Picape média mais vendida do segmento ganhou mais itens segurança e tecnologia.

Andamos na Toyota Hilux SRX diesel 2022.

Referência em robustez, durabilidade e com alto valor de revenda, a Hilux ganhou mais itens de segurança e conveniência na versão 2022.

Versátil, avaliamos a versão SRX (topo de linha) com motorização diesel, câmbio automático e tração 4×4.

A presença e o acabamento externo e interno fazem da versão topo de linha um veículo para todas as situações, podendo utilizá-la para ir a um casamento, ou para realizar uma mudança.

O motor 2.8 diesel é forte e leva com tranquilidade a picape sendo bastante econômico principalmente na cidade.

Ângulo de entrada de 29º, câmera no para-brisa e radar atrás do logo na dianteira para assistência a direção. Foto: Amauri Yamazaki

Apesar de ser classificada como picape média no Brasil, a Hilux é um veículo grande para o padrão das vagas nos estacionamentos.

Nesse sentido, em alguns casos ela pode ocupar parte de uma segunda vaga na hora de  estacionar.

Design

Robusto, elegante  e imponente tem mais partes cromadas na dianteira que seus concorrentes Chevrolet S10 e Nissan Frontier.

As alterações estéticas foram pequenas mantendo as características da Hilux.

Dianteira robusta com todos faróis e o pisca-pisca em LED. Foto: Amauri Yamazaki

Interior

A partir da linha 2022, a Hilux ganhou de série: ar-condicionado automático digital de 2 zonas com saídas para o banco traseiro, câmera 360° e aprimoramentos no pacote de segurança ativa Toyota Safety Sense.

Volante revestido em couro, comandos no volante e espelhamento de smartphone com cabo. Foto: Amauri Yamazaki
Central multimídia de 8 polegadas sensível ao toque e alto falantes JBL. Foto: Amauri Yamazaki
Transmissão automática de 6 velocidades com Eco Mode e Power Mode. Foto: Amauri Yamazaki

Segurança

Ganhou monitor de visão 360º (Panoramic View Monitor – PVM), exclusivo para versão SRX, no modo de exibição do display como suporte ao motorista nos movimentos ao redor de todo o veículo, combinando uma câmera frontal, uma em cada lateral e uma traseira, totalizando 4 dispositivos para abranger todos os ângulos.

Excelente espaço, bancos revestidos em couro e ventilação nos dianteiros. Foto: Amauri Yamazaki

O sistema atua como um auxiliar de visibilidade das áreas de pontos cego, com imagens nítidas e linhas de suporte na tela que ajudam a delimitar a distância entre obstáculos.

Além disso, a montadora adicionou nova função ao sistema Toyota Safety Sense (TSS), por meio do sistema de pré-colisão frontal (PCS), que passou a detectar também pedestres e ciclistas.

A função estará habilitada somente na versão SRX – única com TSS de série na linha.

Saídas de ar-condicionado para os passageiros do banco traseiro. Foto: Amauri Yamazaki

O sistema TSS é complementado pelas funções: Controle de Cruzeiro Adaptativo (ACC) e Sistema de Alerta de Mudança de Faixa com condução assistida (LDA).

Contudo, esses sistemas são projetados para auxiliar o motorista e não para substituí-lo.

Distância entre-eixos de 3.085 mm e pneus 265/60 R18. Foto: Amauri Yamazaki

Motor

De acordo com a montadora, o motor 2.8, 16V, ganhou 15% de potência totalizando 204 cv a 3.400 rpm.

Além disso, o torque com a transmissão automática de 6 velocidades sequencial também cresceu 11%, com 50,9 kgfm a 2.800 rpm.

O novo patamar de desempenho foi realizado com a incorporação de um turbo maior, no qual as pás da turbina são 25% maiores.

Motor 4 cilindros, 2.8, 16V, turbo diesel com 204 cv de potência consumiu 11,0 km/l na cidade e 12 km/l na estrada. Foto: Amauri Yamazaki

Garantia

Todos os veículos Toyota têm garantia de 5 anos ou 150.000 km (o que ocorrer primeiro).

Altura de 1.815 mm e ângulo de saída de 26º. Foto: Amauri Yamazaki

Suspensão

Dianteira: Independente, braços duplos triangulares, molas helicoidais e barra estabilizadora.

Traseira: Eixo rígido, molas semielípticas de duplo estágio.

A picape Hilux tem a menor desvalorização no segmento. Foto: Amauri Yamazaki

Freios

Dianteiro: Discos ventilados com ABS e EDB (distribuição eletrônica de frenagem) e BAS (assistência de frenagem de emergência).

Traseiro: Tambor com ABS, EDB e BAS.

Cores

Prata metálico, Vermelho metálico, Preto mica, Super branco e Branco perolizado (SRX).

Luzes de freio em LED e capacidade de carga de 1.000 kg. Foto: Amauri Yamazaki

Peso Bruto Total: 3.090 kg

O que a Hilux tem:

A princípio, conta com praticamente tudo o que um proprietário necessita de uma picape média.

O que falta na Hilux:

Indicador de ponto cedo nos retrovisores externos.

Espelhamento de smartphone sem cabo.

Mais uma entrada USB no painel dianteiro (só tem uma).

Preço mais acessível já que é produzida na Argentina.

A Hilux é uma picape que o proprietário não precisa anunciar para vender. Foto: Amauri Yamazaki

Conclusão:

Apesar dos esforços da concorrência continua sendo a melhor picape média do segmento.

Soleira para ajudar a entrar e a sair da picape. Foto: Amauri Yamazaki

Andamos na Toyota Hilux SRX diesel 2022.

 

COMPARTILHAR

14 Comentáros

  1. HEWERTON+LUIZ+DE+OLIVEIRA Responder

    Um lindo carro
    Luxuoso e muito confortável
    Painel de bordo muito lindo parabéns

  2. Se vc quer pilotar um veículo igual ao conforto de Boeing…apesar do valor de revenda que tem segurança conforto compre uma Hilux.

  3. Se vc quer pilotar um veículo igual ao conforto de Boeing…apesar do valor de revenda que tem segurança conforto compre uma Hilux.

  4. Antonio Barbosa dos Santos Responder

    Realmente luxuoso e moderno!!
    Preço salgado, mas a Toyota entrega o que promete!!

  5. Lindo carro, espaçoso , excelente motor e design. Mas infelizmente os preços que estão saindo não estão condizente com a realidade.

Escreva um comentário