Em segundo larga o inglês Lewis Hamilton seguido pelo holandês Max Verstappen.

Leclerc faz a pole para o GP do Azerbaijão de F-1 com a ajuda da Ferrari de Carlos Sainz.

O monegasco Charles Leclerc da Ferrari conquistou  em Baku sua nona pole position  na Fórmula-1.

O piloto da Ferrari contou com a sorte, pois Verstappen e Hamilton vinham em volta rápida no Q3, mas com uma rodada do espanhol Carlos Sainz da Ferrari, o treino foi encerrado.

Red Bull

Com o resultado a decepção na equipe austríaca foi grande pois ela era a favorita a conquista da pole position .

Já o mexicano Sergio Perez que fez o melhor tempo de sexta-feira, vai largar na sétima posição.

A Red Bull tinha confiança que conquistaria a pole, mas o acidente de Carlos Sainz atrapalhou os planos da equipe. Foto: Getty Images

Mercedes

A Mercedes escondeu o jogo na sexta -feira e estava pronta para disputar a pole quando foi prejudicada com o acidente de Carlos Sainz.
Porém, o finlandês Valtteri Bottas conseguiu marcar apenas a décima posição.

Ferrari

Conquistou uma pole position polêmica com Leclerc, pois quando as Mercedes e as Red Bull Honda se preparavam para tomar a pole, Carlos Sainz rodou encerrando o treino de classificação.

A princípio, Leclerc não tem carro para segurar a Mercedes de Hamilton e a Red Bull Honda de Verstappen.

Largada

A largada para o GP do Azerbaijão de F-1 está marcada para às 9 horas do domingo.

O espanhol Fernando Alonso virou o jogo e superou seu companheiro de equipe Esteban Ocon.
O veterano Fernando Alonso (36) está atrás do seu companheiro de equipe na pontuação do Campeonato Mundial de Pilotos. Alpine
Max Verstappen cumprimenta Charles Leclerc logo após o encerramento do treino. Foto: Maxim Shemetov – Pool-Getty Images
Verstappen não ficou nada satisfeito com a terceira posição no grid de largada. Foto: Mark Thompson-Getty Images
A sorte esteve ao lado de Charles Leclerc no Azerbaijão lembrando que na última corrida em Mônaco o piloto nem largou após ter feito a pole-position. Ferrari

Leclerc faz a pole para o GP do Azerbaijão de F-1.

 

COMPARTILHAR

Escreva um comentário