Novo motor turbo com 185 cv, central multimídia com 8,4 polegadas e equipamentos de assistência à direção.

Jeep Renegade Longitude 1.3 turbo flex.

Andamos no Renegade Longitude versão 2022 que incorporou melhorias importantes para enfrentar a concorrência.

O Renegade possui a carroceria mais robusta do segmento e com o novo motor 1.3 turbo flex (do Compass) ficou mais prazeroso de dirigir.

Além disso, a montadora caprichou bastante no sistema multimídia de 8,3 polegadas equipado com um dos melhores softwares de conectividade para espelhamento de smartphone sem fio.

Design único do Renegade ganhou novas rodas de 18 polegadas. Foto: Amauri Yamazaki

Design

Com design icônico seu estilo foi reforçado com novos faróis circulares em Full LED (em todas as versões) com luz de direção integrada. Ao acionar o pisca-pisca a luz diurna branca do farol dianteiro passa a ficar amarela.

O para-choque frontal ficou mais robusto, com linhas cruzando a peça horizontalmente e emoldurando os novos faróis auxiliares em LED.

O conjunto recebeu uma peça na parte inferior, que destaca a dianteira e prepara o olhar para uma inédita leitura da icônica grade com 7 fendas.

Faróis Full LED e faróis de neblina também em LED na versão 2022. Foto: Amauri Yamazaki

Interior

Ganhou novo volante (do Compass e Commander) revestido em couro, o Renegade vem equipado com 6 airbags, além do nova tela multimídia de 8,4 polegadas. A conectividade é rápida e obedece aos comandos do condutor com agilidade superior a maioria dos concorrentes.

Novo volante, painel de instrumentos digital configurável e central multimídia de 8,4 polegadas com conexão sem fio. Foto: Amauri Yamazaki
Tela multimídia de 8,4 polegadas facilita leitura dos mapas. Foto: Amauri Yamazaki

Novo apoio de braço central e bancos em couro na cor marrom na versão testada. Sistema de ar-condicionado digital de 2 zonas e carregamento de celular sem fio e detector de fadiga.

Bancos com revestimento em couro na cor marrom (opcional a R$ 1.275,00). Foto: Amauri Yamazaki
O espaço para passageiros do banco traseiro é um pouco justo faltando uns 4 cm a mais para as pernas. Foto: Amauri Yamazaki

Segurança e conforto

Todas as versões foram equipadas com diversos itens de segurança e auxílio à condução. O destaque fica pela frenagem autônoma de emergência (AEB), que faz um monitoramento contínuo do tráfego à frente. Quando é detectado o risco de colisão com outros veículos, o Renegade emite um alerta sonoro e visual ao motorista. A princípio, se não houver nenhuma ação, o sistema aciona automaticamente os freios do Renegade, reduzindo o impacto da colisão ou até impedindo uma batida.

De acordo com a montadora, esse recurso é possível graças a uma câmera posicionada na parte superior do para-brisas. Esse mesmo dispositivo permite a inclusão de outros sistemas, como o assistente de manutenção de faixa (LKA). Eles fazem a leitura da sinalização horizontal da via e fazem correções no volante para alertar o motorista que o veículo está invadindo as faixas laterais.

Distância entre-eixos é de 2570 mm e nova cor Azul Jazz metálica. Foto: Amauri Yamazaki

Além disso, a segurança é reforçada pelo detector de fadiga, de série em todas as versões. Ele analisa diversos parâmetros do veículo, incluindo o tempo de viagem, e sugere ao condutor uma parada para descanso sempre que é identificado o risco de sonolência ao volante.

O monitor de veículos no ponto cego (BSM) usa sensores nas laterais do Renegade para alertar o motorista, por meio de luzes nos retrovisores, da presença de carros ao redor em pontos que podem não ser vistos pelo condutor.

Novas rodas de 18 polegadas e pneus 225 / 55 R18 – Bridgestone

O Renegade vem equipado com leitor de placas e carregador de celular sem fio.

Motor

Dianteiro, transversal, 1.3 turbo, flex, batizado de T270 atinge 185 cv de potência com etanol e 185 cv com gasolina. O torque é de 27,5 kgfm disponível desde os 1.750 rpm.

Para a versão Longitude, a tração é dianteira, 4,2 e o câmbio automático de 6 velocidades com borboletas atrás do volante.

