Chevrolet Cobalt Elite 2019 apresenta boa relação custo benefício

O coeficiente de penetração aerodinâmica é de 0,33 (Cd). Design permanece o mesmo. Foto: Amauri Yamazaki

COMPARTILHE

Espaço interno, amplo porta-malas, mecânica confiável, conectividade MyLink para Android Auto & Apple Car Play e sistema OnStar com navegação, estão entre os principais atrativos do modelo

São Paulo – SP

Andamos com o Cobalt Elite automático 2019, sedã topo de linha conhecido pelo amplo espaço interno, maior porta malas do segmento (563 litros) e pelo exclusivo sistema OnStar, que avisa o motorista do dia e do horário do rodízio e para o motorista para olhar no banco traseiro para verificar se não esqueceu nada dentro do carro (há casos de motoristas esquecerem crianças e animais no banco traseiro).

Estes atributos fazem com que o modelo seja um dos preferidos pelos taxistas e motoristas autônomos para uso profissional e para famílias que necessitam de espaço.

A versão Elite tem a mais que a versão LTZ: banco traseiro bipartido e rebatível, sensor crepuscular, faróis de neblina com anéis cromados, câmera de ré e rodas de alumínio 15 polegadas.

Porém, o veículo é desejado também para as famílias de olho no espaço do Cobalt, principalmente para as viagens.

Abertura das portas e teto amplo proporcionam sensação de conforto. Detalhes cromados dão um ar de sofisticação ao modelo. Elite vem com pneus Michelin 195/65/15. Foto: Amauri Yamazaki
Placa Elite colada na parte de baixo da porta dianteira. Foto: Amauri Yamazaki

A Chevrolet foi uma das primeiras montadoras do Brasil a investir forte na conectividade com os smartphones através do sistema MyLink, que tiveram uma grande aceitação e alavancaram as vendas da empresa.

O sistema de conectividade da Chevrolet é um dos mais fáceis e eficientes do segmento, devido ao fácil manuseio e a rapidez de resposta do sistema. Outras montadoras possuem um sistema de conectividade lento e de difícil manuseio, se comparado aos modelos Chevrolet.

Com ele é fácil parear e desparear o smartphone, além de utilizá-lo para atender as ligações telefônicas durante as viagens.

A tecnologia exclusiva Mylink Chevrolet permite comandar diversas funções do veículo por aplicativo para smartphone e oferece serviços como o de resposta automática em caso de acidente.

Velocímetro digital e volante com comandos na versão Elite. Foto: Amauri Yamazaki

Na linha 2019, não há muitas novidades. O motor 4 cilindros flex, 1.8, SOHC, com 111 cv de potência (Elite) com etanol e 17,7 mkgf de torque, aliado ao câmbio automático de 6 velocidades, faz com que o carro tenha uma boa agilidade no trânsito. Na versão LTZ, a potência do motor é de 106 cv com etanol.

O sistema de injeção é eletrônica M.P.F.I.

O Cobalt vai de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos e a velocidade máxima é de 175 km/h.

No período de avaliação o modelo fez uma média de 10,7 km/l na cidade com gasolina, uma excelente marca para um motor 1.8 aspirado.

No período de avaliação o Cobalt Elite fez uma média de 10,7 km/l na cidade abastecido 100% com gasolina. Foto: Amauri Yamazaki

A mecânica do Cobalt não é das mais modernas, porém desde de 2017 ficou mais ágil e econômico e te, preço de manutenção acessível, sem surpresas para o proprietário.

O isolamento acústico e a suspensão confortável do Cobalt contribuem para a sensação de bem estar de todos os ocupantes.

Por dentro, revestimento dos bancos e do volante multifuncional, enquanto as dimensões das portas e os ângulos de abertura facilitam o acesso ao interior do veículo. Ar-condicionado analógico, painel com velocímetro digital, computador de bordo e controle de cruzeiro, além de câmera de ré e aviso sonoro de distância no para-choque traseiro proporcionam segurança para o condutor.

Por fora, o Cobalt Elite é caracterizado pelos faróis e lanternas de neblina, pelos acabamentos cromados, pelas rodas de alumínio aro 15 polegadas e pelo emblema “Elite” na base da porta dianteira. O Cobalt Elite vem com pneus Michelin 195/65/15.

Bom espaço para as pernas para os passageiros do banco traseiro. Foto: Amauri Yamazaki

Ajustes elétricos para os retrovisores externos e para os vidros e travas, que podem ser comandados também por meio da chave.

Design sóbrio e rodas de 15 polegadas com pneus Michelin 195/65/15. Foto: Amauri Yamazaki

FREIOS

A disco ventilado na dianteira e a tambor na traseira.

A garantia do Cobalt é de três anos.

A Chevrolet está ampliando a oferta de produtos para à isenção de impostos para pessoas com deficiência e seus familiares.

A montadora produz nova configuração de entrada do Cobalt equipada com motor 1.8 Flex, transmissão automática de 6 velocidades e outros itens como a direção com assistência elétrica e o multimídia MyLink com Apple CarPlay e Android Auto.

TABELA DE PREÇO

Cobalt LTZ: R$ 67.790,00

Cobalt Elite: R$ 77.890,00

O Chevrolet Cobalt foi o 33º automóvel mais vendido do Brasil em 2018, segundo ranking de emplacamentos da Fenabrave. Modelo ficou a frente do Toyota Etios Sedan (34º), Honda City (40º) e Toyota Yaris Sedan (43º). Foto: Amauri Yamazaki

Porta-malas com 463 litros é um dos principais atrativos do modelo. Foto: Amauri Yamazaki

Detalhes cromados valorizam o modelo. Foto: Amauri Yamazaki

 

Deixe uma resposta

*