GRANDE PRÊMIO BRASIL DE F-1

COMPARTILHE

Nico Rosberg vence de ponta a ponta e conquista o vice-campeonato de pilotos. Lewis Hamilton chega em segundo e Sebastian Vettel em terceiro. Felipe Massa da Williams chegou na oitava posição, mais foi desclassificado após a prova.

Amauri Teruo Yamazaki – São Paulo – SP

 

 

1 - Dez 16-1

Em uma corrida sem chuva, sem acidentes e sem grandes disputas, o alemão Nico Rosberg da Mercedes, largou na pole position e venceu o GP Brasil de F-1. Com o resultado assegurou o vice-campeonato de pilotos, somando cinco vitórias nesta temporada.

Rosberg dominou todo o final de semana do GP Brasil, tendo feito o melhor tempo em todos os treinos. Largando na pole, Rosberg não foi ameaçado pelo seu companheiro de equipe Lewis Hamilton, e obteve a sua segunda vitória consecutiva em Interlagos.

Sebastian Vettel da Ferrari terminou na terceira posição, com o seu companheiro de equipe Kimi Raikkonen em quarto.

Rosberg largou bem e não deu chances para Hamilton, que tentou pressionar o companheiro de equipe, mas terminou em segundo. Com este vitória, Rosberg pareceu recuperar a confiança, após perder o campeonato de pilotos para Hamilton, pelo segundo ano consecutivo.

Andando forte, Rosberg evitou que Hamilton utilizasse a asa traseira móvel para tentar ultrapassá-lo durante boa parte da corrida.

Em uma prova sem grandes disputas, Verstappen foi o destaque ao arriscar e ultrapassar Perez por fora no S do Senna, pouco antes de Vettel inaugurar a segunda rodada de paradas.

Os brasileiros tiveram uma corrida discreta e não conseguiram evoluir durante a prova. Felipe Nasr da Sauber terminou na décima quarta posição e Felipe Massa da Williams em oitavo, mas acabou sendo desclassificado após o final da prova, devido a uma irregularidade na temperatura e pressão do pneu traseiro.

gp-brasil_page_2

 

gp-brasil_page_3

 

 

Deixe uma resposta

*