Holandês da Red Bull Honda conquistou sua 11ª vitória na F-1.

Max Verstappen vence o GP Emília Romagna de F-1, após largar em terceiro.

Em uma corrida emocionante e com muitos acidentes com a chuva, o holandês Max Verstappen (23) da Red Bull Honda venceu o GP de Emília Romagna de F-1, na Itália.

Largada

Na largada com pista molhada, Verstappen largou em terceiro, mas superou Lewis Hamilton (pole) e o seu companheiro de equipe Sergio Perez, logo na largada dividindo a primeira curva com o piloto da Mercedes.

Os dois carros quase se tocaram com Hamilton passando por cima da zebra e danificando parcialmente uma parte do aerofólio dianteiro.

Lewis Hamilton e Max Verstappen lado a lado na primeira curva com o holandês saindo na frente. Foto: Bryn Lennon-Getty Images

Na primeira volta, Verstappen liderava seguido por Hamilton, Perez, Leclerc, Ricciardo, Gasly, Stroll, Sainz, Norris e Bottas.

Latifi e Schumacher

Logo no início, dois acidentes marcaram a prova com Nicolas Latifi da Williams tocando a Haas de Nikita Mazepin e batendo no muro.

Em seguida, na quarta volta, quando o pace car estava na pista para a retirada da Williams de Latifi, Mick Schumacher rodou sozinho e bateu com o bico da Haas perto da saída dos boxes.

Mick Schumacher da Haas bateu sozinho quando esquentava os pneus. Foto: Mark Sutton-LAT Images

Nesse meio tempo, Lando Norris da McLaren vinha ganhando posições e ocupava a sexta posição.

Já o mexicano Sergio Perez da Red Bull ocupava a quarta posição quando saiu da pista durante uma bandeira amarela, perdendo duas posições e retomando as mesmas logo em seguida.

Pela manobra, Perez foi punido com uma parada de 10 segundos nos boxes.

Sergio Perez deixou de marcar pontos importantes para a equipe. Foto: Mark Thompson-Getty Images

Troca de pneus

Verstappen liderava com pneus de chuva, quando parou na 28ª volta para colocar pneus slick.

Hamilton parou na volta seguinte para colocar pneus slick e Verstappen manteve a liderança.

Na 31ª volta, Lewis Hamilton ultrapassou a Williams de George Russel, mas saiu de frente na curva e danificou o aerofólio dianteiro. O inglês conseguiu retornar a pista para fazer uma corrida de recuperação.

Mesmo com um acidente na 31ª volta, Hamilton conseguiu retornar a pista e terminar em segundo. Mercedes

Acidente

Na 32ª volta, aconteceu o acidente mais grave da corrida. O inglês George Russel da Williams ocupava a 11ª posição e tentava a ultrapassagem em cima da Mercedes de Valtteri Bottas.

Porém, o carro de Russel escorregou e bateu na lateral da Mercedes em um ponto de alta velocidade. Russel foi reclamar com Bottas que ainda estava dentro do carro.

Logo, os dois abandonaram a prova.

George Russell da Williams foi responsável pelo acidente com Valtteri Bottas, mas jogou a culpa no finlandês. Williams

Com o acidente a corrida foi interrompida por cerca de 20 minutos e a relargada foi dada em movimento, quando Max Verstappen quase rodou sozinho quando esquentava os pneus.

Tsunoda que ocupava a 8ª posição, rodou sozinho na saída da segunda curva e caiu para a 16ª posição.

Hamilton

Com o acidente na 31ª volta, Hamilton fazia uma corrida de recuperação ultrapassando Stroll, Ricciardo, Sainz, Perez, Leclerc e Norris.

Na 38ª volta, Perez que ocupava a 4ª posição rodou sozinho e sepultou as chances de marcar ponto para a equipe caindo para a 12ª posição. Pista molhada não é o forte do mexicano.

Verstappen vence de ponta a ponta

No final, Max Verstappen cruzou a linha de chegada em primeiro com uma vantagem de 22,1 segundos para Lewis Hamilton, com Lando Norris em terceiro e Charles Leclerc em quarto.

O holandês Max Verstappen Red Bull Honda comemora a vitória em Emília Romagna. Foto: Mark Thompson-Getty Images
Max Verstappen fez a melhor volta da prova marcando mais 1 ponto no campeonato de pilotos.
Mercedes segue na liderança. Faltou o mexicano Sergio Perez marcar pontos para a Red Bull Honda.
Lewis Hamilton lidera o campeonato de pilotos por um ponto.

Próximas Provas:

02 de maio – GP de Portugal de F-1

09 de maio – GP da Espanha de F-1

23 de maio – GP de Mônaco de F-1

Max Verstappen é o segundo piloto mais bem pago da F-1. Foto: Peter Fox-Getty Images
Com a punição de Kimi Raikkonen o espanhol Fernando Alonso marcou seu primeiro ponto no retorno a F-1. Alpine
Valtteri Bottas foi bem nos treinos, mas foi mal na corrida  Foto: Sebastian Kawka
Charles Leclerc fez uma boa corrida e terminou em quarto a frente do seu companheiro de equipe Carlos Sainz. Foto: Ferrari
Lance Stroll da Aston Martin tem sido mais rápido que Sebastian Vettel. Aston Martin
A chuva trouxe emoção para a corrida. Foto: Haas

Max Verstappen vence GP Emília Romagna de F-1

 

COMPARTILHAR

Escreva um comentário