Em segundo cruzou o finlandês Valtteri Bottas seguido pelo inglês Lando Norris.

Max Verstappen vence GP da Áustria de F-1 e amplia a vantagem sobre Lewis Hamilton.

Assim como no último domingo, o holandês venceu de ponta a ponta o GP da Áustria (casa da Red Bull) e ainda fez a melhor volta da prova.

Verstappen largou na pole e manteve a ponta após a largada, com Lando Norris em segundo seguido pelo mexicano Sergio Peres, Lewis Hamilton, Valtteri Bottas e Pierre Gasly.

Contudo durante a primeira volta, um acidente envolvendo a Alpine de Esteban Ocon provocou a entrada do safety car, com o francês abandonando a prova.

Na quarta volta foi dada a relargada, com Perez tentando uma ultrapassagem por fora na McLaren de Norris, mas o mexicano foi para fora da pista retornando na décima posição.

Devido a manobra, Lando Norris foi punido com cinco segundos pela organização da prova.

Max Verstappen largou na pole e manteve a primeira posição após a largada. Getty Images

Verstappen foi abrindo vantagem sobre o segundo colocado e administrou a liderança.

Durante toda a prova, Max Verstappen não foi ameaçado ou pressionado por nenhum piloto vencendo com tranquilidade o GP da Áustria.

Red Bull Honda

A princípio caminha para a conquista do campeonato de pilotos e construtores no último ano de parceria com a Honda.

O mexicano Sergio Perez terminou em sexto, mas poderia ter ido melhor se não fosse o acidente com Norris na primeira volta, quando saiu da pista.

A Red Bull Honda venceu os últimos cinco GPs da F-1: Mônaco, Azerbaijão, França, Estíria e Áustria.

A Red Bull Honda venceu as últimas cinco provas da F-1. Getty Images

Mercedes

Não conseguiu evoluir na última semana quando terminou em segundo com Hamilton e em terceiro com Bottas.

Na Áustria, no mesmo autódromo, terminou com Bottas em segundo e Hamilton em quarto.

Parece que a equipe está pagando o preço de estar mais focada no carro de 2022.

Lewis Hamilton renovou com a Mercedes até o final de 2023. Foto – Sebastian Kawka

McLaren

Vai se consolidando como a terceira força na F-1, principalmente com o inglês Lando Norris (21).

Contudo, o australiano Daniel Ricciardo parece ainda não ter se adaptado a McLaren com resultados bem inferiores a Norris, mesmo ganhando o triplo.

Ferrari

Teve uma performance discreta em todo o final de semana com o espanhol Carlos Sainz terminando a frente do seu companheiro de equipe Charles Leclerc.

Além disso, não está conseguindo acompanhar a evolução da McLaren.

John Elkann herdeiro da Fiat-Ferrari nos boxes com Mattia Binotto chefe de equipe. Ferrari Media

AlphaTauri

Com o francês Pierre Gasly terminou na nona posição e com Yuki Tsunoda fora da zona de pontos terminando na décima segunda posição.

Adotou uma estratégia de ir bem na classificação,  mas sacrificou a performance na corrida ao largar com pneus macios.

Williams

Estava para marcar seu primeiro ponto na temporada, mas o piloto inglês George Russel foi ultrapassado nas voltas finais pelo espanhol Fernando Alonso.

Porém, a equipe inglesa tem apresentado evolução e não é a mais lenta do grid como os anos anteriores.

George Russell ia marcar o primeiro ponto para a equipe no ano, mas foi ultrapassado nas últimas voltas por Fernando Alonso. Williams Media

Próximas Provas:

Inglaterra: 18 de julho 2021

Hungria: 01 de agosto 2021

Bélgica: 29 de agosto 2021

Toyoharu Tanabe – Diretor da Honda foi chamado para comemorar a vitória no pódio do GP da Áustria. Getty Images

À primeira vista, tudo se encaminha para o primeiro título de Max Verstappen.
Segunda vitória da ponta a ponta de Max Verstappen em Spielberg. Getty Images
Charles Leclerc desta vez terminou em oitavo com Carlos Sainz terminando na quinta posição. Ferrari

Max Verstappen vence GP da Áustria de F-1.

 

COMPARTILHAR

Escreva um comentário