Novo 208 vem com recursos disponíveis somente em automóveis de alto luxo.

Andamos no novo Peugeot 208 Griffe Automático 2021.

Andamos no novo Peugeot 208 Griffe 1.6 automático que impressiona pela quantidade de tecnologia embarcada.

A montadora francesa caprichou na sofisticação, bom gosto e tecnologia.

Design inconfundível e “olhar felino” com faróis Full LED. Foto: Amauri Yamazaki

Design

Por fora, e por dentro, o 208 impressiona pela ousadia no design, de longe, o mais sofisticado no segmento de hatch compacto.

A frente do modelo ganhou uma nova identidade com faróis Full Led e luzes diurnas em formato de “dentes de sabre”, exclusividade Peugeot.

Nas ruas, as pessoas notam a presença do 208 com admiração, mas nem imaginam que estão vendo apenas 30% das novidades do novo 208.

i-Cockpit 3D

Por dentro, o design acompanha a ousadia do design externo com um novo painel de instrumentos digital em 3D (terceira dimensão), único no segmento.

O painel de instrumentos é digital e configurável conforme a preferência do motorista com diversas opções de layout.

Nem automóveis de alto luxo como o Lexus possuem painel de instrumentos em  3ª dimensão.

O novo painel de instrumentos digital configurável está equipado com tecnologia holográfica em 3D. Um show de tecnologia. Foto: Amauri Yamazaki
Painel digital 3D configurável com diversas opções de layout. Foto: Amauri Yamazaki
Volante com base reta, painel de instrumentos digital e excelente ergonomia para o motorista. Foto: Amauri Yamazaki

No painel, as indicações são dinâmicas e animadas proporcionando uma nova e sofisticada experiência visual para o motorista.

Há a possibilidade de criar e salvar dois modos de visualização permitindo a personalização do painel.

Conta-giros, mídia em reprodução ou detector de fadiga: quem escolhe a informação exibida com maior destaque é o motorista.

Central multimídia touchscreen de 7 polegadas com Google Android Auto e Apple CarPlay.

Teclas que permitem acesso direto às principais funções do veículo. Divulgação
Nas versões Griffe e Allure, segurança com 6 airbags, além de bancos de couro sintético de alta qualidade. Foto: Amauri Yamazaki
Para os passageiros do banco traseiro o espaço é escasso. Foto: Amauri Yamazaki

Carregamento de smartphone wireless: recarga sem fio do smartphone em um compartimento no painel.

Teto solar panorâmico com esteira manual proporciona integração com a paisagem. Foto: Amauri Yamazaki

Plataforma

O modelo é construído na plataforma CPM (Commom Modular Platform) do grupo francês PSA.

De acordo com a montadora, a nova plataforma proporciona robustez, confiabilidade, melhor conforto acústico e térmico, nível de vibração reduzido e melhores índices de consumo (em função de menores peso e resistência aerodinâmica).

Distância entre eixos de 2.538 mm e rodas de liga leve de 16 polegadas diamantada . Foto: Amauri Yamazaki

Motor

Dianteiro, flex, 4 cilindros, 1.587 cm3, 16 V, com comando variável na admissão entrega 115 cv com gasolina e 118 cv de potência abastecido com etanol.

O torque é de 15,2 kgfm a 4.000 rpm.

O consumo durante o período de avaliação apenas com o motorista (sem bagagem) foi de 8,7 km/l na cidade com gasolina, de acordo com o computador de bordo.

Câmbio

Automático de 6 velocidades com possibilidade dos modos “Eco” e “Sport”.

Motor 1.6 aspirado (sem turbo), 4 cilindros rende 118 cv de potência com etanol. Foto: Amauri Yamazaki

Peugeot Drive Assist

Alerta de colisão: alerta o condutor em caso de risco de colisão com o veículo à frente.

Dependendo do risco detectado e do nível de alerta configurado pelo condutor, diferentes tipos de avisos podem ser acionados e exibidos no painel de instrumentos:

Nível 1: alerta visual apenas, indicando que o veículo à frente está muito próximo. Uma mensagem recomenda, então, atenção enquanto a área ao redor do veículo é exibida;

Nível 2: alerta visual e sonoro indicando uma colisão iminente. Uma mensagem avisando para frear é exibida.

