Produção de veículos automotores no Brasil em 2018, deverá ficar em 2,9 milhões

Antonio Megale presidente da Anfavea. Foto: Amauri Yamazaki

COMPARTILHE

Presidente da Anfavea, Antônio Megale destacou que o mercado brasileiro apresenta relevante recuperação e está otimista para 2019.

São Paulo – SP

Durante entrevista coletiva com a imprensa nesta quinta-feira, em São Paulo, o presidente da Anfavea declarou que a produção nacional de veículos automotores deve ficar na casa dos 2,9 milhões de unidades neste ano.

Até novembro, foram produzidos 2,7 milhões de veículos, cerca de 8,8% a mais que no mesmo período de 2017.

Com isso, as vendas no mercado interno serão superiores as projeções realizadas pela entidade, que fez uma estimativa de 2,5 milhões para 2018.

Em novembro, a produção foi de 1,6% menor do que em 2017.

Setor do mercado de caminhões apresenta recuperação e há otimismo para 2019, com o novo governo.

Crise econômica na Argentina prejudica as exportações brasileiras.

As exportações que vinham batendo recorde, tiveram uma forte queda devido a crise econômica argentina. A previsão do setor era de exportar 800 mil unidades, mas agora este número deverá fechar em 650 mil.

As vendas para a Argentina que responde por 70% das exportações brasileiras diminuíram em cerca de 16% até novembro, e o México que ocupa a segunda colocação, tiveram queda ainda maior de 44% (84,8 mil para 47,5 mil).

Recuperação de 2018, frente a 2017 será maior que o projetado pela instituição.

Veículos híbridos e elétricos

O presidente da Anfavea destacou que mercado de veículos elétricos e híbridos cresce no país. Quando este segmento apresentar preço mais competitivos as vendas crescerão exponencialmente.

BMW

Entre as novidades do setor a BMW anunciou investimento de R$ 125 milhões para a produção de dois novos modelos em sua fábrica em Araquari – SC.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

*