Lewis Hamilton vence em grande estilo o GP de Abu Dhabi

Lewis Hamilton com Fernando Alonso antes da largada. Foto: Paul Ripke - Mercedes

COMPARTILHE

Prova foi marcada pelas despedidas de Fernando Alonso, Marcus Ericsson e Sergey Sirotkin, além do acidente espetacular entre Nico Hulkenberg e Romain Grosjean

São Paulo – SP

A última prova do ano da Fórmula-1 tinha tudo para ser monótona com a superioridade das Mercedes, mas a emoção veio logo no meio da primeira volta.

O inglês pentacampeão do mundo encerrou o ano vencendo a prova sem dificuldade seguido pela Ferrari de Sebastian Vettel e pela Red Bull de Max Verstappen.

Na largada,  Hamilton manteve a primeira posição seguido por Bottas, Vettel e Raikkonen. Algumas curvas adiante, a Renault de Nico Hulkenberg recebeu um toque da Haas de Magnussen, saindo da pista e capotando em frente a câmera de TV até ficar sobre o guard rail.

Na largada os cinco primeiros do grid mantiveram as suas posições com Hamilton na liderança. Foto: Mercedes

O carro de Hulkenberg ficou de ponta cabeça com um princípio de incêndio na traseira, que foi logo controlado pelos fiscais de pista.

O medical car que vinha acompanhando o pelotão logo na primeira volta chegou rapidamente ao local do acidente que não teve nenhuma gravidade para o piloto.

O acidente provocou a entrada do safety car por três voltas até a relargada.

Em seguida, a Ferrari de Kimi Raikkonen que vinha em quarto apresentou problemas e forçou o finlandês a abandonar a sua última corrida pela Ferrari. Raikkonen vai correr nos próximos dois anos pela Sauber. O finlandês vinha bem na corrida perseguindo de perto o seu companheiro de equipe Sebastian Vettel.

O holandês Max Verstappen ficou na largada, pois segundo ele, o motor entrou em modo segurança logo após a largada não utilizando toda a potência do motor.

Algumas voltas depois o sueco Marcus Ericsson da Sauber abandonou a prova também com problemas no carro.

Logo no início da corrida, Lewis Hamilton trocou os pneus por supermacios e caiu para a quarta posição, retornando a ponta somente na volta 34, após a parada de Vettel, Ricciardo e Verstappen.

O finlandês Valtteri Bottas da Mercedes mais uma vez não parecia estar guiando uma Mercedes e terminou na quinta posição, a 47,8 segundos, do seu companheiro de equipe Lewis Hamilton.

Durante a corrida bons pegas como o de Max Verstappen e Esteban Ocon que quase se tocaram novamente na pista, com vantagem para Verstappen que tinha um carro muito mais estável nas curvas. Os dois rivais protagonizaram momentos de emoção e de quase acidente novamente na pista.

Com a vitória, Hamilton acumula 73 vitórias na categoria e a aposta é de que o inglês irá quebrar o recorde absoluto de vitórias de Michael Schumacher, com 91 vitórias.

Após a largada, Hamilton, Vettel e Alonso fizeram “zerinhos” na pista queimando os pneus e levantando um monte de fumaça na pista.

A Pirelli aproveitou para confirmar que será fornecedora oficial de pneus da categoria até 2023. A Pirelli que era italiana foi comprada por um grupo chinês em 2017.

A prova teve muitas celebridades no paddock como o ator norte-americano Will Smith, o rei Juan Carlos da Espanha e a princesa Charlene de Mônaco.

