Corrida mais emocionante da temporada teve três largadas e empate no Campeonato de Pilotos.

Lewis Hamilton vence o GP da Arábia Saudita de F-1.

Devido a disputa entre Max Verstappen e Lewis Hamilton pelo título de pilotos e construtores, era aguardado uma corrida disputada e com chance de acidente entre os dois.

Contudo, ninguém  esperava que a corrida tivesse três largadas com lances polêmicos entre Verstappen e Hamilton envolvendo a FIA.

Primeira Largada

Na primeira largada, Hamilton largou na pole e manteve a ponta seguido por Bottas, Verstappen, Leclerc, Perez, Norris, Ocon e Gasly.

O inglês abriu 4 segundos de Verstappen até a décima volta, quando a Haas de Mick Schumacher bateu sozinha provocando a entrada do safety car. A Mercedes aproveitou para troca os pneus dos dois carros e Max Verstappen assumiu a ponta.

Porém, algumas voltas depois a direção de prova paralisou a prova com a bandeira vermelha e Verstappen pode trocar os pneus no pitlane sem perder a primeira posição.

Segunda largada com  Max Verstappen e Lewis Hamilton disputando a primeira curva. Foto: Mark Thompson-Getty Images

Segunda Largada

Na segunda largada (15ª volta), Verstappen estava na pole, mas Hamilton largou melhor e chegou a ultrapassar o holandês que cortou caminho na segunda curva e tomou a ponta.

Todavia, logo em seguida, a Red Bull do mexicano Sergio Perez fechou a Ferrari de Charles Leclerc e rodou ficando atravessado na pista.

Além disso, a Haas de Nikita Mazepin não conseguiu frear e bateu na traseira da Williams de George Russel, provando outro safety car e outra paralisação da corrida.

Max Verstappen e Lewis Hamilton quase bateram em diversas ocasiões. Foto: Mark Thompson-Getty Images

Terceira Largada

Por ter cortado o caminho na segunda largada, Verstappen foi punido e largou em terceiro, atrás de Esteban Ocon e Lewis Hamilton.

Contudo, Verstappen tomou a ponta na primeira curva fazendo um sanduíche de Hamilton com Ocon.

Dessa forma, o holandês ficou na primeira posição seguido por Ocon, Hamilton, Ricciardo, Bottas e Gasly.

Hamilton tomou a segunda posição de Ocon e seguiu na perseguição de Verstappen, quando na 36ª volta, chegou usou a asa móvel e foi para cima do holandês que defendeu sua posição e cortou caminho novamente na curva para manter a ponta.

Nesse sentido a FIA mandou Verstappen devolver a posição a Hamilton, mas desacelerou o carro de repente provocando uma colisão com a Mercedes do inglês que teve parte do aerofólio dianteiro direito avariado.

O pessoal da Mercedes ficou enfurecido nos boxes com o incidente.

Hamilton bate na traseira de Verstappen após desaceleração do holandês que estava cumprindo orientação da equipe para devolver a posição ao inglês. Steve Etherington

Hamilton ultrapassa Verstappen

Mesmo com a asa dianteira danificada, Hamilton voltou a se aproximar de Verstappen até conseguir a ultrapassagem na 42ª volta, de um total de 50.  Porém, Verstappen atrasou a freada na curva seguinte e reconquistou a primeira posição.

A FIA anunciou uma punição de 5 segundos para Max Verstappen por ter cortado o caminho.

Na volta 43, Hamilton ultrapassou Verstappen e manteve a liderança para conquistar sua 103ª vitória na F-1.

Com o resultado a decisão fica para o próximo domingo com o GP de Abu Dhabi.

Pódio na Arábia Saudita. Foto: Andrej Isakovic – Pool/Getty Images
Lewis Hamilton fez a melhor volta da prova e conquistou mais um ponto.
Com o abandono de Sergio Perez a Red Bull perdeu a chance de conquistar o Campeonato de Construtores.
Max Verstappen foi eleito o piloto do dia com 28% dos votos dos torcedores.
Assim como no Brasil Lewis Hamilton foi brilhante e mereceu a vitória.
Valtteri Bottas ajudou a Mercedes a conquistar o Campeonato de Construtores – Steve Etherington
Lewis Hamilton pode tornar-se o primeiro octa-campeão da F-1 em todos os tempos. Steve Etherington
A Ferrari ocupa a terceira posição no Campeonato de Construtores a frente da McLaren.

Autódromo de Jedá só perde em extensão para Spa Francorchamps  Foto: Mark Thompson/Getty Images

Enfim, o campeonato de 2021, será decidido no próximo domingo no GP de Abu Dhabi.

Lewis Hamilton vence o GP da Arábia Saudita.

 

COMPARTILHAR

Escreva um comentário