Os EUA registraram 769 mortes pela pandemia em 24h e o estado de São Paulo 406.

Argentina registra 700 vítimas fatais em 24h e a Brasil 1.175.

EUA: 549 mortes em 24h. Governo federal voltou a pedir o uso de mascaras devido as novas variantes.

BRASIL: 1.175 mortes em 24h. País continua como epicentro da pandemia.

ÍNDIA: 562  mortes em 24h. Porém, há subnotificação nos números divulgados pelo governo com os casos fatais muito acima do divulgado.

MÉXICO: 657 mortes em 24h. País apresenta estabilidade no controle da Covid-19.

PERU: 224 mortes em 24h. Proporcionalmente o país é muito mais atingido que o Brasil.

INGLATERRA: 121 óbitos em 24h. Nesse ínterim, o número de mortos mais que triplicou.

ITÁLIA: 21 mortes em 24h. Nesse sentido, a pandemia parece sob controle.

RÚSSIA: 769 mortes em 24h. Todavia a vacinação começou antes do Brasil, mas os casos e mortes aumentaram.

FRANÇA: 31 mortes em 24h. Contudo, o governo não vem atualizando os números regularmente.

COLÔMBIA: 479 mortes em 48h.

ALEMANHA: 26 mortes em 24h.

ARGENTINA: 700 óbitos em 24h. Contudo, casos e mortes voltaram a subir.

ESPANHA: 74 mortes em 24h. Ainda assim, a atualização dos números é irregular.

JAPÃO: 23 mortes em 24h. Porém, as Olimpíadas aumentaram o número de novos casos em Tokyo.

CHINA: Sem mortes há 31  dias. A princípio, aumentaram as contaminações, mas sem mortes.

Argentina registra 700 vítimas fatais em 24h e a Brasil 1.175.

 

COMPARTILHAR

Escreva um comentário