Lewis Hamilton vence na China o milésimo Grande Prêmio da F-1

Lewis Hamilton tomou a ponta na largada. Mercedes AMG

COMPARTILHE

Inglês pentacampeão do mundo venceu seu 75º GP na F-1 e está a apenas 16 vitórias do recorde de Michael Schumacher

São Paulo – SP

Lewis Hamilton venceu na madrugada deste domingo o GP da China, terceira etapa do campeonato mundial de pilotos e construtores da F-1, que entrou para a história como a milésima corrida na categoria.

Antes da largada, a Liberty Media que desde 2017 assumiu o controle da F-1, fez uma cerimônia com pilotos, chefes de equipe e dirigentes para uma foto comemorativa.

Homenagem ao milésimo GP da F-1 antes da largada do GP da China. Mercedes

Na largada, Hamilton que havia feito o segundo tempo, tomou a ponta seguido por Bottas, Leclerc, Vettel e as duas Red Bull Honda.

Na terceira curva, a Toro Rosso de Daniil Kyvat tocou nas duas McLarens e o carro de Lando Norris deu  um salto na pista, tendo de ir para os boxes para reparos.

Apontada pela Mercedes como a favorita para vencer o GP da China devido as longas retas do autódromo de Shangai, a Ferrari chegou em terceiro com Sebastian Vettel, e em quinto com Charles Leclerc, que na décima primeira volta recebeu ordens da equipe para deixar Vettel passar.

As Mercedes fizeram dobradinha nas três primeiras corridas do ano, e neste ano, Valtteri Bottas apresenta uma performance superior ao dos anos anteriores, somando mais pontos para a equipe.

Quem se destacou bastante na corrida foi o tailandês Alexander Albon, da Toro Rosso Honda, que não participou do treino classificatório no sábado devido a uma batida e largou do pit lane neste domingo. O tailandês fez uma excelente corrida e terminou em décimo marcando 1 ponto para a equipe.

Outro destaque foi o australiano Daniel Ricciardo da Renault que não foi bem nas duas primeiras corridas do ano e terminou na sétima posição. Ricciardo deve estar surpreso com o bom desempenho da Red Bull com motor Honda, de onde saiu porque quis na temporada passada.

O piloto francês Pierre Gasly da Red Bull Honda fez uma boa apresentação neste domingo ao terminar na sexta posição e cravar a melhor volta da prova com 1 min34s742. Com a melhor volta o piloto ganhou 1 ponto no campeonato.

Max Verstappen da Red Bul Honda chegou na quarta posição. Mark Thompson – Getty Images

As McLarens terminaram em décimo quarto com Carlos Sainz e décimo oitavo com Lando Norris.

As duas Williams não tiveram uma boa performance e terminaram em décimo sétimo com Roberto Kubica e décimo sexto com George Russel.

Apesar da segunda colocação, Valtteri Bottas não se mostrava satisfeito com o resultado dizendo que perdeu a corrida na largada, quando seu carro patinou em cima da linha de largada. O piloto fez a pole position no sábado tinha confiança de que poderia vencer a corrida e se manter líder no campeonato mundial de pilotos.

Já Sebastian Vettel da Ferrari disse que a Ferrari não tinha ritmo para acompanhar as Mercedes, tendo terminado a corrida a 13,7 segundos de Hamilton.

O terceiro lugar de Vettel foi o primeiro pódio do piloto alemão nesta temporada.

A próxima corrida é o GP do Azerbaijão dia 28 de abril.

Lewis Hamilton fez história ao vencer o milésimo GP da F-1. Wolfgang Wilhelm

RESULTADO DO GP DA CHINA DE F-1 2019

PosPilotoCarroVoltasTempoPontos
1Lewis HamiltonMercedes561:32:06.35025
2Valtteri BottasMercedes56+6.552s18
3Sebastian VettelFerrari56+13.744s15
4Max VerstappenRed Bull Honda56+27.627s12
5Charles LeclercFerrari56+31.276s10
6Pierre GaslyRed Bull Honda56+89.307s9
7Daniel RicciardoRenault55+1 volta6
8Sergio PerezRacing Point Mercedes55+1 volta4
9Kimi RäikkönenAlfa Romeo Ferrari55+1 volta2
10Alexander AlbonToro Rosso Honda55+1 volta1
11Romain GrosjeanHaas Ferrari55+1 volta0
12Lance StrollRacing Point Mercedes55+1 volta0
13Kevin MagnussenHaas Ferrari55+1 volta0
14Carlos SainzMcLaren Renault55+1 volta0
15Antonio GiovinazziAlfa Romeo Ferrari55+1 volta0
16George RussellWilliams Mercedes54+2 voltas0
17Robert KubicaWilliams Mercedes54+2 voltas0
18Lando NorrisMcLaren Renault50Não term0
19Daniil KvyatToro Rosso Honda41Não term0
20Nico HulkenbergRenault16Não term0

CAMPEONATO MUNDIAL DE CONSTRUTORES 2019

PosiçãoEquipePontos
01Mercedes 130
02Ferrari 073
03Red Bull Honda 052
04Renault 012
05Alfa Romeu Ferrari 012
06Haas Ferrari 008
07McLaren Renault 008
08Racing Point Mercedes 007
09Toro Rosso Honda 004
10Williams Mercedes 000

CAMPEONATO MUNDIAL DE PILOTOS 2019

PosPilotoPaísCarroPts
01Lewis HamiltonInglaterraMercedes68
02Valtteri BottasFinlândiaMercedes62
03Max VerstappenHolandaRed Bull Honda39
04Sebastian VettelAlemanhaFerrari37
05Charles LeclercMônacoFerrari36
06Pierre GaslyFrançaRed Bull Honda13
07Kimi Raikkonen FinlândiaAlfa Romeu Ferrari12
08Lando NorrisInglaterraMcLaren Renault08
09Kevin MagnussenDinamarcaHaas Ferrari08
10Nico Hulkenberg AlemanhaRenault06
11Daniel RicciardoAustráliaRenault06
12Sergio PerezMéxicoRacing Point Mercedes05
13Alexander AlbonTailândiaToro Rosso Honda03
14Lance StrollCanadáRacing Point Mercedes02
15Daniil KyvatRússiaToro Rosso Honda01
16Antonio GiovinazziItáliaAlfa Romeu Ferrari00
17Romain GrosjeanFrançaHaas Ferrari00
18Carlos SainzEspanhaMcLaren Renault00
19George RussellInglaterraWilliams Mercedes00
20Robert KubicaPolôniaWilliams Mercedes00

 

Max Verstappen da Red Bull Honda terminou na quarta posição e ocupa a terceira colocação no Campeonato Mundial de Pilotos da F-1. Foto: Charles Coates/Getty Images
Parceria e relacionamento da Honda com a Red Bull segue de forma harmoniosa. Honda Motorsports General Manager Masashi Yamamoto, Red Bull Honda Consultant Helmut Marko,Vice Presidente da Honda Seiji Kuraishi, Red Bull Team Principal Christian Horner e Toyoharu Tanabe da Honda na F-1, posam antes da largada do GP da China. Foto: Mark Thompson/Getty Images
Lewis Hamilton vai tentar alcançar o recorde de vitórias de Michael Schumacher com 91 conquistas. Mercedes
Motor Honda até agora não apresentou falha durante as corridas com a Red Bull. Foto: Mark Thompson/Getty Images

Deixe uma resposta

*