Dólar alto faz a Gol ter prejuízo bilionário no 2 segundo trimestre

Divulgação

COMPARTILHE

2018_07_31_Banner_Revista_HG_850x200px

A companhia aérea informou nesta quinta-feira (2), um prejuízo de R$ 1,3 bilhão no 2o trimestre de 2018

São Paulo – SP

A Gol informou hoje ao mercado um prejuízo líquido após a participação minoritária de R$ 1,326 bilhão, decorrente principalmente da alta do dólar frente ao real. Como o leasing dos aviões e as peças de manutenção são importadas, quando o dólar apresenta alta, a companhia sofre grandes perdas, já que a maioria de sua receita é em real.

O prejuízo representa um aumento de 177,6% em relação ao mesmo período de 2017.

Paulo Kakinof - presidente da Gol. Divulgação
Paulo Kakinof – presidente da Gol. Divulgação

A margem líquida após a diluição dos minoritários ficou em – 56,3%.

Porém, não foi só o dólar que  prejudicou a companhia.

A situação econômica brasileira também tem seu peso no resultado.

De acordo com Paulo Kakinof, presidente da Gol, “A tradicional baixa temporada em viagens áreas no Brasil foi particularmente desafiadora pela apreciação acelerada do dólar americano frente ao real e pela ruptura no equilíbrio de oferta da indústria que impactou a demanda do transporte aéreo”.

A companhia aérea terminou o trimestre com 119 aviões. A taxa de ocupação no mercado nacional ficou em 79,1% e nas viagens internacionais em 68,8%.

Apesar do prejuízo, a Gol manteve a estimativa de crescimento este ano entre 1 e 2% e entre 5 e 10% para 2019.

 

agosto 18

Maksoud banner

 

 

 

Deixe uma resposta

*