Prova foi marcada pelo acidente provocado pelo finlandês Valtteri Bottas.

Esteban Ocon vence o GP da Hungria de F-1.

O francês Esteban Ocon da Alpine venceu o GP da Hungria de F-1, seguido pelo alemão Sebastian Vettel da Aston Martin e pelo inglês Lewis Hamilton da Mercedes.

A prova foi marcada pelo início com a pista molhada e pelo acidente provocado pelo finlandês Valtteri Bottas da Mercedes que tocou a traseira da McLaren de Lando Norris, que por sua vez, bateu na Red Bull de Max Verstappen.

Além disso, Bottas ainda conseguiu bater na Red Bull do mexicano Sergio Perez que havia largado em quarto.

Sergio Perez abandonou a prova após ser atingido pela Mercedes de Valtteri Bottas. Foto: Bryn Lennon-Getty Images

Já o canadense Lance Stroll, bateu na Ferrari de Charles Leclerc na saída da curva 1, atingindo também o australiano Daniel Ricciardo.

A participação de Valtteri Bottas foi desastrosa no GP da Hungria provocando um acidente com 4 carros. Foto: Sebastian Kawka

Corrida Interrompida

Com o acidente, a corrida foi interrompida com o abandono dos carros de: Lando Norris, Valtteri Bottas, Charles Leclerc, Sergio Perez e Lance Stroll.

Relargada

A corrida foi reiniciada com pista seca e com todos os pilotos indo para o box para colocar pneus slick, com exceção do inglês Lewis Hamilton da Mercedes.

Dessa forma, Hamilton recebeu a luz verde sozinho no grid e os demais pilotos largaram do boxe.

Com a parada de Lewis Hamilton na quinta volta, para colocar pneus de pista seca, Esteban Ocon da Alpine tomou a ponta seguido por: Vettel, Russel, Latifi, Tsunoda, Sainz, Alonso, Raikkonen e Ricciardo.

Porém, Russel foi punido pela direção de prova por ter furado a fila para sair dos boxes e teve de devolver todas as posições.

Esteban Ocon liderou boa parte do GP da Hungria. Alpine

Haas

Simultaneamente, a Haas de Nikita Mazepin, tocou a roda traseira da Alfa Romeu de Kimi Raikkonen e o russo abandonou a prova.

No meio da prova, o alemão Sebastian Vettel tentou ultrapassar a Alpine de Esteban Ocon diversas vezes, mas não conseguiu.

O alemão Sebastian Vettel voltou a sorrir neste domingo na Hungria. Aston Martin

Na vigésima primeira volta, Hamilton parou nos boxes para colocar pneus médios e Verstappen para colocar pneus duros.

Durante a troca de pneus, Hamilton ultrapassou Daniel Ricciardo que vinha na nona posição e Max Verstappen que ocupava a décima posição.

Nesse ínterim, na sexagésima terceira volta, Max Verstappen conseguiu ultrapassar o australiano Daniel Ricciardo e entrar na zona de pontos.

Faltando sete voltas para o final, Hamilton ocupava a quinta posição e conseguiu ultrapassar a Alpine de Fernando Alonso, e a Ferrari de Carlos Sainz, terminando a prova na terceira posição.

Por fim, festa francesa com a vitória de Esteban Ocon com a Alpine seguido por Sebastian Vettel em segundo, equilibrando o campeonato.

Verstappen teve a corrida prejudicada pelo finlandês Valtteri Bottas que provocou uma colisão com quatro carros.  Foto: Mark Thompson-Getty Images

Hamilton na liderança

Com o resultado do GP da Hungria, a Mercedes ultrapassou a Red Bull no campeonato de construtores e Hamilton ultrapassou Verstappen no campeonato de pilotos.

Hamilton e a Mercedes saem da Hungria líderes no campeonato de pilotos e construtores. Foto – Steve Etherington

Próxima Prova

GP da Bélgica: 29 de agosto 2021

Esteban Ocon vence o GP da Hungria de F-1.

Esteban Ocon foi rival do holandês Max Verstappen nas categorias anteriores. Foto: Alpine
Festa da Alpine na Hungria. Foto: Alpine

 

COMPARTILHAR

Escreva um comentário