Consumo: Durante o período de avaliação o consumo foi de 7,0 km/l na cidade de São Paulo com etanol.

Motor 4 cilindros, 1.3, turbo, flex com 185 cv de potência com etanol. Foto: Amauri Yamazaki
Lanternas traseiras ganharam nos distribuição de iluminação. Foto: Amauri Yamazaki

Design do Renegade permanece atrativo.

O porta-malas tem capacidade para 385 litros conforme a nova metodologia de medição adotada pela montadora. Foto: Amauri Yamazaki

O Renegade é oferecido em 7 cores: Granite Crystal, Cinza Sting, Punk’N Orange (versão Trailhawk), Branco Polar, Prata Billet, Azul Jazz e Preto Carbon.

O que falta no Renegade Longitude:

Sensor automático dos faróis (sensor crepuscular).

O Renegade é sucesso de vendas desde o seu lançamento tendo comercializado mais de 400.000 unidades no Brasil. Foto: Amauri Yamazaki

Ficha Técnica Renegade 2022

Motor: Dianteiro, transversal, 4 cilindros em linha, 1.332 cm³, turbo, flex.
Potência: 185 cv com etanol e 180 cv com gasolina.
Torque: 27,5 kgfm a 1.750 rpm.
Alimentação: Injeção direta.
Transmissão: Aut. de 6 velocidades + ré.
Tração: Dianteira.
Suspensão Dianteira: McPherson com rodas independentes, braços oscilantes com geometria triangular.
Suspensão Traseira: McPherson com rodas independentes, links transversais e barra estabilizadora.
Direção: Pinhão e cremalheira.
Rodas: 18 polegadas em alumínio.
Pneus: 225/55 R 18 – Bridgestone.
Peso: 1.476 kg.
Capacidade de carga: 400 kg.
Comprimento: 4.268 mm.
Largura: 1.805 mm.
Distância entre-eixos: 2.570 mm.
Ângulo de entrada: 22º.
Ângulo de saída: 32º.
Volume do porta malas: 385 litros.
Tanque de combustível: 55 litros.
Desempenho: 0 a 100 km/h em 8,9 segundos com gasolina e 8,8 segundos com etanol.

Versão intermediária Longitude é uma das mais comercializadas. Foto: Amauri Yamazaki

Jeep Renegade Longitude 1.3 turbo flex.

 

COMPARTILHAR

36 Comentáros

  1. Francisco Edvando

    Gostei muito do novo renegade, o painel ficou lindo o volante do compass caiu como uma luva no renegade.
    Novos faróis. As rodas 18. Farol de LED.
    Eu já fiz o teste eu gostei muito.

  2. Não sou mto fã do jeep renegade. Por falta de espaço no interior. Mas esse modelo ficou bonito.

  3. WESLEY NASCIMENTO

    Estão caprichando cada vez mais , com esses bancos de couro então ficou lindo

  4. Paulo Roberto Manzieri

    A marca Jeep é tradicional, desde do século passado e a personalidade de robustez e força.
    O modelo em questão é um auto compacto com tecnologia nova, para um público com idade nova e média para quem não se importa com espaço interno entre os passageiros.
    Não deixa nada a desejar.

    • CARLOS+A+FERRACINA

      O carro está muito lindo, com uma frente imponente sem dizer do motor turbo de 185cv

      • Revista HG

        É o mais potente da categoria e com etanol faz 7,1 km/l na cidade.

      • Carlos marra

        Carro sensacional. com essas atualizações tecnológicas. Um carro seguro. Confortável . Um carro que dá prazer ao dirigir

        • Gostei muito principalmente da dianteira bastante chamativa,interior muito bonito,bancos de couro lindos e volante perfeito.
          Modelo está maduro e é ainda muito desejável

  5. GIANCARLO ESCOBAR PIRRO

    Ficaram bem interessantes as mudanças, mas o principal, o motor, mudou da água pro vinho. Não bebe tão menos assim que o e torq, mas pelo menos anda muito bem. Na categoria volta a ganhar muita força com todas essas mudanças , frente aos concorrentes.

  6. Eduardo Ruiz

    Carro continua apaixonante, mesmo que atrasado em alguns recursos perante os seus concorrentes é um dos menores porta malas do segmento, o fato de ser um JEEP o faz chamar a atenção!
    Essa nova motorização o coloca na liderança na escolha do modelo na hora da compra.