Max Verstappen e Esteban Ocon punidos pela FIA pelo acidente em Interlagos

Acidente entre Esteban Ocon e Max Verstappen no S do Senna no GP Brasil de F-1. Foto: Red Bull Content Pool

COMPARTILHE

O lance mais polêmico do GP Brasil gerou uma punição para os dois pilotos envolvidos no acidente

São Paulo – SP

Para quem esperava um prova monótona com as Mercedes e Ferraris disparando na frente, o GP Brasil trouxe muita emoção do início ao final da prova.

Largada disputada, muitas ultrapassagens e um acidente entre os pilotos Max Verstapen da RBR e Esteban Ocon da Force India, alterou o panorama da prova.

Max Verstappen da RBR foi punido com 2 dias de serviços comunitários para a FIA, devido aos três empurrões em cima de Esteban Ocon após o GP Brasil de F-1. Foto: Will Taylor-Medhurst/Getty Images

Na 44ª volta, Verstappen liderava com uma boa vantagem sobre Lewis Hamilton, que reclamava de falta de potência pelo rádio.

Já o piloto francês da Force India tentava tirar uma volta de vantagem em cima do líder da prova, quando os dois dividiram o S do Senna, e a RBR de Verstappen foi atingida lateralmente pelo carro de Ocon. Com a batida, os dois pilotos rodaram, mas retornaram a prova.

Verstappen teve o assoalho direito traseiro danificado e foi ultrapassado pelo segundo colocado, o inglês Lewis Hamilton da Mercedes, que mesmo com pneus desgastados e reclamando de baixa potência do motor Mercedes, conseguiu seguir na liderança até o final da corrida.

No final da prova durante a pesagem dos pilotos, Verstappen foi para cima de Ocon falando palavrões e dando três empurrões no francês, chamando o antigo rival para a briga. Os dois foram rivais na F-1. Um comissário da FIA teve de intervir para não começar um briga.

De acordo com Ocon, Verstappen queria era dar um soco nele.

Ocon declarou após a prova lamentar o comportamento não profissional de Verstappen com os 3 empurrões.

Após avaliação dos comissários da prova, às 19hs do domingo, foi anunciado que devido ao acidente, Esteban Ocon foi punido com 10 segundos e Max Verstappen, pela agressão, será punido com dois dias de serviços comunitários a serem determinados pela FIA. A punição será aplicada em até 6 meses.

Verstappen ainda pode recorrer da punição.

Acidente no S do Senna deu a vitória a Lewis Hamilton da Merceds. Foto: Lars Baron/Getty Images

Deixe uma resposta

*