Fundação Toyota discute os desafios dos negócios sustentáveis em encontro da CNI no Rio de Janeiro

COMPARTILHE

Nesta quinta-feira (22), Ricardo Bastos, presidente da Fundação Toyota do Brasil, participou junto a empresários e especialistas brasileiros e estrangeiros de um debate sobre os desafios e as oportunidades para a indústria sobre os valores éticos e socioambientais. O encontro fez parte da quinta edição do CNI Sustentabilidade, encontro promovido pela Confederação Nacional da indústria (CNI), no Rio de Janeiro.

No painel, intitulado A influência dos valores socioambientais nos padrôes de produção e consumo, foram debatidas tendências de mercado com a inserção de aspectos éticos e relativos à sustentabilidade, como respeito a comunidades e Conservação do meio ambiente.Â

Foram discutidos os exemplos de como a indústria pode transformar seus negócios, criar novos modelos rentáveis a partir da globalização e democratização das novas tecnologias em busca do desenvolvimento sustentável. Entre os vários modelos de democratização, Boyd Cohen, especialista em empreendedorismo, inovação e cidades inteligentes, salientou um recente exemplo da indústria automotiva, a liberação de cinco mil patentes de veículos movidos a hidrogênio por parte da Toyota. A empresa que divide com o mercado as soluções tecnológicas para dilemas da sociedade moderna estão um passo á frente. Pois essa estrAtégia vai fazer com que outras empresas trabalhem para criar infraestrutura necessária e acessibilidade para este tipo de tecnologia em diferentes partes do mundo, globalizando e democratizando, comenta.

Ricardo Machado Bastos ressaltou no debate que o poder da indústria na educação e no engajamento das comunidades é fundamental para o desenvolvimento das comunidades. Investir na Conservação ambiental, na formação de cidadãos e em tecnologias transformadoras é prezar pela biodiversidade. É essencial que a indústria perceba sua responsabilidade no crescimento sustentável. Vamos continuar dividindo com a sociedade nossos ensinamentos em busca de uma sociedade harmoniosa e equilibrada, explicou.

O segundo painel, O Papel do Mercado na Valorização das Florestas e da Biodiversidade, discutiu os desafios e as oportunidades para o Brasil no uso sustentável e Conservação de florestas e da biodiversidade.

Foi também divulgada a pesquisa Retrato do uso sustentável de recursos da biodiversidade para a indústria brasileira, realizada com 120 executivos de pequenas, médias e grandes empresas. O levantamento mostra o grau de atenção das empresas ao uso sustentável da biodiversidade, tipos de práticas de Conservação de biodiversidade e os desafios para o Brasil aproveitar seu potencial nesse mercado.

ricardo_bastos_a
icardo Machado Bastos presidente da Fundação Toyota do Brasil.

 

 

Deixe uma resposta

*