evolução da pandemia a F-1 não descarta tentar encontrar uma data para encaixar a corrida na China, mas isso é pouco provável, pois o calendário está ocupado até o final do ano.

No lugar da China, a categoria incluiu o GP em Monza, na Itália.

Com 23 provas a temporada de 2021 será a maior da história da F-1 em todos os tempos, com destaque para os GPs do Vietnã e da Arábia Saudita que passam a fazer parte do calendário.

A F-1 já está sob o comando do novo CEO, o italiano Stefano Domenicali, que foi chefe de equipe da Ferrari e presidente da Lamborghini.

Fórmula-1 confirma o adiamento do GP da Austrália.

 

COMPARTILHAR

Escreva um comentário