Frenagem de Emergência: o sistema automático de frenagem de emergência entra em ação para reduzir a velocidade de impacto ou evitar uma colisão frontal do veículo, caso o motorista não consiga reagir.

Com uma câmera localizada na posição superior do para-brisa, essa função detecta obstáculos – como outro carro rodando na mesma direção ou estacionado – atuando no sistema de frenagem do veículo.

Em velocidades entre 5 km/h e 85 km/h, o sensor ativa a frenagem automaticamente ao detectar um risco de colisão.

Além disso, a velocidade do veículo não deverá exceder 80 km/h quando for detectado um veículo parado, e 60 km/h quando se tratar de um pedestre.

Alerta e correção de mudança de faixa: Equipado com uma câmera na parte superior do para-brisas, que reconhece as linhas da estrada e alerta o condutor no caso de ultrapassagem involuntária de uma marcação longitudinal no solo das vias de circulação.

Para segurança da condução, a câmera analisa a imagem antes de acionar um alerta, no caso de queda de atenção do condutor, a uma velocidade superior a 60 km/h.

Nesse sentido, caso seja detectado um desvio da direção, o condutor é alertado por um alarme sonoro e também visual, no painel de instrumentos.

Sistema de segurança de alerta e correção de permanência em faixa. Divulgação

Alerta de Ultrapassagem de Linha: corrige a trajetória do veículo assim que o sistema identifica um risco de ultrapassagem involuntária de uma das linhas de marcação detectadas no solo. Imediatamente, a direção é progressivamente corrigida para se manter na faixa.

Aerofólio traseiro na versão topo de linha Griffe. Foto: Amauri Yamazaki

Condições de funcionamento:

A velocidade do veículo deve estar entre 65 km/h e 180 km/h;
A pista deve ter no mínimo uma linha de marcação no solo (contínua ou descontínua) e a correção é efetuada apenas no lado em que a linha for detectada;
As duas mãos do condutor devem estar no volante;
Além disso, a seta indicadora de direção não deve estar ativa;
O sistema ESC deve estar ativado.

Na traseira, faixa em Black Piano entre as lanternas traseiras com a marca Peugeot. Porta-malas tem capacidade para 265 litros. Foto: Amauri Yamazaki

Peugeot 208 Griffe

  • Teto de vidro panorâmico com esteira interna manual
  • Rodas de liga leve de 16” diamantada Kenobi
  • Escapamento cromado
  • Ar condicionado automático digital de uma zona
  • PEUGEOT i-Cockpit 3D
  • Volante multifuncional em couro
  • Bancos em Alcântara
  • Apoio de braço para o condutor
  • Carregador de smartphone por indução
  • Chave keyless (presencial) com comandos de abertura das portas e porta-malas e partida do motor pelo botão Start/Stop
  • Airbags de cortina
  • Faróis Full LED
  • Capa dos retrovisores em preto brilhante
  • Aerofólio traseiro em preto brilhante
  • VisioPark 180°
  • Sensor de chuva, crepuscular e de estacionamento traseiro
  • Alerta de Colisão e Frenagem de Emergência Automática
  • Alerta e correção de mudança de Faixa
  • Auxílio de Farol Alto
  • Sistema de Reconhecimento de Placas de velocidade
Sistema de assistência de estacionamento. Foto: Amauri Yamazaki

Ficha Técnica – Peugeot 208

Motor:  Dianteiro, flex, 4 cilindros, 1.787 cm3, 16 V, com comando variável na admissão entrega 115 cv com gasolina e 118 cv de potência abastecido com etanol.

Câmbio: Automático de 6 velocidades.

Tração: Dianteira.

Suspensão: Independente McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira.

Freios: Discos ventilados na dianteira e tambores na traseira, com ABS e ESP.

Dimensões: 4.055 mm de comprimento, 1.738 mm de largura, 1,453 mm de altura e 2.538 mm entre eixos.

Peso: 1.178 kg.

Tanque de Combustível: 47 litros.

Porta Malas: 265 litros.

Preço da versão Griffe: A partir de R$ 91.880,00 na pintura Azul Quasar.

Hatch 208 Griffe impressiona pela quantidade de tecnologia embarcada. Foto: Amauri Yamazaki

Andamos no novo Peugeot 208 Griffe Automático.

 

COMPARTILHAR

Escreva um comentário