Desde a implementação da fábrica em Manaus, mais de 13 milhões de unidades foram produzidas.

Honda CG comemora 45 anos de produção no Brasil.

A Moto Honda da Amazônia comemora os 45 anos de produção da Honda CG, sucesso absoluto em vendas no Brasil

Presente no país como importadora desde 1971, em cinco anos de Brasil a Honda percebeu que era possível efetivar aqui uma filosofia enraizada na empresa desde sua fundação: pensar globalmente, agir localmente.

Tal iniciativa resultou na fabricação da Honda CG 125 pioneira e suas oito gerações subsequentes, que entre si tem um invejável aspecto em comum: a CG sempre foi líder de mercado, a preferida entre todas as motocicletas vendidas no Brasil.

A princípio, muitos brasileiros aprenderam a andar de moto com a CG, modelo que continua com o modelo de entrada Start à admirada Titan, passando pela prática Fan e pela profissional Cargo.

Honda CG Cargo. Foto: Amauri Yamazaki

Aperfeiçoada ano a ano, colocar lado a lado a primeiríssima CG com a atual impressiona: a evolução tecnológica fica evidente, mas na essência, a fórmula original continua a mesma.

Nesse sentido, o sucesso da CG foi, e continua sendo, a confiabilidade, resistência, economia e uma imbatível relação custo-benefício, além do menor índice de depreciação do mercado.

Honda Turuna 125. Foto: Amauri Yamazaki

“A Honda ocupa um lugar especial na vida de milhões de motociclistas no Brasil. São clientes que aprenderam a pilotar em uma Honda, que utilizam uma moto Honda em seu deslocamento diário e que também vivenciam a experiência prazerosa de lazer que só as ‘Asas da Liberdade’ proporcionam. Há, ainda, quem tenha memória afetiva com modelos icônicos da marca. É por isso que os 50 anos da Honda no Brasil é tão significativo para os apaixonados por motocicletas”, comenta Alexandre Cury, Diretor Comercial da Honda Motos.

Alexandre Cury – Diretor Comercial da Moto Honda da Amazônia. Foto: Amauri Yamazaki
Linha Honda CG 2020. Divulgação

Versão 2022

As versões para 2022 continuam quatro.

A CG 160 Start traz novo design na moldura do painel de instrumentos e na carenagem frontal, com três opções de cores.

Desde já, a CG 160 Fan e a CG Cargo também receberam nova moldura de painel, nova carenagem de farol e laterais do tanque redesenhadas interna e externamente.

Para a Cargo a opção de cor é única, o branco, enquanto a para a Fan as opções de cores são três.

Atualmente, o modelo mais prestigiado da família, a CG 160 Titan, recebeu também um novo moldura do painel, nova carenagem de farol e de laterais do tanque exclusivas do modelo, além da rabeta com laterais redesenhadas.

A CG Titan 2022 também chega com três opções de cores.

Quanto à parte ciclística, o chassi tipo Diamond de chapa estampada, no qual o motor tem função estrutural, permanece inalterado e é comum a todas as versões da CG.

Agora, a suspensão dianteira tipo SFF (Separated Function Fork) faz par com a suspensão traseira bichoque, com amortecedores de dupla ação reguláveis na carga da mola.

As Honda CG 2022 são dotadas do sistema CBS – Combined Braking System, sendo a CG 160 Start equipada de freio dianteiro e traseiro a tambor.

Nas CG 160 Cargo, Fan e CG 160 Titan, o freio na dianteira é a disco e o traseiro a tambor.

Além disso, a ergonomia, sempre objeto de especial atenção nas Honda de um modo geral, é destaque nas CG.

Atualmente, sendo o modelo o mais utilizado para fins profissionais, os extensos períodos ao guidão demandaram o estudo de uma posição de pilotagem ideal.

Guidão, pedaleiras e banco oferecem um posicionamento de referência, no qual a facilidade de pilotagem se alia ao conforto.

Bem como, na versão CG 160 Cargo, um robusto bagageiro capaz de suportar até 20 kg é equipamento de série.

Gerações da Honda CG. Foto: Amauri Yamazaki

Em Manaus, também são produzidos, desde 2001, os Produtos de Força Honda.

Em 2021, a Honda comemora 50 anos no Brasil.

Honda CG comemora 45 anos de produção no Brasil.

COMPARTILHAR

16 Comentáros

  1. Alexandre de Moura Responder

    Honda, sinônimo de motos de qualidade e durabilidade. Justificam plenamente o dinheiro investido.

  2. Parabéns bem explicados os detalhes da nova moto da Honda.
    Com certeza o modelo vai estourar em vendas

  3. Paulo Roberto Manzieri Responder

    A Honda CG 125 foi sucesso na época de seu lançamento. A grande maioria dos jovens tinham uma CG e tratavam como uma jóia. A GC além de atender o seu uso para passear serviu depois para carregar pacotes e acabou virando a CG Cargo. Ou seja uma moto mil e uma utilidades. Atende as necessidades para que dirige na cidade.

  4. CG colocou o Brasil sobre duas rodas!!
    Duvido que algum motociclista não tenha pilotado uma em qualquer época!!

  5. Meu vizinho tem uma. E diz gostar muito. Talvez porque faz entregas e diz que a moto aguenta o tranco. Parabéns a HOnda.

Escreva um comentário