Candidato a presidência da república João Amoedo, declara patrimônio de R$ 425 milhões

Divulgação

COMPARTILHE

Maksoud banner

O candidato pelo Partido Novo, o carioca João Dionísio Barreto Amoedo (55), foi destaque após declarar seu patrimônio a Justiça Eleitoral.

São Paulo – SP

Durante esta semana o que mais chamou a atenção entre todos os candidatos que concorrem a presidência da república, foi a divulgação do patrimônio do candidato do Partido Novo, João Amoedo.

João financia parte de sua campanha a presidência da república. Divulgação
João financia parte de sua campanha a presidência da república. Divulgação

Amoedo declarou possuir um patrimônio de R$ 425 milhões de reais, ultrapassand0 o patrimônio do ministro da fazenda, Henrique Meirelles, que declarou possuir um patrimônio ao redor de R$ 377 milhões.

O valor fez com que o discreto candidato ganhasse os holofotes e passasse a ser visto como um vencedor, já que construiu o seu patrimônio sozinho, sem herança.

Amoedo disse que fez ao mesmo tempo, faculdade de engenharia civil na RFRJ e administração de empresas na PUC do Rio, tendo obtido a graduação nas duas instituições em 1984, aos 22 anos.

Seu primeiro emprego após a formatura foi no banco Citibank, onde ingressou como gerente e foi promovido a gerente 3 anos após, aos 25 anos.

No ano seguinte foi para o banco de investimento BBA, onde chegou ao posto de diretor executivo, e em 1999 assumiu a diretoria da Fináustria, a financeira da instituição. A financeira apresentava dificuldades financeiras e sob a gestão de Amoedo passou a dar lucro, onde Amoedo passou a ser um dos sócios.

Quando o Itaú comprou o BBA, Amoedo que detinha pouco mais de 20% das ações da Finástria, ganhou uma bolada, iniciando aí sua fortuna.

João Amoedo com a esposa e as três filhas. Foto: Divugação
João Amoedo com a esposa Rosa Helena Nasser Amoedo natural de Campo Grande – MS e as três filhas. Foto: Divugação

Posteriormente foi para o Unibanco em 2004 como vice-presidente, passando depois para ocupar um cargo no Conselho de Administração do banco. Em 2008 o Itaú comprou o Unibanco, onde Amoedo também conquistou um lugar no conselho de administração da do Itaú-Unibanco, o maior banco da América do Sul.

João abandonou o cargo no conselho de administração do Itaú-Unibanco em 2015, para se dedicar ao Partido Novo criado em 2011 e atualmente presidido por Ricardo Taboaço.

O candidato a presidência do Partido Novo é um atleta tendo participado de 6 ironmans, prova em que o participante tem de correr 42 km, pedalar 180 km e nadar 3,8 km.

DECLARAÇÃO DE BENS DE JOÃO AMOEDO – AGOSTO 2018

Aplicação em CDB, RDB e outros: R$ 217.538.262,19 (51,2%)

Quotas ou quinhões de capital: R$ 120.223.573,67 (28,3%)

Fundo de Longo Prazo e Fundos de Investimento: R$ 44.267.410,59 (10,4%)

Apartamento – Imóvel: R$ 16.478.874,02 (3,9%)

Fundos de: Ações, Mútuos, Participação: R$ 11.063.444,34 (2,6%)

Casa – Imóvel: R$ 6.456.171,49 (1,5%)

Embarcação / Iate: R$ 4.125.245,00 (1,0%)

Joias, quadros, obras de arte: R$ 1.173.645,00 (0,3%)

Terrenos: R$ 1.021.146,63 (0,2%)

Crédito de Empréstimo: R$ 780.000,00 (0,2%)

Automóveis: R$ 621.000,00 (0,1%)

Sala ou Conjunto: 504.800,00 (0,1%)

Outros Bens ou Direitos: R$ 390.000,00 (0,1%)

Título de Clube e Assemelhado: R$ 350.858,89 (0,1%)

Caderneta de Poupança: R$ 59.552,61 (0,0%)

Conta Corrente no Brasil: R$ 9.402,19 (0,0%)

Ações: R$ 1.298,84 (0,0%)

VALOR TOTAL: R$ 425.066.985,46 (100%)

2018_07_31_Banner_Revista_HG_850x200px

1 comments

Deixe uma resposta

*