Charles Leclerc, Carlos Sainz e Lewis Hamilton completaram o pódio.

Ferrari faz dobradinha no GP do Bahrein F-1.

A Ferrari venceu de ponta a ponta o GP do Bahrein com o monegasco Charles Leclerc seguido pelo seu companheiro de equipe, o espanhol Carlos Sainz.

Em segundo cruzou o inglês heptacampeão Lewis Hamilton, da Mercedes, que herdou a posição após o abandono das duas Red Bull no final da corrida.

Foi a primeira vitória da equipe italiana desde o GP de Singapura em 2019, com Sebastian Vettel.

Contudo, Leclerc chegou a ser ultrapassado duas vezes pelo holandês Max Verstappen, mas conseguiu nas duas ocasiões recuperar a posição na mesma volta.

Charles Leclerc venceu de ponta a ponta.Foto: Ferrari Press
Faltou gasolina nos carros de Verstappen e Perez.

Ferrari

Conseguiu fazer um bom carro para 2022, quando isso ficou evidenciado nos testes de pré-temporada na Espanha.

A dobradinha neste domingo alivia a pressão sobre Mattia Binotto chefe de equipe da Ferrari.

Charles Leclerc largou na pole position. Ferrari

Red Bull

Andou na frente nos três treinos antes do treino de classificação com Max Verstappen fazendo o segundo tempo para o grid.

No final, abandonou a prova faltando três voltas devido a problemas no motor causados pelo novo combustível que neste ano tem 10% de mistura renovável. Duas voltas depois, foi a vez do mexicano Sergio Perez que vinha em terceiro abandonar a prova. A equipe confirmou que o combustível causou a pane nos dois carros.

Max Verstappen vinha em segundo e chegou a ultrapassar Leclerc duas vezes perdendo a posição na mesma volta. Foto: Mark Thompson-Getty Images

Mercedes

De acordo com Lewis Hamilton, a equipe vai precisar de pelo menos cinco corridas para melhorar o carro que tem problema de velocidade na reta.

O inglês George Russel andou na frente de Hamilton nos testes de pré-temporada, mas na classificação e na corrida, ficou atrás do heptacampeão terminando na quarta posição.

Lewis Hamilton fez uma boa corrida terminando em terceiro. Mercedes

Haas

A grande surpresa deste ano, terminou com um brilhante quinto lugar com Kevin Magnussen e a décima primeira posição com Mick Schumacher.

Saiu da lanterna e está andando na frente das McLaren, Aston Martin, AlphaTauri e Williams. Parabéns Haas.

O dinamarquês Kevin Magnussen deu um show de pilotagem com a Haas.

McLaren

A maior decepção do ano apresentou fraco rendimento no início do campeonato. Só não foi pior devido aos abandonos de Gasly, Verstappen e Perez.

Aston Martin

Assim como a McLaren corre com motor Mercedes e não foi bem na primeira prova do campeonato. Trocou o chefe de equipe que foi para a Alpine e colocou no lugar um alemão que foi criticado pelo ex-piloto Gerhard Berger.

 

O alemão Nico Hulkenberg substituiu o Sebastian Vettel na Aston Martin que testou positivo para covid. Foto: Lars Baron/Getty Images
A Red Bull deixou de marcar pontos importantes para o campeonato.

Melhor Volta: Charles Leclerc.

Piloto do Dia: Charles Leclerc.

Próxima Prova

GP da Arábia Saudita – 27 de março – Largada às 14 horas.

Dobradinha da Ferrari com Leclerc e Sainz. Foto: Ferrari Press

 

Ferrari faz dobradinha no GP do Bahrein F-1.

 

 

COMPARTILHAR

Escreva um comentário