Empresas japonesas continuam investindo e gerando empregos e divisas no país.

Brasil comemora em junho os 113 anos da Imigração Japonesa.

Navio Kasato Maru trouxe ao Porto de Santos em São Paulo os primeiros 781 imigrantes.

ブラジルはラテンアメリカで最大の経済大国であり、約300万人の子孫を擁する、日本以外では世界最大の日本人コミュニティとして認識されています。

この 113 年間で、この国はさまざまな国籍の移民の国となり、彼らはこの国を家族の恒久的な家として選びました。

ラジルへの日本人移民の到着は、当時の両国のニーズを満たしました。

第二次世界大戦は深刻な変化をもたらし、一部の国は新しい現実に適応しなければなりませんでした。

ブラジルでは、19 世紀を通じて奴隷労働が減少し、コーヒー農園の拡大は労働力を得る移民政策に依存していました。

1905年、米国、カナダ、オーストラリアなどの国々がアジア移民の入国を制限していた時期に、ブラジルの日本の公使は、日本人のブラジルへの移住に好意的な報告を出した.

1907 年 11 月 6 日、サンパウロ州のコーヒー農園に日本人労働者を派遣する契約が締結されました。

この旅の始まりから現在に至るまで、日系ブラジル人はいくつかの分野でブラジルの発展に貢献し、両国間の経済的、人道的、科学的関係を強化してきました。

Alimentação
食物

Uma das contribuições da imigração japonesa no Brasil está na alimentação, onde a cultura nipônica incentivou o consumo de peixe, que não eram comuns principalmente nas regiões Sul e Sudeste, onde predominava na alimentação a base de carne praticamente em todos os dias nas refeições.

A princípio, o tradicional arroz, feijão, bife, ovo e salada era o prato comum no país.

Além disso, com a proliferação de restaurantes japoneses, o consumo de peixe duplicou no hábito alimentar do brasileiro, proporcionando uma proteína menos gordurosa na dieta.

Restaurantes japoneses proliferaram no país. Divulgação

Nas décadas de 60, 70 e 80 era inimaginável que os restaurantes japoneses fossem mais numerosos que os restaurantes italianos e portugueses principalmente nas grandes capitais.

Hoje, há mais restaurantes japoneses no bairro da Mooca (bairro italiano) que restaurantes italianos.

Indústria
業界

As montadoras de motocicletas japonesas possuem juntas, 90% de participação no mercado no Brasil, sendo que só a Moto Honda da Amazônia, possui 80% de participação no segmento.

Na área de automóveis o país conta com cinco montadoras japonesas (Honda, Toyota, Nissan, Mitsubishi e Suzuki) com fábricas no país, não tendo nenhuma outra nacionalidade, o mesmo número de montadoras instaladas no país.

O Japão é o segundo país com maior volume de financiamento ao governo brasileiro, ficando atrás apenas dos EUA.

A maior parte dos financiamentos japoneses destina-se ao desenvolvimento da infraestrutura.

Moto Honda da Amazônia

Com incentivos fiscais estabelecidos pelo governo do general Ernesto Geisel (1974 a 1979) a Honda montou sua fábrica de motocicletas em Manaus, onde teve de desenvolver todos os fornecedores para iniciar o processo produtivo.

Hoje o Brasil é um dos maiores produtores mundiais de motocicletas e as exportações geram empregos e divisas para o país.

Primordialmente, a Moto Honda da Amazônia possui cerca de 80% de participação de mercado no setor de motocicletas e scooters no Brasil.

A Moto Honda da Amazônia tem uma participação de 80% do mercado de duas rodas no Brasil. Divulgação

Honda Automóveis do Brasil

Com a abertura de mercado na importação de automóveis no país no governo Fernando Collor (1990 a 1992) diversas montadoras passaram a importar automóveis no país.

Posteriormente, a Honda iniciou a fabricação do Civic com a construção de uma fábrica de automóveis na cidade de Sumaré, no interior do Estado de São Paulo.

Atualmente, a Honda produz no Brasil e exporta os modelos: Civic, Fit, City, WR-V e HR-V.

O HR-V é o veículo mais vendido pela Honda no Brasil. Divulgação
O Civic foi o primeiro automóvel a ser fabricado no país. Divulgação

Toyota do Brasil

Acima de tudo, foi a primeira montadora de automóveis japonesa a se estabelecer no país. A unidade brasileira também foi a primeira filial internacional da Toyota no mundo.

Todavia, urante décadas a montadora produziu o jipe Bandeirantes que utilizava motor Mercedes.

Com a abertura do mercado de automóveis no Brasil a montadora passou a produzir o Corolla em sua planta na cidade de Indaiatuba, no interior do Estado de São Paulo.

Posteriormente, passou a produzir o Etios hatch, Etios sedã, Yaris hatch, Yaris sedã e recentemente passou a produzir o Corolla Cross flex e híbrido, novo SUV da marca.

A Toyota é a única montadora de automóveis a produzir veículos com tecnologia híbrida no Brasil.

O Corolla Cross é o único SUV com tecnologia híbrida produzido na América do Sul. Divulgação
Atualmente, o Corolla permanece como o sedã mais vendido no Brasil. Foto: Amauri Yamazaki

Nissan do Brasil

Com a aliança Renault-Nissan, a montadora passou a produzir automóveis com a introdução de uma planta na cidade de Resende, no interior do Estado do Rio de Janeiro.

Primeiramente, o primeiro automóvel a ser produzido foi o March, seguido pelo Versa e posteriormente pelo SUV Kicks.

Contudo, o March foi descontinuado e hoje o Kicks é o veículo mais vendido pela Nissan no Brasil.
A Nissan é a primeira montadora japonesa a importar para o país um veículo 100% elétrico, o Leaf, sucesso de vendas no Japão.

Festival do Japão
日本祭り

Neste ano devido a pandemia do coronavírus o evento teve de ser cancelado devido à necessidade de evitar aglomerações.

O Festival do Japão é considerado um dos maiores eventos da cultura japonesa no mundo e recebeu em sua 22ª edição, mais de 190 mil visitantes.

Contudo, em 2020 e em 2021, foi cancelado devido aos problemas causados pela pandemia.

Atualmente, o Brasil possui cerca de 5 milhões de descendentes japoneses.

Brasil comemora em junho os 113 anos da Imigração Japonesa.

 

COMPARTILHAR

Escreva um comentário