O estado de São Paulo registrou 1.389 mortes pela pandemia em 24h.

Brasil registra 4.195 vítimas fatais em 24h de acordo com o Ministério da Saúde.

O Brasil permanece como epicentro global da pandemia da Covid-19.

EUA: 1.109 mortes em 24h. Contudo, o país imuniza cerca 3,0 milhões de pessoas/dia e trabalha com 3 tipos de vacinas. Presidente Biden quer imunizar toda a população até julho.

BRASIL: 4.195  mortes em 24h, novo recorde. Estado de SP vacinou 6.921.652 habitantes.

MÉXICO: 252 mortes em 24h. País é o terceiro do mundo em número de mortos pela Covid-19.

ÍNDIA: 446 mortes em 24h. Porém, as estatísticas não são confiáveis.

INGLATERRA: 88 mortes em 24h. Nesse ínterim, o país está preocupado com as novas variantes do coronavírus.

ITÁLIA: 421 mortes em 24h. Nesse sentido, a pandemia ainda é um grande problema.

RÚSSIA: 382 mortes em 24h. Todavia a vacinação começou há 9 semanas.

FRANÇA: 426 mortes em 24h. Simultaneamente, o governo não vem atualizando os números regularmente.

ALEMANHA: 175 mortes em 24h.

ESPANHA: 128 mortes em 24h. Ainda assim, a atualização das estatísticas é irregular por parte do governo.

COLÔMBIA:  430 mortes em 24h.

ARGENTINA: 435 mortes em 24h. Contudo, o governo iniciou a vacinação 3 semanas antes do Brasil.

PERU: 261 mortes em 24h. Porém, os números não são confiáveis.

POLÔNIA: 10 mortes em 24h. Apesar disso, apresenta relativa estabilidade.

JAPÃO: 24 mortes em 24h. Porém, as Olimpíadas estão agendadas para 23 de julho e preocupa a população.

CHINA: Sem mortes há 8 dias. A princípio, a pandemia está sob controle.

Brasil registra 4.195 vítimas fatais em 24h

COMPARTILHAR

Escreva um comentário