Honda inicia os testes da pré-temporada de F-1 na Espanha

Honda Racing vai fornecer motores para duas equipes de F-1 a partir desta temporada. Divulgação

COMPARTILHE

Este ano além da Toro Rosso a Honda vai equipar a equipe Red Bull terceira força da categoria

São Paulo – SP

Em preparação para o Campeonato Mundial de Fórmula 1 de 2019, os principais times da F1 programaram os primeiros testes de pré-temporada, entre os dias 18 e 21 de fevereiro e de 26 de fevereiro à 1º de março.

Somente a equipe Williams não deverá participar da primeira fase de testes, pois o projeto do carro deste ano sofreu atraso devido aos problemas financeiros da equipe.

Os testes estão sendo realizados no Circuito Barcelona na Espanha.

Este ano, pela primeira vez na era híbrida, a Honda está fornecendo motores para duas equipes, dando continuidade à Scuderia Toro Rosso e também fornecendo a Red Bull Racing.

No curto período de tempo desde o final da temporada passada, a Honda evoluiu bastante o motor para estabelecer uma estrutura ampliada para lidar com o fornecimento de duas equipes.

A temporada deste ano tem início no dia 17 de março com o GP da Austrália.

Franz Tost, diretor da equipe Red Bull Toro Rosso Honda
“Foi uma ótima decisão mudar para a Honda no ano passado, sendo o início do que esperamos ser um longo relacionamento. Mesmo em nossa primeira temporada juntos, a cooperação entre nós tem sido incrível. Se há algo que você não pode comprar na Fórmula 1, é o tempo, e o avanço que eles demonstraram em apenas um ano reflete o enorme compromisso no projeto conosco. Levando em conta a qualidade das sinergias com a Red Bull Technology, a crença em nosso alto nível de conhecimento técnico interno, a impressionante trajetória de desenvolvimento que a Honda demonstrou até agora, e nosso forte equilíbrio de jovens pilotos, me faz sentir confiante de que disputaremos, com força, uma posição intermediária no campeonato. ”

Scuderia Toro Rosso STR14 fez os melhores tempos na primeira fase de testes com o piloto russo Daniil Kyvat. Red Bull Content Pool

Christian Horner, diretor da equipe Aston Martin Red Bull Racing
“Uma mudança de fornecedor de motores representa uma alteração significativa para uma equipe, mas estamos animados e otimistas em relação ao futuro. Na Honda, sentimos que nos unimos a um parceiro cuja paixão pela competição e pelo desafio técnico da Fórmula 1 se iguala à nossa. É extremamente encorajador ver nossos designers e engenheiros trabalhando de forma colaborativa com os da Honda e existe uma abordagem verdadeiramente integrada entre o chassi e o motor. Houve um esforço colossal de ambos os lados durante o inverno e progresso foi feito em todas as frentes. Também temos o benefício da Red Bull Technology trabalhando com a Honda e a Toro Rosso no sistema de transmissão nos últimos 12 meses, o que ajudou significativamente o processo de integração. No entanto, ninguém fica parado na Fórmula 1 e apesar do progresso estar sendo feito, o teste real vem quando nos medimos contra nossos oponentes. Receberemos ainda informações sobre o nosso desempenho durante os testes, mas somente será possível visualizar quanto progresso foi feito após duas ou três corridas na temporada. O objetivo é ser mais consistente em todos os tipos de circuitos e esperamos que com mais potência do que no ano passado, seremos capazes de reduzir a distância para nossos rivais. Se conseguirmos isso, sabemos que temos uma equipe – na pista e na fábrica – capaz de entregar vitórias e, finalmente, campeonatos. No entanto, temos de ser realistas quanto ao caminho que temos pela frente e não esperamos o sucesso imediato – apesar de que eu ficaria feliz em recebê-lo! Haverá fins de semana de bom progresso, mas também, dados os parâmetros das regras do motor, haverá momentos em que encontraremos dificuldades também. No entanto, estamos confiantes de que o enorme potencial que vemos nesta parceria proporcionará progresso consistente “.

O holandês Max Verstappen e o francês Pierre Gasly serão os pilotos da Red Bull para a temporada 2019 da F-1. Foto: Red Bull Content Pool

Katsuhide Moriyama, diretor executivo de operações de marca e comunicação da Honda Motor Co.
“O início da temporada de Fórmula 1 está chegando e hoje começamos a parte final da nossa preparação, com o primeiro dos oito dias de testes no circuito de Barcelona. Este será um ano muito importante para a Honda, à medida que embarcamos na nossa quinta temporada, sob os atuais regulamentos de conjuntos motrizes. No ano passado, iniciamos uma nova parceria com a Scuderia Toro Rosso, com quem estabelecemos um ótimo relacionamento. Conseguimos alguns resultados encorajadores, o que demonstra que fizemos bons progressos. No entanto, o ano passado também mostrou que ainda havia uma lacuna entre nós e os principais fabricantes de conjuntos motrizes em termos de confiabilidade e desempenho. Este ano, também iniciamos uma nova parceria com a Aston Martin Red Bull Racing. Eles são uma das principais equipes e, por diversas vezes, campeões, por isso é natural sentirmos que estamos sob pressão crescente. No entanto, isso apenas nos inspirará a lutar para melhorar e alcançar resultados mais fortes com as equipes da Red Bull. Nossa prioridade para esta temporada é fechar a lacuna para os corredores da frente, com o objetivo de ajudar as duas equipes a obter melhores resultados do que no ano passado. Especificamente neste teste, teremos como objetivo coletar tantos dados quanto pudermos, para estarmos bem preparados para a primeira rodada na Austrália em meados de março. Finalmente, gostaria de agradecer aos nossos fãs por todo o apoio, na esperança de dar a eles mais bons momentos para celebrar este ano. Quero assegurar-lhes que estaremos nos esforçando ao máximo. ”

Max Verstappen e Pierre Gasly compõe a nova dupla de pilotos da Red Bull nesta temporada. Foto: Red Bull Content Pool.
O tetracampeão Sebastian Vettel já correu pela equipe Toro Rosso. Foto: Amauri Yamazaki

Deixe uma resposta

*