Site do Ministério da Saúde do Brasil está sem atualização desde 9 de dezembro 2021.

Pandemia cresce com menor letalidade.

A China diz não registrar mortes há mais de 60 dias.

ESTADOS UNIDOS: Único país junto com a Alemanha com estatísticas confiáveis da pandemia. Contudo, apresenta baixo índice de utilização de máscaras.

BRASIL: Registra alta de casos e internações. Porém, com menor índice de mortes. Contudo, apresenta um aumento de casos de gripe o que não é comum no verão.

ÍNDIA:  A imprensa local não confia nos números do governo já que muitos habitantes não tem certidão de nascimento.

RÚSSIA: Ultrapassou o México e ocupa  a quarta posição em óbitos pela pandemia.

MÉXICO:  Assim como no Brasil, população segue usando máscaras mesmo em lugares abertos.

PERU: Proporcionalmente o país mais atingido na América do Sul.

ITÁLIA:  Fatalidade voltou a crescer, após 7 meses de baixa. Proporcionalmente é o país da Europa que mais sofreu com a pandemia.

FRANÇA: Apresenta alta de internações.

POLÔNIA: Apresentou uma alta expressiva de novos casos e mortes.

ESPANHA: Não tem estatísticas confiáveis.

JAPÃO: A princípio, está com a pandemia sob controle.

DELTACRON: Nova cepa que combina Delta e Ômicron é identificada no Chipre.

 

Pandemia cresce com menor letalidade.

COMPARTILHAR

Escreva um comentário