O Brasil registrou 1.096 vítimas fatais pela pandemia em 24h, sendo 254 no Estado de São Paulo.

EUA registram 4.670 mortes em 24h e o México 1.803

A Alemanha ultrapassou o Estado de São Paulo em número de mortos pela pandemia.

EUA: 4.670 mortes em 24h. Além disso, a Bloomberg divulgou que o comitê de campanha do presidente Trump destinou US$ 2,7 milhões para financiar o protesto no Congresso, que terminou com invasão.

BRASIL: 1.096 mortes em 24h. Estado de São Paulo registra 107.102 vacinados. Contudo, o cronograma de imunização deve atrasar por falta de vacina.

ÍNDIA: 163 mortes em 24h. Porém, os números não são confiáveis.

MÉXICO: 1.803 mortes em 24h. As estatísticas não parecem confiáveis e o país testa pouco.

INGLATERRA: 1.407 mortes em 24h. Ao mesmo tempo a vacinação teve início há 3 semanas.

ITÁLIA: 472 mortes em 24h. Nesse sentido a pandemia diminuiu nos últimos dias.

FRANÇA: 651 mortes em 24h .  Simultaneamente, o governo não vem atualizando os números regularmente.

RÚSSIA: 566 mortes em 24h. Todavia a vacinação começou há 2 semanas.

ESPANHA: 400 mortes em 24h. Ainda assim, o governo tenta mostrar controle da situação.

ALEMANHA: 896 mortes em 24h. Definitivamente, as infecções continuam altas.

COLÔMBIA: 399 mortes em 24h.

ARGENTINA: 359 mortes em 48h. Contudo, o governo iniciou a vacinação 3 semanas antes do Brasil.

PERU: 230 mortes em 24h. Porém, os números não são confiáveis.

POLÔNIA: 347 mortes em 24h. Apesar disso, apresenta estabilidade.

JAPÃO: 108 mortes em 24h. Porém, as Olimpíadas estão agendadas para 23 julho.

CHINA: 2 mortes em 24h. Em contrapartida ninguém dá crédito as estatísticas do país.

EUA registram 4.670 mortes em 24h e o México 1.803

 

COMPARTILHAR

Escreva um comentário