Holandês campeão mundial foi seguido pelas duas Ferraris.

Verstappen lidera primeiro dia de treinos no Bahrein.

Max Verstappen da Red Bull liderou o primeiro dia de treinos do GP do Bahrein de F-1 seguido pelas duas Ferraris.

O holandês colocou 0,087s de diferença para o segundo colocado o monegasco Charles Leclerc, e 0,584s para o espanhol Carlos Sainz.

As duas Aston Martin também não foram bem no segundo treino.

A princípio, a surpresa dos treinos foi a nona colocação do inglês Lewis Hamilton que ficou atrás do seu companheiro de equipe o também inglês George Russel que terminou em quarto.

Hamilton declarou a dois dias que a Mercedes não deve brigar por vitórias primeiras provas do campeonato.

Contudo, muita gente achou que o inglês estava escondendo o  jogo para depois performar na pista.

Para os torcedores da Ferrari, a segunda posição de Leclerc e a terceira de Sainz é uma boa notícia no sentido de ter um campeonato mais equilibrado, não focado apenas nas Mercedes e Red Bull.

Charles Leclerc animado com a boa performance da Ferrari. Ferrari

O espanhol Fernando Alonso cravou o quinto tempo com a Alpine, sendo que o francês Esteban Ocon ficou apenas com a décima segunda posição.

Outra boa surpresa foi ver as duas Haas saírem da lanterna do grid com Mick Schumacher com o oitavo tempo e Kevin Magnussen com o décimo.

As duas Williams ficaram no fim do grid com Nicholas Latifi cravando a décima nona posição e Alexander Albon com a vigésima posição. Contudo, caso as duas Williams não apresentem melhora de rendimento até o meio da temporada, a chapa vai esquentar em cima do chefe de equipe, o alemão Jost Capito.

Max Verstappen tornou-se o piloto mais bem pago da F-1. Foto: Clive Mason-Getty Images)

Verstappen lidera primeiro dia de treinos no Bahrein.

 

 

COMPARTILHAR

Escreva um comentário