Equipe italiana terminou 2020 na sexta posição no campeonato de construtores.

Ferrari é a última equipe a apresentar o carro de 2021.

A Ferrari apresentou o SF 21 modelo que irá disputar o campeonato mundial de F-1 este ano.

A equipe italiana foi a última a revelar o carro que ganhou uma nova pintura com destaque para a sua patrocinadora Phillip Morris, na cor verde, de um logo.

À primeira vista a principal  alteração foi na suspensão.  O motor ganhou atualizações e segundo os engenheiros está 0,10 segundos mais rápido por volta.  Após o início do campeonato a equipe vai desenvolver atualizações aerodinâmicas para continuar evoluindo.

De acordo com a Ferrari, o modelo deste ano está mais veloz na reta e nas simulações que foram realizadas no dinamômetro e no computador.

Porém, o team principal da equipe o suíço Mattia Binotto (51) disse que a equipe só vai saber mesmo se o carro evoluiu a partir da primeira corrida no Bahrein.

Binotto está sob pressão e se o carro de 2021 não for competitivo ele corre o risco de ser substituído.

Este ano a equipe vai contar com o piloto espanhol Carlos Sainz que veio da McLaren e com o monegasco Charles Leclerc.

Carlos Sainz e Charles Leclerc. Foto: Ferrari

De acordo com Binotto, Sainz foi escolhido devido a sua capacidade de se comunicar bem com os engenheiros e mecânicos.

O espanhol entra no lugar de Sebastian Vettel que foi pra a Aston Martin que corre com motor e câmbio Mercedes.

A Ferrari e a Mercedes são as duas equipes com os maiores orçamentos da F-1.

Destaque para o logo em verde que representa a Phillip Morris. Foto: Ferrari

Ferrari é a última equipe a apresentar o carro de 2021.

 

COMPARTILHAR

Escreva um comentário