A Ferrari não conseguiu uma vitória em Abu Dhabi como prêmio de consolação. Foto: Mark Thompson-Getty Images

RESULTADO DO GP DE ABU DHABI DE F-1

Pos Piloto Carro Voltas Timpo Pts
1 Lewis Hamilton Mercedes 55 1:39:40.382 25
2 Sebastian Vettel Ferrari 55 +2.581s 18
3 Max Verstappen Red Bull TAG Heuer 55 +12.706s 15
4 Daniel Ricciardo Red Bull TAG Heuer 55 +15.379s 12
5 Valtteri Bottas Mercedes 55 +47.957s 10
6 Carlos Sainz Renault 55 +72.548s 08
7 Charles Leclerc Sauber Ferrari 55 +90.789s 06
8 Sergio Perez Force India Mercedes 55 +91.275s 04
9 Romain Grosjean Haas Ferrari 54 +1 volta 02
10 Kevin Magnussen Haas Ferrari 54 +1 volta 01
11 Fernando Alonso McLaren Renault 54 +1 volta 0
12 Brendon Hartley Toro Rosso Honda 54 +1 volta 0
13 Lance Stroll Williams Mercedes 54 +1 volta 0
14 Stoffel Vandoorne McLaren Renault 54 +1 volta 0
15 Sergey Sirotkin Williams Mercedes 54 +1 volta 0
16 Pierre Gasly Toro Rosso Honda 46 Não termin 0
17 Esteban Ocon Force India Mercedes 44 Não termin 0
18 Marcus Ericsson Sauber Ferrari 24 Não termin 0
19 Kimi Räikkönen Ferrari 06 Não termin 0
20 Nico Hulkenberg Renault 00 Não termin 0

CAMPEONATO MUNDIAL DE CONSTRUTORES

Posição Equipe Pontos
01 Mercedes  655
02 Ferrari  571
03 Red Bull Tag Heuer  419
04 Renault  122
05 Haas Ferrari  093
06 McLaren Renault  062
07 Force India Mercedes  052
08 Sauber Ferrari  048
09 Toro Rosso Honda  033
10 Williams Mercedes  007

CAMPEONATO MUNDIAL DE PILOTOS 2018

Pos Piloto País Carro Pts
01 Lewis Hamilton Inglaterra Mercedes 408
02 Sebastian Vettel Alemanha Ferrari 320
03 Kimi Raikkonen Finlândia Ferrari 251
04 Max Verstappen Holanda Red Bull Tag Heuer 249
05 Valtteri Bottas Finlândia Mercedes 247
06 Daniel Ricciardo Austrália Red Bull Tag Heuer 170
07 Nico Hulkenberg Alemanha Renault 69
08 Sergio Perez México F-India Mercedes 62
09 Kevin Magnussen Dinamarca Haas 56
10 Carlos Sainz Espanha Renault 53
11 Fernando Alonso Espanha McLaren Renault 50
12 Esteban Ocon França F- India Mercedes 49
13 Romain Grosjean França Haas Ferrari 35
14 Charles Leclerc França Sauber Ferrari 39
15 Pierre Gasly França Toro Rosso Honda 29
16 Stoffel Vandoorne Bélgica McLaren Renault 12
17 Marcus Ericsson Suécia Sauber Ferrari 09
18 Lance Stroll Canadá Williams Mercedes 06
19 Brendon Hartley Nova Zelândia Toro Rosso Honda 04
20 Sergey Sirotkin Rússia Williams Mercedes 01

Descontração de Hamilton no pódio de Abu Dhabi. Foto: Lars Baron/Getty Images
O ator norte-americano Will Smith é amigo pessoal de Lewis Hamilton. Foto:Steve Etherington
O ator Will Smith e seu filho foram uma das atrações da corrida – Foto: Paul Ripke

Muitas homenagens da Red Bull para Daniel Ricciardo na foto com o Team Principal Christian Horner e o Red Bull Racing Team Consultant Dr Helmut Marko. Foto: Mark Thompson-Getty Images.
O australiano Daniel Ricciardo esteve acompanhado de sua mãe Grace em Abu Dhabi. Foto: Charles Coates/Getty Images
Despedida da McLaren para Fernando Alonso. Foto: Steven Tee/McLaren
Fernando Alonso deu adeus a F-1. Será que ele volta, assim como fizeram Michael Schumacher e Kimi Raikkonen? Foto:Steven Tee-McLaren

Deixe uma resposta

*