Brasil comemora 111 Anos da Imigração Japonesa no Brasil

Jardim típico japonês com carpas ornamentais. Divulgação

COMPARTILHE

Foi em 18 de junho de 1908, que o navio Kasato Maru atracou em Santos com os primeiros 781 imigrantes japoneses.

São Paulo – SP

O Brasil é um país especial. Além de ser a maior potência econômica e demográfica da América do Sul, o país tornou-se lar permanente de diversos imigrantes japoneses, italianos, alemães, espanhóis e de outras nacionalidades, que escolheram o país como lar permanente para as suas famílias.

O Brasil é hoje a maior comunidade japonesa do mundo após o Japão, com aproximadamente 3 milhões de descendentes vivendo e trabalhando no país.

No decorrer desta jornada, nipo-brasileiros têm contribuído para o desenvolvimento do Brasil em diversas áreas, fortalecendo as relações econômicas, humanitárias e científicas entre o Brasil e o Japão.

Uma das contribuições está na alimentação, onde a cultura japonesa incentivou o consumo de peixe, que não eram comum principalmente nas regiões Sul e Sudeste, onde na alimentação predominava a carne praticamente em todos os dias nas refeições dos brasileiros.

Imigração japonesa influenciou os hábitos de alimentação dos brasileiros. Divulgação

Com a proliferação de restaurantes japoneses, o consumo de peixe duplicou no hábito alimentar do brasileiro, proporcionando uma proteína menos gordurosa em nossa dieta.

Outra grande contribuição bastante visível está na indústria de motocicletas e automóveis, que contribuem para o desenvolvimento econômico e industrial do Brasil, gerando empregos, impostos e trazendo divisas com as exportações.

As montadoras de motocicletas japonesas possuem juntas, 90% de participação no mercado de duas rodas, sendo que só a Moto Honda da Amazônia, possui 80% do mercado brasileiro.

Na área de automóveis, são cinco montadoras japonesas com fábricas no Brasil, não tendo nenhuma outra nacionalidade, o mesmo número de montadoras instaladas no país.

Fábrica de automóveis da Honda em Itirapina no interior de São Paulo é de grande porte. Honda

Toyota, Honda, Nissan, Mitsubishi e Suzuki, fabricam automóveis e SUVs, que são exportados principalmente para Argentina, Chile, Colômbia e Paraguai.

Honda Fit é um dos cinco modelos de automóveis produzidos no Brasil, todos no Estado de São Paulo. Divulgação

O Japão é o segundo país com maior volume de financiamento ao governo brasileiro, ficando atrás somente dos EUA. A maior parte dos financiamentos japoneses destina-se ao desenvolvimento da infraestrutura do país.

No ensejo deste ano comemorativo, o Bunkyo (Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa) a Embaixada do Japão no Brasil, o Consulado do Japão e a comunidade Nikkei, criaram uma programação visando celebrar a data.

Em 2019, o Japão passou a ter um novo Imperador. Divulgação

 

PROGRAÇÃO DOS 111 ANOS DA IMIGRAÇÃO JAPONESA NO BRASIL

Missa em Ação de Graças à Memória dos Imigrantes Japoneses Precursores

Data/hora: 18 de junho (terça), às 8h

Local: Igreja São Gonçalo (Praça Dr. João Mendes, 108, Centro – São Paulo-SP)

Realização: Bunkyo e PANIB – Pastoral Nipo-Brasileira

 

Culto em Memória aos Pioneiros da Imigração Japonesa

Data/hora: 18 de junho (terça), às 10h30

Local: Ireihi (Parque Ibirapuera – São Paulo-SP)

Realização: Kenren e Butsuren

 

Grande Culto Budista em Memória dos Imigrantes Japoneses

Data/hora: 18 de junho (terça), às 14h

Local: Auditório do Bunkyo (Rua São Joaquim, 381 – Liberdade – São Paulo-SP)

Realização: Bunkyo e Butsuren

 

Bunkyo Cinema exibe: De mim para você (filme japonês legendado em português)

Data/hora: 5 de junho (quarta), às 13h

Local: Grande Auditório do Bunkyo

Rua São Joaquim, 381 – Liberdade – São Paulo-SP

Entrada franca (1.100 lugares) – Apoio: Fundação Japão em São Paulo

 

54º Festival de Música e Dança Folclórica Japonesa

Data/hora: 22 e 23 de junho (sábado e domingo), às 10h

Local: Grande Auditório do Bunkyo

Rua São Joaquim, 381 – Liberdade – São Paulo-SP

Entrada Franca (colabore doando 1 kg de alimento não perecível)

 

Homenagem aos Idosos Acima de 99 anos

Data/hora: 23 de junho (domingo), às 9h

Local: Grande Auditório do Bunkyo

Rua São Joaquim, 381 – Liberdade – São Paulo-SP

Entrada franca

 

Comemoração do Dia Internacional do Nikkei

Painel: Os legados de uma cultura (valores japoneses na sociedade brasileira)

Data/hora: 25 de junho (terça), às 19h

Local: Edifício Bunkyo

Rua São Joaquim, 381 – Liberdade – São Paulo-SP

Realização: Bunkyo Apoio: JCI e Sociedade Brasileira de Gestão do Conhecimento

 

89º Concerto Bunkyo aos Domingos

Data/hora: 30 de junho (domingo), às 11h

Local: Pequeno Auditório do Bunkyo

Rua São Joaquim, 381 – Liberdade – São Paulo-SP

Entrada franca (colabore doando 1 kg de alimento não perecível)

 

23º Sakura Matsuri – Festival das Cerejeiras Bunkyo

Data/hora: 6 e 7 / 13 e 14 de julho (sábados e domingos), das 10h às 17h

Local: Centro Esportivo Kokushikan Daigaku (Rod. Bunjiro Nakao Km 48)

Estrada do Carmo, 801 – Bairro do Carmo – São Roque-SP

Entrada franca (contribuição por veículo R$ 30,00)

 

22º Festival do Japão

Data/hora: 5, 6 e 7 de julho (sexta a partir das 11h | sábado e domingo, a partir das 9h)

Local: São Paulo Expo Exhibition & Convention Center

Rod. dos Imigrantes, km 1,5 – São Paulo-SP

Realização: Kenren

Deixe uma resposta

*