Racing Point apresenta novo carro de F-1 no Canadá

A equipe Racing Point foi apresentada no Canadá. Foto: Racing Point Media

COMPARTILHE

Bilionário canadense Lawrence Stroll comprou a ex-Force India para dar continuidade a carreira do filho na categoria

São Paulo – SP

A nova equipe Racing Point foi apresentada nesta quarta-feira em grande estilo no Canadá pelo novos controladores.

A equipe se chamava Force India, mas por conta de problemas financeiros do fundador o bilionário indiano Vijay Mallya (63), foi comprada por um grupo de investidores liderados pelo pai do piloto Lance Stroll, o canadense Lawrence Stroll (59).

De acordo com a Forbes, Lawrence é dono de um patrimônio de US$ 2,5 bilhões e o primeiro dono de equipe que compra um time para prosseguir com a carreira do filho na F-1, que estava na Williams.

O bilionário canadense fez fortuna no ramo de moda na Europa e nos EUA.

Carro ganhou a cor azul do novo patrocinador Sport Pesa. Foto: Force India

Este ano a equipe contará com os pilotos Sergio Perez (que já estava na equipe) e agora com o filho do dono, o canadense Lance Stroll.

Sérgio Perez tem o apoio do bilionário mexicano Carlos Slim, dono da empresa de telecomunicações Claro e Embratel.

A Racing Point apresentou o seu principal patrocinador a empresa de apostas digitais SportPesa, que fará companhia a empresa BWT que engarrafa água mineral.

O chefe de equipe continuará sendo Otmar Szafnauer que declarou que o budget da equipe este ano será três vezes superior ao de 2018, quando a equipe quase faliu.

Com um orçamento três vezes superior ao de 2018 a Racing Point terá melhores condições de desenvolvimento. Foto: Racing Point
Lance Stroll e Sergio Perez no Canadá durante a apresentação da Racing Point. Foto: Racing Point

Lawrecen Stroll (59) pai do piloto Lance Stroll. Foto: Amauri Yamazaki

Deixe uma resposta

*